Cédric Villani

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Cédric Villani
Matemática
Cédric Villani, 2012
Nacionalidade França Francês
Residência  França
Nascimento 5 de outubro de 1973 (40 anos)
Local Brive-la-Gaillarde
Atividade
Campo(s) Matemática
Instituições École Normale Supérieure de Lyon, Instituto Henri Poincaré
Alma mater Escola Normal Superior de Paris
Tese 1998: Contribution à l'étude mathématique des équations de Boltzmann et de Landau en théorie cinétique des gaz et des plasmas
Orientador(es) Pierre-Louis Lions[1]
Orientado(s) Alessio Figalli
Prêmio(s) Prêmio Fermat (2009), Prêmio Henri Poincaré (2009), Medalha Fields (2010), Gibbs Lecture (2013)

Cédric Villani (Brive-la-Gaillarde, 5 de outubro de 1973) é um matemático francês.

Seu principal campo de trabalho são equações diferenciais parciais e física matemática. Foi agraciado com a Medalha Fields, em 2010.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Villani estudou na Escola Normal Superior de Paris, de 1992 a 1996, onde foi depois professor assistente. Doutorado pela Universidade Paris Dauphine, em 1998, orientado por Pierre-Louis Lions, e professor da Escola Normal Superior de Lyon, em 2000. Diretor do Instituto Henry Poincaré em Paris, desde 2009.[2] [3]

Vida profissional[editar | editar código-fonte]

Villani trabalhou com equações diferenciais parciais envolvido com mecânica estatística, especificamente a equação de Boltzmann, sendo o primeiro, juntamente com Laurent Desvillettes, a provar como ocorre a convergência rápida para valores iniciais não próximos ao equilíbrio.[3] Também tem publicações sobre este assunto juntamente com Giuseppe Toscani. Juntamente com Clément Mouhot trabalhou com amortecimento de Landau não linear.[4] Trabalhou com a teoria do transporte ótimo e suas aplicações à geometria diferencial, e com John Lott definiu uma noção de curvatura de Ricci limitada para medida geral de espaços métricos.[5]

Recebeu a Medalha Fields pelo seu trabalho sobre amortecimento de Landau e equação de Boltzmann.[3]

Condecorações[editar | editar código-fonte]

Publicações selecionadas[editar | editar código-fonte]

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]


Precedido por
Andrei Okounkov, Grigori Perelman, Terence Tao e Wendelin Werner
Medalha Fields
2010
com Elon Lindenstrauss, Ngô Bảo Châu e Stanislav Smirnov
Sucedido por