Caminho de ferro de Gornergrat

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
O Gornergrat bahn e ao fundo o Cervino

O Caminho de ferro de Gornergrat também conhecida por Linha de Gornergrat (em alemão: Gornergrat Bahn SA (GGB)) é uma linha de caminho de ferro pertencente à Gornergratbahn e que explora a ligação Zermatt-Gornergrat de onde se acede facilmente ao Maciço do Monte Rosa. Em Zermatt, a estação que fica a 1 604 m de altitude, escontra-se junto à da Linha Matterhorn-Gotthard.

A Brigue-Viège-Zermatt (BVZ) fusionou em 2001 com a Furka-Oberalp para dar origem à Linha Matterhorn-Gotthard.

História[editar | editar código-fonte]

Depois da abertura da Brigue-Viège-Zermatt (BVZ) em 1891 foram tomadas medidas para se abrir uma outra linha em direcção do Monte Rosa, e daí apareceu esta linha que foi aberta em 1898 [1] .

Só a partir do fim da Primeira Guerra Mundial é que se começou a funcionar todo o ano, já que anteriormente só funcionava de Verão e até a localidade de Riffelboden, pelo que foi preciso a partir de 1939 fazerem-se protecções para-avalanche, e em 1942 os comboios a vapor puderam fazer a totalidade do percurso depois da abertura de uma galeria para-avalanche com 770 m.

Características[editar | editar código-fonte]

Linha de via única com 9,34 Km de cumprimento, a Linha de Gornergrat, está electrificada, tem bitola métrica, é equipada de cremalheira Sistema Abt e tem um desnível máximo de de .

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Caminho de ferro de Gornergrat

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Les chemins de fer Haut-Valaisans, Éditions Revue du Rail, Aigle, 1973