Fallout

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Fallout
Logo da série Fallout
Desenvolvedora Black Isle Studios
Publicadora(s) Interplay Entertainment[1]
Distribuidora Interplay Entertainment
Diretor Feargus Urquhart[2]
Produtor Feargus Urquhart[2]
Designer Tim Cain
Leonard Boyarsky[3]
Christopher Taylor
Compositor(es) Mark Morgan[2]
Motor Fallout engine[carece de fontes?]
Plataforma(s) MS-DOS, Microsoft Windows, Mac OS, Mac OS X[1]
Série Fallout
Data(s) de lançamento [4]
Gênero(s) RPG eletrônico[2]
Modos de jogo Single Player
Número de jogadores 1
Classificação Inadequado para menores de 16 anos i DEJUS (Brasil)[5]
Inadequado para menores de 17 anos i ESRB (América do Norte)[6]
Inadequado para menores de 16 anos i PEGI (Europa)[7]
Mídia CD-ROM[1]
Requisitos mínimos Intel Pentium 90 CPU; Microsoft Windows 95 ou maior, ou DOS 5.0 ou maior; 16MB RAM; 2x CD-ROM drive; DirectX 3.0a (se jogando no Windows); 1 MB VESA-compliant SVGA graphics card; Sound Blaster compatível sound card[1] .
Controles Teclado e Mouse
Idioma Inglês[2]
Traduções Oficial: Inglês, Francês
Não-oficial: Espanhol[8]
Último
Último
Fallout 2
Próximo
Próximo

Fallout é um RPG eletrônico produzido por Tim Cain, desenvolvido pela Black Isle Studios e publicado pela Interplay em 1997. O jogo acontece em um ambiente pós-apocalíptico no século XXII, mas sua história e arte têm grande influência na paranoia nuclear que atacou os anos 50.

O jogo é considerado por alguns como uma continuação não-oficial de Wasteland,[9] mas tal título não poderia ser utilizado pois a Electronic Arts possuía os direitos de uso do mesmo; e, exceto por pequenas referências, os jogos ocorrem em universos distintos. Fallout utilizaria o sistema GURPS da Steve Jackson Games, mas o acordo entre as partes não se concretizou devido ao uso excessivo de violência no jogo,[10] forçando a Black Isle a alterar o sistema GURPS para o sistema S.P.E.C.I.A.L., desenvolvido internamente.

Jogabilidade[editar | editar código-fonte]

A jogabilidade de Fallout consiste em viajar pelo mundo do jogo, visitar locais e interagir com os seus habitantes. Ocasionalmente, os habitantes serão imersos em dilemas que o jogador pode escolher resolver a fim de adquirir experiência e pontos de karma. Fallout distingue-se da maioria dos RPG's tradicionais pois muitas vezes permite que o jogador complete as tarefas de várias maneiras diferentes, muitas vezes optando por soluções não convencionais, ou mesmo sendo contrário à tarefa original, caso em que o jogador mesmo assim ainda pode ser recompensado. As ações do jogador podem ditar o fim do jogo, ou a história futura e as oportunidades de jogo disponíveis.[11]

Sistema de combate[editar | editar código-fonte]

A estrutura de combate do jogo é baseada em turnos onde seu personagem possui APs (Action Points ou Pontos de Ação) e esses pontos definem quantas ações o jogador poderá realizar. Outro aspecto inovador do jogo é que é possível mirar em certas partes específicas do corpo do inimigo, podendo desde causar um dano crítico ou até inutilizar parte do corpo.

Companhias[editar | editar código-fonte]

Como em todos os jogos da serie, é possível adquirir companhias para auxiliar nos objetivos. Uma seleção diversificada de personagens (NPCs) pode ser encontrada para ajudar o personagem principal no deserto pós-apocalíptico. Ao contrário de Fallout 2, não há limite para o número de NPCs que o jogador poderá recrutar e as estatísticas e armaduras dos NPCs em Fallout permanecem inalterados durante o jogo todo, apenas as armas podem ser equipadas. [11]

Atributos da personagem[editar | editar código-fonte]

Fallout usa um sistema de criação de personagem chamado SPECIAL. SPECIAL é o acrônimo de Strength (Força), Perception (Percepção), Endurance (Resistência), Charisma (Carisma), Intelligence (Inteligência), Agility (Agilidade), and Luck (Sorte). Esses são sete atributos básicos de cada personagem no jogo. Eles são usados para determinar as habilidades e as perícias dos personagens.

Habilidades[editar | editar código-fonte]

Existem 18 diferentes habilidades no jogo. Seus graus de evolução são determinados de 0% à 200%. Os valores iniciais de tais habilidades no Level 1 são determinados pelos 7 atributos básicos do jogador, mas a maioria de tais habilidades cai entre 0% e 50%. Cada vez que um jogador sobe de level, ele ou ela irá ser recompensado(a) com skill points (pontos de habilidade) para melhorar suas habilidades, esse número recompensado é de 5 pontos + o dobro da inteligência do personagem. O jogador pode fazer "Tag" 3 das 18 habilidades. Uma habilidade "tagged" será melhorada 2 vezes mais rápido que uma habilidade normal. No jogo existem:

  • 6 habilidades de combate: Armas pequenas, Armas grandes, Armas de energia, Desarmado (artes marciais), Armas brancas e Armas de arremesso.
  • 8 habilidades ativas: First Aid Primeiros socorros (para pequenos ferimentos), Doctor Medicina (para grandes ferimentos), Sneak (andar agachado sem ser percebido), Lockpick (para destravar fechaduras e cadeados), Steal (para furtar sem ser notado), Traps (armar e desarmar armadilhas), Ciência (aprender coisas através da observação), Reparar (aplicar o seu conhecimento científico).
  • 4 habilidades passivas: Oratória, Barter (habilidade como comerciante), Gambling (sorte em jogos de azar), Outdoorsman (habilidade para conhecer outras pessoas).

Livros encontrados pelo mundo podem também melhorar algumas de suas habilidades permanentemente, apesar de livros serem escassos no início do jogo. No entanto, depois que uma habilidade chega a um certo level, livros não tem mais impacto sobre tal habilidade. Alguns NPCs também podem melhorar habilidades via treino. O quão alto uma habilidade pode ser evoluída é afetado pelos Atributos do personagem - um personagem com baixa inteligência não poderá desenvolver tão rapidamente pontos de sua habilidade de ciência do mesmo jeito que um personagem com alta inteligência poderá, por exemplo.

Algumas habilidades podem também ser melhoradas quando se tem alguns itens equipados. (Ex: equipando uma micha melhoraria a habilidade de destrancar fechaduras) Bebidas podem também temporariamente melhorar as habilidades dos jogadores; no entanto, elas as vezes trazem efeitos colaterais como vício e ressaca. Com o tempo, habilidades já bem desenvolvidas começam a custar mais pontos de habilidade para melhorarem.

Perícias[editar | editar código-fonte]

No momento de criação de um personagem, o jogador pode escolher 2 características. Elas trazem efeitos positivos e, ao mesmo tempo, negativos para o personagem. As características escolhidas no início do jogo não poderão mais ser alteradas posteriormente (exceto por uma mutação em especial capaz de alterar atributos).

Perícias no jogo são elementos especiais do sistema de progressão de nível. A cada 3 níveis, o jogador é recompensado com uma perícia à sua escolha. Perícias garantem efeitos especiais, dos quais a maioria não é obtível por progressão de nível normal no jogo, como deixar o jogador ter mais ações por turno. Diferentemente das características, a maioria das perícias é puramente beneficial.

História[editar | editar código-fonte]

Em 2077, a escassez de petróleo e as tensões crescentes entre os Estados Unidos e a China provocam uma guerra nuclear. Os ataques começam e a explosão acaba com toda a costa oeste da América do norte. O governo dos EUA, como precaução, construiu vários abrigos nucleares chamados Vaults, e mandou para esses abrigos cidadãos americanos devidamente escolhidos (os que tinham boa saúde e a mínima propensão para doenças). O primeiro jogo começa cerca de uma geração após a guerra. Você nasceu e foi criado por um robô dentro de um desses abrigos (o Vault de número 13). As pessoas vivem de forma pacífica dentro desses abrigos, reciclando o próprio lixo e purificando a água. Mas de uma forma inexplicável o chip responsável pela purificação da água quebra e seu abrigo ficará sem água em alguns dias. Então você é incumbido da tarefa de buscar um novo chip e trazer ao seu abrigo. Você sai olhando pela grossa porta de metal sem ideia nenhuma do que o aguarda do lado de fora. A vida dos habitantes do abrigo depende apenas de você.

Fallout acontece em um cenário pós-apocalíptico, porém é baseado na visão das pessoas dos anos 50 de como seria o futuro, contando com carros antigos, várias imagens desenhadas e pôsteres pregados nas paredes, no estilo dessa época, além de computadores e robôs que sustentam a ideia de que "quanto mais botões coloridos e luzes melhor".

Desenvolvimento[editar | editar código-fonte]

Vários atores famosos foram convidados para a dublagem de Fallout. As narrações do jogo foram realizadas por Ron Perlman em que o prólogo do jogo caracterizado por uma das principais frases de efeito icônico da série Fallout- "War. War never changes.". Ele foi novamente convidado a participar como narrador das sequências da série Fallout. Outras aparições incluem Richard Dean Anderson, David Warner, Tony Shalhoub (creditado Tony Shalub), Brad Garrett, Keith David, Richard Moll e Tony Jay.[2]

A Black Isle tentou utilizar a musica "I Don't Want to Set the World on Fire" dos The Ink Spots como a musica tema, mas não podia licenciar por causa de um problema envolvendo direitos autorais.[12] Esta canção foi posteriormente licenciada pela Bethesda para o jogo Fallout 3. A canção "Maybe" pelos mesmos artistas foi utilizada ao invés da música tema original de Fallout.

Recepção[editar | editar código-fonte]

 
Resenha crítica
Publicação Nota
Computer Gaming World 4.5 de 5 estrelas.Star full.svgStar full.svgStar full.svgStar half.svg[13]
PC Zone 91/100 (UK)[13]
PC Gamer US 90/100[14]
GameSpot 8.7/10[15]
GamePro 4.5 de 5 estrelas.Star full.svgStar full.svgStar full.svgStar half.svg[13]
Game Revolution A- (Mac)[16]
GamePro 4.5 de 5 estrelas.Star full.svgStar full.svgStar full.svgStar half.svg[13]
Pontuação global
Publicação Nota média
Game Rankings 91.92%[13]
Metacritic 89/100[17]
MobyGames 86/100[18]
Premiações
Premiador Prêmio
CGW "Hall of Fame"[19]
GameSpot "RPG of the Year" (1997)[20]
GameSpot "Greatest Games of All Time" (2003)[21]
GameSpy "Hall of Fame" (2000)[22]
IGN "Hall of Fame" (2008)[23]

Fallout foi nomeado #4, #10, #13, #21 e #7 na lista dos melhores jogos de todos os tempos pela PC Gamer em 2001, 2005, 2007, 2008 e 2010, respectivamente. Foi eleito em 5º lugar em 2007 e #19 em 2009 na lista da IGN "Top 25 PC Games of All Time". Ele ficou em #55 no "IGN Top 100 Games of All Time" de 2005 e #33 em 2007. PC Zone nomeou-o #21 na sua "101 Best PC Games Ever" em 2007.

Fallout foi introduzido no "Hall of Fame" nos respectivos sites Computer Gaming World, GameSpot, GameSpy e IGN. Também foi nomeado "RPG do Ano" pela GameSpot, em 1997, e ficou em sexto lugar na lista da Game Informer de 2008 do "Top 10 Video Game Openings".

Referências

  1. a b c d FalloutWiki - Fallout, página acessada em 5 de junho de 2013.
  2. a b c d e f [IMDb, IMDb]. Fallout: A Post-Nuclear Role-Playing Game (1997) (VG) (em Inglês). Página visitada em 13/12/2010.
  3. [Cover, Duck and Cover]. Interview with Leonard Boyarsky about Troika's PA game (em Inglês). Página visitada em 11/11/2009.
  4. IMDb. Fallout: A Post-Nuclear Role-Playing Game (1997) (VG) - Release dates (em Inglês). Página visitada em 13/12/2010.
  5. [Departamento de Justiça, Classificação, Títulos e Qualificação]. Classificação indicativa Fallout DJCTQ. DJCTQ. Página visitada em 08/12/2010.
  6. [ESRB - Entertainment Software Rating Board]. Fallout ESRB Rating (em Inglês). ESRB. Página visitada em 08/12/2010.
  7. [PEGI - Pan European Game Information]. Fallout PEGI Rating (em Inglês). Página visitada em 08/12/2010.
  8. Tradução em espanhol de Fallout na Academia Clandlan, página acessada em 5 de junho de 2013.
  9. Barton, Matt (23/02/2007). Part 2: The Golden Age (1985-1993) (em Inglês). The History of Computer Role-Playing Games.
  10. IGN Presents the History of Fallout (em Inglês) pp. 3 (28/01/2009). Página visitada em 30/01/2009.
  11. a b Cquote1.png Jogo Fallout Cquote2.png // Fallout. Black Isle Studios. (Interplay Entertainment). PC. (1997)
  12. Avellone, Chris (06/11/2002). Fallout Bible #9 (em Inglês). Black Isle Studios. Página visitada em 16/06/2007.
  13. a b c d e Fallout for PC (em Inglês). GameRankings. Página visitada em 08/11/2009.
  14. Vaughn, Todd (Janeiro de 1998). Fallout (em Inglês). PC Gamer US. Página visitada em 14/04/2010.
  15. Fallout Review (em Inglês). GameSpot (21/11/1997). Página visitada em 08/11/2009.
  16. Cooke, Mark (June 5, 2004). Fallout review for the MAC. Game Revolution. Página visitada em 08/11/2009.
  17. Fallout (pc) reviews at Metacritic.com (em Inglês). Metacritic. Página visitada em 08/11/2009.
  18. Fallout (em Inglês). MobyGames. Página visitada em 08/11/2009.
  19. CGW's Hall of Fame. 1UP.com. Página visitada em 17/11/2010.
  20. Fallout 2 Previews. GameSpot. Página visitada em 15/11/2010. "Greg Kasavin finds out what's in store for the sequel to GameSpot's 1997 RPG of the Year, including story details and tons of screenshots."
  21. The Greatest Games of all Time. Página visitada em 17/11/2010.
  22. Buecheler, Christopher (30/12/2000). The GameSpy Hall of Fame: Fallout. GameSpy. Página visitada em 17/11/2010.
  23. IGN Videogame Hall Of Fame: Fallout. IGN (2008). Página visitada em 20/11/2010.