Centro Simon Wiesenthal

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Antissemitismo
Judenstern

Antissemitismo e antijudaísmo
História  · Linha do tempo  · Bibliografia

Manifestações de antissemitismo
Movimentos de antiglobalização  · Árabes  · Cristianismo  · Islamismo  · Nation of Islam e antissemitismo  · Novo antissemitismo  · Antissemitismo racial  · Antissemitismo religioso  · Antissemitismo secundário  · Antissemitismo nas universidades  · Antissemitismo ao redor do mundo

Alegações
Deicídio · Libelos de sangue · Assassinatos rituais
Envenenamento de poços · Dessacramento de hóstias
Lobby judaico · Bolchevismo judaico · Imposto kosher
Caso Dreyfus
Governo de Ocupação Sionista
Negação do Holocausto

Publicações antissemitas
Sobre os judeus e suas mentiras Os Protocolos dos Sábios de Sião
O Judeu Internacional
Mein Kampf
A Cultura da Crítica

Perseguições
Expulsões · Guetos · Pogroms
Chapéu judeu · Judensau
Estrela amarela · Inquisição Espanhola
Segregação · Holocausto
Nazismo · Neonazismo

Oposição ao antissemitismo
Anti-Defamation League
Community Security Trust
Agência dos Direitos Fundamentais da União Europeia  · Instituto Stephen Roth
Wiener Library · SPLC · SWC
UCSJ · SKMA · Yad Vashem

Categorias
Antissemitismo · História judaica

O Centro Simon Wiesenthal em Los Angeles

O Centro Simon Wiesenthal (em inglês Simon Wiesenthal Center), fundado em 1977, é uma organização internacional de direitos humanos com sede em Los Angeles, cujo principal enfoque temático é a questão do Holocausto.

Tem como objetivo manter tolerância e entendimento mútuo entre as pessoas, o que é alcançado através de uma ativa interação de esclarecimento e educação sociais. Além disso o Centro Simon Wiesenthal se ocupa das questões de racismo, antisemitismo, terrorismo e genocídio. O Centro é reconhecido como ONG tanto pela ONU assim como pela UNESCO.

A organização leva o nome do mais conhecido "caçador de nazistas", Simon Wiesenthal, que detectou várias pessoas que estiveram envolvidas aos crimes do nacional-socialismo levando-as à justiça. O Centro é guiado pelo rabino Marvin Hier, decano e fundador do mesmo, tendo como co-fundador o rabi Abraham Cooper e como atual administrador Meyer May.

Desde sua fundação em 1977, o centro tem um constante intercâmbio com entidades particulares assim como públicas, tais como o governo dos Estados Unidos entre outros.

O Centro Simon Wiesenthal e o acoplado Museu da Tolerância (Museum of Tolerance) é um dos vários espaços onde há participação do governo austríaco com o intuito de preservar a memória do holocausto fora do próprio país. (Serviço Austríaco em Memória do Holocausto)

Ligações externas[editar | editar código-fonte]