Dezessete Províncias

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
História dos Países Baixos (região)
Vexilloid of the Roman Empire.svg
Gália Belga
Vexilloid of the Roman Empire.svg
Germânia Inferior
Vexilloid of the Roman Empire.svg
Germânia Superior
Flag of None.svg
Império das Gálias
Arms of burgundy.png
Países Baixos Burgúndios
13841477
25px
Bispado de Liège
9851795
Flag - Low Countries - XVth Century.png
Dezessete Províncias
14771556
Flag - Low Countries - XVth Century.png
Países Baixos Espanhóis
15561581
Prinsenvlag.svg
República das Sete Províncias Unidas dos Países Baixos
15811795
Países Baixos do Sul
1581-1713
Países Baixos Austríacos
17131794
Estados Unidos da Bélgica
República Batava
17951806
Flag of France.svg
Primeira República Francesa
17951805
Reino da Holanda
18061810
Primeiro Império Francês
18051815
Flag of the Netherlands.svg
Reino Unido dos Países Baixos
18151830
Flag of the Netherlands.svg
Países Baixos
Flag of Luxembourg.svg
Grão Ducado de Luxemburgo
Flag of Belgium.svg
Bélgica
      Editar


As Dezessete Províncias eram, nos séculos XV e séculos XVI, territórios reunidos pelos duques de Borgonha e pelo imperador Carlos V, formando um só Estado. Em sua maioria, essas províncias eram feudos do Sacro Império Romano; os condados Flandres e de Artois eram originalmente feudos franceses que haviam sido cedidos pelo Tratado de Cambrai, em 1529.

A Pragmática Sanção de 1549 estabeleceu que as províncias deveriam permanecer unidas sob a mesma coroa (união pessoal). Em consequência, Carlos V criou o título de Senhor dos Países Baixos; apenas ele próprio e seu filho Filipe II da Espanha o usariam. Não obstante, os Habsburgos mantiveram a soberania sobre esses territórios até 1795 - num primeiro momento o ramo espanhol e depois, o ramo austríaco.

A denominação Dezessete Províncias foi mantida enquanto a união pessoal foi controlada pelos Duques de Borgonha da Casa de Valois. Em 1512, quando passou para as mãos dos Arquiduques da Áustria da Casa de Habsburgo, as províncias passaram a constituir a maior parte do que então passou a se chamar Círculo de Borgonha.

As Dezessete Províncias correspondiam aproximadamente aos atuais Países Baixos, Bélgica, Luxemburgo, norte da França (Nord-Pas-de-Calais) e a uma pequena parte do oeste da Alemanha.

Composição[editar | editar código-fonte]

Mapa das Dezessete Províncias (1477)

O mapa corresponde às seguintes províncias:

  1. Condado de Artois
  2. Condado da Flandres
  3. Condado de Mechelen
  4. Condado de Namur
  5. Condado de Hainaut
  6. Condado de Zelândia
  7. Condado de Holanda
  8. Ducado de Brabante
  9. Ducadoducado de Limburgo
  10. Ducado de Luxemburgo
  11. Senhorio de Utrecht
  12. Senhorio da Frísia ocidental
  13. Ducado de Guelders e o condado de Zutphen
  14. Senhorio de Groninga
  15. Ommelanden
  16. Senhorios de Drente, Lingen, Wedde e Westerwolde
  17. Senhorio de Overijssel

Ligações externas[editar | editar código-fonte]