City of Manchester Stadium

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita nenhuma fonte ou referência, o que compromete sua credibilidade (desde julho de 2013).
Por favor, melhore este artigo providenciando fontes fiáveis e independentes, inserindo-as no corpo do texto por meio de notas de rodapé. Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoYahoo!Bing. Veja como referenciar e citar as fontes.
Etihad Stadium
City of Manchester Stadium
City of Manchester Stadium East Stand.jpg
UEFA: Nuvola apps mozilla.pngNuvola apps mozilla.pngNuvola apps mozilla.pngNuvola apps mozilla.png
Etihad Stadium em dia de jogo.
Nomes
Nome Etihad Stadium
Antigos nomes City of Manchester Stadium
Características
Local Manchester, Inglaterra
Gramado Grama natural (105 x 68 m)
Capacidade 47.826 pessoas
Construção
Custo £ 110.000.000
Inauguração
Data 25 de julho de 2002 para o atletismo
10 de agosto de 2003 para o futebol
Partida inaugural Manchester City 2 x 1 Barcelona
Recordes
Público recorde 47.304 torcedores
Data recorde 28 de Fevereiro de 2004
Partida com mais público Manchester City 1 x 0 Chelsea
Outras informações
Expandido 2002
2003
Proprietário Manchester City
Administrador Manchester City
Arquiteto Arup Associates
Mandante Manchester City

O City of Manchester Stadium (português: Estádio Cidade de Manchester) ou Etihad Stadium (por questões de patrocínios de nome), é um estádio de futebol localizado em Manchester, na Inglaterra. Projetado para ser sede dos Jogos Olímpicos de 2000, perdeu a disputa com Sydney (Austrália), mas foi sede dos Jogos da Commonwealth de 2002, sediando os eventos de atletismo e do rugby sevens.

História[editar | editar código-fonte]

Construção[editar | editar código-fonte]

O exterior do City of Manchester Stadium.

Os primeiros planos para a construção de um estádio na cidade de Manchester surgiu como parte da tentativa da cidade para sediar os Jogos Olímpicos de Verão de 2000. O conselho da cidade de Manchester encomendou o projeto de um estádio com uma capacidade de 80.000 espectadores em terreno vazio conhecido como Eastlands. No entanto, em outubro de 1993 os jogos foram atribuídos à cidade australiana de Sydney. Mais tarde, a cidade de Manchester apresentou uma proposta bem-sucedida para hospedar os Jogos da Commonwealth de 2002. Em 1996, o estádio competiu com Estádio de Wembley para se tornar o estádio nacional, mas os recursos foram utilizados para construir o novo estádio de Wembley, onde estava localizado o antigo. Em dezembro de 1999, o então primeiro-ministro do Reino Unido, Tony Blair em janeiro de 2000 lançou a primeira pedra para a construção do estádio, a construção começou em Dezembro de 1999. O estádio foi projetado pelo escritório de engenharia e construção Arup Associates e construído por Laing Construction Ltd., com um custo aproximado de 110 milhões de libras, 77 dos quais foram pagos pelo Sport England e o restante pela Prefeitura de Manchester.

Conversão para o Futebol[editar | editar código-fonte]

Etihad Stadium depois da reforma.

Depois de eventos bem sucedidos no atletismo nos Jogos da Commonwealth, a conversão em um local de futebol foi criticada por figuras importantes do atletismo, como Jonathan Edwards e Sebastian Coe. Como o Reino Unido não tinha um local de atletismo de grande porte, o conselho fez questão de manter a pista de atletismo e propôs que assentos móveis fossem instalados após os jogos. A proposta dos assentos móveis, teria custado cerca de £ 50 milhões, e a capacidade de assentos teria sido cerca de 60.000 pessoas, enquanto que para remover a pista e atingir uma capacidade de cerca de 48.000 pessoas, o custo seria £ 22 milhões. Arquitetos da Arup Associates acreditavam na história de que a manutenção de uma pista de atletismo em um estádio de futebol muitas vezes não funciona - e citou exemplos como o Stadio delle Alpi e o Estádio Olímpico de Munique, com ambas as equipes de Juventus e Bayern de Munique se mudarem para novos estádios menos de 40 anos após herdar-los. O conselho da cidade de Manchester queria evitar um elefante branco e dar o estádio de longo prazo a viabilidade financeira, um extenso trabalho foi realizado para converter o estádio para o futebol. A pista foi retirada e deu lugar a uma camada adicional de assentos. O trabalho levou um ano e acrescentou 12 mil lugares. O custo de conversão do estádio custou £ 30 milhões, financiados pelo clube.

Etihad Stadium em 2002, antes da reforma.

A primeira partida de futebol realizada no estádio após a reforma, foi um amistoso entre Manchester City e Barcelona em 10 de agosto de 2003, O Manchester City venceu o jogo por 2-1;. O primeiro gol do novo estádio foi marcado por Nicolas Anelka. O 1º jogo do Manchester City na Premier League no novo estádio foi em 23 de Agosto, um jogo em que empatou 1-1 com o Portsmouth.

Nome[editar | editar código-fonte]

O estádio é conhecido por vários nomes alternativos. O nome do City of Manchester Stadium é muitas vezes abreviado como COMS na mídia impressa. Também é às vezes chamado de "O Acampamento Azul" (Camp Blue em Inglês), inspirado no nome do campo do FC Barcelona, Camp Nou. A reação dos fãs ao estádio foi em geral positiva, em um estudo em 2005 sobre os estádios favoritos do Reino Unido, o Etihad Stadium ficou com a 2º posição, atrás apenas do Estádio Old Trafford, também na cidade de Manchester. No entanto, a atmosfera dentro do estádio foi criticada, dizendo que a atmosfera não podia se comparar a de Maine Road (antigo estádio do Manchester City). No entanto, o ambiente tem vindo a melhorar com os fãs se acostumando ao novo estadio.

Arquitetura e Instalações[editar | editar código-fonte]

Vista do City of Manchester Stadium.
Vista panorâmica do estádio.

O City of Manchester Stadium é composto por três níveis de arquibancadas nas laterais e dois níveis atrás dos gols. Cada lado do estádio tem seu nome, como é comum em vários estádios da europa; Inicialmente, os nomes eram: North Stand (Arquibancada Norte), South Stand (Arquibancada Sul), East Stand (Arquibancada Leste) e West Stand (Arquibancada Oeste). Em fevereiro de 2004, o West Stand foi rebatizado com o nome de Colin Bell Stand em homenagem a Colin Bell, antigo jogador de futebol; A partir de 2003, o South Stand foi rebatizado com o nome de Key 103 Stand por motivos publicitários e de patrocínio; Uma parte do North Stand foi rebatizada com o nome de Family Stand (Arquibancada da família), reservada para os torcedores que vão ao estádio com crianças. O East Stand foi rebatizado com o nome de Kippax em memória do Maine Road, antigo estádio do Manchester City. Os torcedores visitantes ficam concentrados em uma parte do South Stand. O teto do estádio tem um formato oval e é suportado por cabos de aço ligados a oito torres que por sua vez fornecem acesso ao andar superior com rampas em forma espiral. O acesso ao estádio é controlado por um sistema de cartões inteligentes, Este sistema permite a passagem de 1.200 pessoas por minuto em todas as entradas. Há um túnel abaixo do estádio que permite o acesso a veículos de emergência e permite a entrada direta para o estádio do ônibus da equipe visitante. O estádio tem seis restaurantes temáticos, dois com vista para o campo, e instalações para conferências.O City of Manchester Stadium tem a maior área de todo o futebol Inglês, o campo é formado por grama natural reforçada com fibras de grama artificial.

Entrado do estádio.

O estádio é o centro da região conhecida como Sportcity, que inclui também outras instalações desportivas. A Arena de Atletismo Regional é adjacente ao estádio e tem uma capacidade de 6.178 espectadores. O City of Manchester Stadium está a uma curta distância do Velodrome de Manchester e do Centro de Squash Nacional. Em frente ao estádio fica a mais alta escultura de todo o Reino Unido, o "B of the Bang", construído para comemorar o sucesso dos Jogos da Commonwealth de 2002. Em setembro de 2006, O Manchester City recebeu a permissão para construir turbinas eólicas no estádio com cerca de 85 metros. Esta turbina foi projetada por Norman Foster para fornecer energia para o estádio e casas nas proximidades. Sua construção fará com que o City of Manchester Stadium seja o primeiro estádio do mundo cujo consumo de energia é fornecida por um Aerogerador. O Estádio ganhou vários prêmios de design, incluindo o Prêmio de Design Inclusivo do Royal Institute of British Architects, em 2004 e o Prêmio Especial da Instituição de Engenheiros Estruturais em 2003.

Curiosidades[editar | editar código-fonte]

  • O estádio costumava receber shows do Oasis, até por que o Manchester City é o time de coração dos lideres do grupo, os irmãos Noel e Liam Gallagher.
  • O Etihad Stadim é considerado um estádio 4 Estrelas pela UEFA.
  • O estádio tem em seu "Names Right" o nome de uma Companhia Aérea dos Emirados Árabes Unidos.

Fotos[editar | editar código-fonte]

Referências

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre City of Manchester Stadium