Heinrich Müller

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Heinrich Müller
Bundesarchiv Bild 183-R98680, Besprechung Himmler mit Müller, Heydrich, Nebe, Huber.jpg
Müller, sentado na extrema direita, em uma reunião com líderes nazistas em 1939.
Conhecido(a) por Gestapo Müller
Nascimento 28 de abril de 1900
Munique
Morte maio de 1945 (45 anos) (supostamente)
Berlim
País Alemanha Nazi Alemanha Nazista
Força Polícia de Munique (1919–1933)
Gestapo (1933–1945)
Anos em serviço 1933–1945
Hierarquia Polícia - Generalleutnant
SS - Gruppenführer
Comandos Chefe da Gestapo
Batalhas/Guerras Primeira Guerra Mundial

Segunda Guerra Mundial

Heinrich Müller (28 de abril de 1900 - data de morte desconhecida mas evidências apontam para o dia 1 de maio de 1945), mais conhecido pela alcunha Gestapo Müller foi o líder da Gestapo, a polícia secreta da Alemanha Nazista.[1] Planejou e executou milhares de pessoas no Holocausto. Foi visto pela última vez no Führerbunker em Berlim em 1 de maio de 1945 e permanece como um dos poucos líderes nazistas de alto escalão que nunca foram capturados.[2]

De acordo com Johannes Tuchel, diretor do Memorial à Resistência Alemã, Müller morreu um pouco antes do final da guerra: a análise de documentos da época mostra que seu corpo foi sepultado provisoriamente em agosto de 1945 nas proximidades do antigo "Reichsluftfahrtministerium", e depois levado para o Jüdischer Friedhof Berlin-Mitte.[3]

Referências

  1. Douglas, Gregory. The 1948 Interrogation of Heinrich Müller. San Jose, CA: R. James Bender, 3 volumes: ISBN 0-912138-62-9 (1996), ISBN 0-912138-68-8 (1997), ISBN 0-912138-73-4 (1998)
  2. Gerwarth, Robert. Hitler's Hangman: The Life of Heydrich. New Haven, CT: Yale University Press, 2011. ISBN 978-0-300-11575-8
  3. Gestapo-Chef wurde auf jüdischem Friedhof beerdigt (31 de outubro de 2013). Página visitada em 31 de outubro de 2013.


Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.