Constanze Manziarly

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Constanze Manziarly
Nascimento 14 de Abril de 1920
Innsbruck, Áustria
Morte 2 de maio de 1945 (25 anos)
Nacionalidade austríaca
Ocupação cozinheira e nutricionista

Constanze Manziarly (14 de abril de 1920 - desaparecida em 2 de maio de 1945) serviu como cozinheira e nutricionista de Adolf Hitler.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Manziarly nasceu em Innsbruck, Áustria. Ela começou a trabalhar para Hitler, possivelmente por recomendação de Ion Antonescu, de 1943 com sua estada em Berghof até seus últimos dias no Führerbunker em Berlim, em 1945.

Hitler solicitou pessoalmente que Manziarly, juntamente com Gerda Christian e Traudl Junge, abandonasse o bunker em 22 de abril, sobre alegações de que ele temia pela sua segurança.

Ela fugiu do Führerbunker em 1 de maio. O seu grupo foi liderado pelo SS-Brigadeführer Wilhelm Mohnke, e seguiram para norte até se encontrarem com outro grupo do exército alemão em Prinzenallee. Nesse grupo estavam o Dr. Ernst-Günther Schenck e as secretárias Gerda Christian, Else Krüger, e Traudl Junge.

Apesar das alegações de que ela tinha uma cápsula de cianureto para se matar, em 2 de Maio, o dia após a maioria dos funcionários terem abandonado o Führerbunker para evitar a captura iminente pelo exército soviética, Traudl Junge relembra que viu Manziarly saindo com seu grupo dois dias antes, "vestida como um soldado".

Imagem nos meios de comunicação[editar | editar código-fonte]

Constanze Manziarly foi retratada pelas seguintes atrizes de cinema e televisão.