Chryste Gaines

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Chryste Gaines
campeã olímpica
Atletismo
Modalidade 100 m
Nascimento 14 de setembro de 1970 (43 anos)
Lawton, Estados Unidos
Nacionalidade Estados Unidos norte-americana
Medalhas
Jogos Olímpicos
Ouro Atlanta 1996 4x100 m
Bronze Sydney 2000 4x100 m
Campeonatos Mundiais
Ouro Atenas 2007 4x100 m
Ouro Gotemburgo 1995 4x100 m
Prata Paris 2003 4x100 m
Jogos Pan-Americanos
Ouro Mar del Plata 1995 100 m

Chryste Dionne Gaines (Lawton, 14 de setembro de 1970) é uma ex-atleta velocista e campeã olímpica norte-americana.

Especializada nos 100 m rasos, teve seu primeiro resultado internacional expressivo nos Jogos Pan-americanos de 1995 em Mar del Plata, Argentina, onde conquistou o ouro nos 100 m rasos.[1] No mesmo ano, integrou o rezamento 4x100 m norte-americano que foi campeão mundial em Gotemburgo 1995.[2]

Em Atlanta 1996, competindo no revezamento 4x100 m junto com Gail Devers, Inger Miller e Gwen Torrence, ela conquistou a medalha de ouro da prova e tornou-se campeã olímpica. No ano seguinte, Gaines adicionou mais uma medalha de campeã mundial a seu cartel, novamente integrando o revezamento que conquistou o ouro no Mundial de Atenas 1997.[2]

Ela retornou aos Jogos Olímpicos em Sydney 2000, aos 30 anos, como única sobrevivente do revezamento campeão olímpico de 1996 e, ao lado das novas companheiras Marion Jones, Torri Edwards e Nanceen Perry, ficou com a medalha de bronze no 4x100 m. Sete anos depois, devido à confissão de Jones de que havia usado substâncias proibidas no período dos Jogos de Sydney, Gaines, Edwards e Perry foram intimadas pelo COI a devolverem suas medalhas de bronze ganhas junto com Jones. Depois de uma apelação das atletas - assim como das demais integrantes do revezamento 4x400 m, também integrado por Marion Jones em Sydney e que havia ganho o ouro - em julho de 2010 o Conselho Arbitral do Comitê Olímpico Internacional permitiu às atletas que elas mantivessem suas medalhas.[3]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. PAN AMERICAN GAMES. GBRathletics. Página visitada em 30/07/2012.
  2. a b IAAF WORLD CHAMPIONSHIPS IN ATHLETICS. GBRathletics. Página visitada em 30/07/2012.
  3. Associated Press. "US relay runners win Olympic medals appeal", ESPN, April 10, 2008.