Flappy Bird

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Flappy Bird
Publicadora(s) .GEARS Studio
Programador Nguyễn Hà Đông
Plataforma(s) Android, iOS, Windows 8
Data(s) de lançamento
  • WW 24 de Maio 2013
Gênero(s) Plataforma
Número de jogadores Um jogador
Mídia Distribuição digital
Controles Toque de ecrã
Idioma Inglês

Flappy Bird é um jogo eletrônico para dispositivos móveis de 2013 desenvolvido em Hanói pelo programador vietnamita Nguyễn Hà Đông,[1] [2] e publicado pela .GEARS studios.[3] O jogo foi publicado em maio de 2013 para o iPhone 5, e então atualizado para o iOS 7 em setembro de 2013.[4] Em janeiro de 2014, ele ficou no topo da categoria de jogos gratuitos da iTunes App Store chinesa e americana,[4] e mais tarde naquele mês da loja do Reino Unido, onde foi chamado de "o novo Angry Birds".[2] Terminou o mês de janeiro como o aplicativo mais baixado da App Store.[5] Existe uma versão para Windows 8 e Windows 8.1.

Jogabilidade[editar | editar código-fonte]

O objetivo no jogo é controlar um pássaro (tocando na tela) sem deixá-lo colidir nos canos. Se o pássaro tocar em algum obstáculo - ou se deixar o pássaro cair -, o jogo termina. Sempre que o personagem passa por um conjunto de canos, o jogador ganha um ponto.[6] O jogo possui gráficos semelhantes ao do jogo Super Mario World, mecânica básica e propagandas dentro do jogo,[7] que, de acordo com o site de notícias sobre tecnologia, The Verge, geravam por volta de $50.000 por dia no início de 2014.[8]

Produção[editar | editar código-fonte]

Flappy Bird foi criado e desenvolvido por Dong Nguyen. O personagem foi criado originalmente para um jogo de plataforma em 2012, o qual foi cancelado. Flappy Bird foi criado em menos de 3 dias. Nguyen afirma que nenhuma parte de seu jogo foi feita para ser impossível de se passar.[9]

Recepção[editar | editar código-fonte]

O jogo foi criticado pelo Huffington Post como sendo "o jogo mais irritante, difícil e frustrante, que combina uma acentuada curva de dificuldade, com gráficos chatos e um movimento ruim."[10] Entretanto, Jenifer Whiteside escreveu uma crítica mais positiva para o site Amongtech.com, onde sugere que Flappy Bird possa ultrapassar Candy Crush Saga como o jogo para dispositivos móveis mais popular de 2014, devido à sua natureza viciante, a idade de Candy Crush, e a fama que o jogo recebeu recentemente.[11]

A dificuldade do jogo tem sido uma fonte de raiva para muitos usuários, com um usuário afirmando que levou meia hora para conseguir fazer cinco pontos.[3] De acordo com seu criador,[12] o jogo é ligeiramente mais fácil no Android do que no iOS.[13] Além disso, o jogo foi chamado de "Cocaína da App Store".[3]

Controvérsias[editar | editar código-fonte]

Algumas pessoas suspeitam que o criador do jogo utilizou bots para causar seu repentino ganho de popularidade no começo de 2014.[14] Quando questionado sobre o assunto pelo The Daily Telegraph, Nguyen disse: "Eu respeito a opinião de todas as pessoas. Não vou comentar neste artigo. Gostaria de fazer meus jogos em paz."[15] . Porém, quando a Newsweek insistiu sobre o assunto, Nguyen respondeu no Twitter: "Não importa. Não acha?... Se enganei, a Apple deixaria ativo por meses."[16]

Flappy Bird também foi criticado pela Kotaku por seu uso de objetos gráficos do Mario.[17]

No início de fevereiro de 2014, Dong Nguyen avisou através do Twitter que iria remover seu jogo da iTunes Store e do Google Play por causa de toda a atenção negativa que recebeu por causa do jogo: "Não é relacionado a assuntos legais. Eu simplesmente não aguento mais."[18] No dia 9 de fevereiro, o jogo foi removido de ambas as lojas digitais.[19]

Legado[editar | editar código-fonte]

No dia 10 de fevereiro, o desenvolvedor de jogos eletrônicos Ivano Palmentieri anunciou o início do Flappy Jam,[20] uma competição de criação de jogos semelhante ao Candy Jam, aberto ao público e com o objetivo de "criar um jogo difícil, quase impossível" e com "gráficos inspirados (mas não roubados) em jogos clássicos" sem fins lucrativos.[21] De acordo com o site oficial, o objetivo dessa competição é apoiar Dong Nguyen após o abuso verbal que recebeu antes e após a remoção do jogo.[21] Terry Cavanagh, criador de Super Hexagon e VVVVVV, e Adam Saltsman, criador de Canabalt, também participaram do jam, cada um criando uma versão de Flappy Bird que incorpora suas criações anteriores.[22]

Além da competição criada por Palmentieri, o jogo recebeu uma série de homenagens e adaptações. A banda Fall Out Boy anunciou no dia 12 de fevereiro que criaram uma versão do jogo chamada Fall Out Bird.[23] Uma versão não oficial do jogo foi lançada para o Nintendo 3DS com o nome de Flappy Bird: PTC Edition, criado com o Petit Computer, um aplicativo disponível no DSiWare que permite a criação de jogos com a linguagem de programação BASIC.[24]

Referências

  1. Đan Hạ (6 de fevereiro de 2014). Chàng trai viết game Flappy Bird gây sốt toàn cầu (em vietnamita). Visitado em 8 de fevereiro de 2014.
  2. a b Williams, Rhiannon (29 de janeiro de 2014). What is Flappy Bird? The game taking the App Store by storm (em inglês). Visitado em 8 de fevereiro de 2014.
  3. a b c Bertha, Mike (30 de janeiro de 2014). Everything you need to know about your new favorite cell phone game, 'Flappy Bird' (em inglês). Visitado em 8 de fevereiro de 2014.
  4. a b Flappy Bird (em inglês) (21 de janeiro de 2014). Visitado em 8 de janeiro de 2014.
  5. As frustrated Stokies blast Flappy Bird game on Twitter we ask: What's your favourite smartphone app? (em inglês) (31 de janeiro de 2014). Visitado em 8 de fevereiro de 2014.
  6. Haynes, Danielle. Flappy Birds dominates app lists (em inglês). Visitado em 8 de fevereiro de 2014.
  7. Skipper, Ben (28 de janeiro de 2014). Frustrating Flappy Bird Tops App List: What Are the Toughest Games Ever Made? (em inglês). Visitado em 8 de fevereiro de 2014.
  8. Hamburger, Ellis (5 de fevereiro de 2014). Indie smash hit 'Flappy Bird' racks up $50K per day in ad revenue (em inglês) The Verge. Visitado em 8 de fevereiro de 2014.
  9. Heney, Elaine (31 de janeiro de 2014). How to make Flappy Bird, #1 app – Interview with game developer Dong Nguyen: Updated (em inglês). Visitado em 8 de janeiro de 2014.
  10. Flappy Bird Tips: How To Get A High Score Without Cheats (em inglês) The Huffington Post (29 de janeiro de 2014). Visitado em 8 de fevereiro de 2014. "insanely irritating, difficult and frustrating game which combines a super-steep difficulty curve with bad, boring graphics and jerky movement."
  11. Whiteside, Jenifer (30 de janeiro de 2014). Could Flappy Bird beat Candy Crush as the most popular Mobile Game of 2014? (em inglês). Visitado em 8 de fevereiro de 2014.
  12. @dmatttx Yes, it is easier on Android. (em inglês) Twitter (29 de janeiro de 2014). Visitado em 8 de fevereiro de 2014.
  13. White, Juan (30 de janeiro de 2014). Flappy Bird Android app easier than iOS (em inglês). Visitado em 8 de fevereiro de 2014.
  14. Carter, Thomas. Flappy Bird’s Smoke & Mirrors – Is Something Fishy Going On? (em inglês). Visitado em 8 de fevereiro de 2014.
  15. Willianms, Rhiannon (4 de fevereiro de 2014). Flappy Bird: 'too good to be true?' (em inglês) The Daily Telegraph. Visitado em 8 de fevereiro de 2014.
  16. Kloc, Joe (4 de fevereiro de 2014). Is Flappy Bird Cooking its iTunes Rank? (em inglês). Visitado em 8 de fevereiro de 2014. "If I did fake it, should Apple let it live for months."
  17. Schreier, Jason (6 de fevereiro de 2014). Flappy Bird Is Making $50,000 A Day Off Ripped Art [UPDATE] (em inglês) Kotaku. Visitado em 8 de fevereiro de 2014.
  18. Good, Owen (8 de fevereiro de 2014). Flappy Bird's Creator Says He's Taking the Game Down (em inglês) Kotaku. Visitado em 8 de fevereiro de 2014. ""It is not anything related to legal issues. I just cannot keep it anymore.""
  19. Orland, Kyle (9 de fevereiro de 2014). At height of popularity, creator pulls Flappy Bird from App Stores (em inglês) Ars Technica. Visitado em 9 de fevereiro de 2014.
  20. Rad, Chloi (10 de fevereiro de 2014). Flappy Jam Launched Following Controversy, In Support Of Flappy Bird Developer (em inglês) Indie Statik. Visitado em 12 de fevereiro de 2014.
  21. a b Flappy Jam (em inglês). Visitado em 12 de fevereiro de 2014.
  22. Kuchera, Ben (12 de fevereiro de 2014). Flappy Bird and inspired cloning: Indie devs explore what made a controversial game fun (em inglês) Polygon. Visitado em 13 de fevereiro de 2014.
  23. Fall Out Bird (em inglês) (12 de fevereiro de 2014). Visitado em 13 de fevereiro de 2014.
  24. Gera, Emily (13 de fevereiro de 2014). Flappy Bird legacy continues unofficially on 3DS (em inglês) Polygon. Visitado em 13 de fevereiro de 2014.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]