Caide

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
NoFonti.svg
Este artigo ou se(c)ção cita uma ou mais fontes fiáveis e independentes, mas ela(s) não cobre(m) todo o texto (desde julho de 2012).
Por favor, melhore este artigo providenciando mais fontes fiáveis e independentes e inserindo-as em notas de rodapé ou no corpo do texto, conforme o livro de estilo.
Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoYahoo!Bing. Veja como referenciar e citar as fontes.

O termo caide [1] ou qā'id, (em árabe: القائد; transl.: al-qā'id) usualmente grafado em caïd em francês e caid, qaid ou kaid noutras línguas europeias pode ter vários significados, todos ligados a uma posição de chefia política, militar ou tribal.[2] [3] O termo espanhol alcalde ("prefeito") e o termo português "alcaide" também advêm do árabe al-qāḍī.[4]

Em muitos contextos, a função dos qa'id em estados muçulmanos era equivalente ao dos alcaides dos estados cristão, isto é, uma tradução possível para caïd é governador duma localidade ou região nomeado por um monarca.[2] [3]

No Norte de África, qa'id designava um notável que acumulava funções administrativas, judiciárias, financeiras e por vezes um chefe tribal. Neste caso o título podia traduzir um reconhecimento dum monarca do poder político do chefe tribal, na forma de nomeação como governador em nome do monarca sobre os territórios da tribo e das suas gentes. Os caides norte-africanos pertenciam geralmente a famílias ricas e influentes, que compravam o título ou o recebiam em troca de favores. Era comum que um só qa'id governasse vários distritos ou unidades administrativas chamadas qa'idat. Em Marrocos, pelo menos até à independência de 1956 (extinção do Protetorado Francês), os qa'id constituíam o terceiro nível do chamado Makhzen, a administração de índole praticamente feudal, abaixo dos paxás (que podem ser vistos como governadores provinciais), que por sua vez estavam imediatamente abaixo do sultão.

Outros significados de qa'id:

  • Comandante militar ou cabo de guerra muçulmano, que equivale ao posto de general.
  • Comandante dum corpo militar equivalente a um regimento.
  • Título dado a altos funcionários do reino normando da Sicília durante o século XII. Aplicava-se sobretudo aqueles que eram muçulmanos ou ex-muçulmanos convertidos ao cristianismo. A palavra "caide" faz parte dos nomes pelos quais vários desses funcionários são conhecidos, como por exemplo Pedro, o Caide e Caide Ricardo.
  • Em francês coloquial, "caïd" pode designar o chefe dum bando de delinquentes que impõe a sua autoridade sobre uma área de subúrbio, um jovem maldoso que impõe a sua autoridade a outros ou ainda, num tom mais familiar, alguém que, devido à sua notoriedade no campo em que é especialista, detém algum poder ou grande influência entre os seus pares.[3]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Notas e referências[editar | editar código-fonte]

  • Este artigo foi inicialmente traduzido do artigo da Wikipédia em francês, cujo título é «Caïd», especificamente desta versão.
  1. Cfr. uso e.g. pág 51 de Alexandre Herculano, Historia de Portugal: Livro III (1185-1211). Ulmeiro, 1980
  2. a b caid (em inglês). dictionary.reference.com. Página visitada em 30 de julho de 2012.
  3. a b c caïd (em francês). Página visitada em 30 de julho de 2012.
  4. Dicionário Priberam - alcaide
Ícone de esboço Este artigo sobre política, partidos políticos ou um político é um esboço relacionado ao Projeto Ciências Sociais. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.