Ferdinand Foch

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Ferdinand Foch
General Foch em 1921
Nascimento 02 de outubro de 1851
Tarbes, França
Morte 20 de março de 1929 (77 anos)
Paris, França
Nacionalidade França Francês
Ocupação Militar

Ferdinand Foch PCTE (Tarbes, 2 de outubro de 1851Paris, 20 de março de 1929) foi um militar francês.

Comandou as forças da Tríplice Entente ou dos Aliados em 1914 de uma forma decisiva, levando à vitória do Marne. Dirigiu com êxito operações na Flandres; como adjunto de Joseph Joffre, coordenou as operações dos exércitos franceses, belgas e britânicos. Em 1917 assumiu o cargo de chefe de Estado-Maior do Exército Francês e em 1918 somou mais uma vitória ao conseguir ganhar a Segunda Batalha do Marne.

A 30 de Novembro de 1918 foi agraciado com a 1.ª Classe da Ordem Militar da Torre e Espada, do Valor, Lealdade e Mérito de Portugal.[1]

Um grande admirador de sua pessoa foi, Winston Churchill se referia a ele com grande respeito, levando em consideração sua perspicácia em relação ao Tratado de Versalhes, dizendo que a paz duraria somente 20 anos. Sua afirmação foi certa, pois, 2 meses depois do tratado completar 20 anos, Adolf Hitler inicia a Invasão da Polônia, dando início a Segunda Guerra Mundial.

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • Os princípios da Guerra (Les Principes de la Guerre)- 1903.
  • A Condução da Guerra (La Conduite de la Guerre) - 1905.
  • Memória para uso na História da Guerra de 1914 a 1918 (Mémoire pour servir à l'Histoire de la Guerre 1914-1918) - obra póstuma - 1931.


Wikiquote
O Wikiquote possui citações de ou sobre: Ferdinand Foch
Ícone de esboço Este artigo sobre tópicos militares é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.
  1. Cidadãos Estrangeiros Agraciados com Ordens Portuguesas Presidência da República Portuguesa. Visitado em 2015-04-16. "Resultado da busca de "Ferdinand Foch"."