Grand Theft Auto: Chinatown Wars

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Grand Theft Auto: Chinatown Wars
GTA chinatown wars logo.png
Grand Theft Auto: Chinatown Wars
Produtora Rockstar North, Rockstar Leeds
Editora(s) Rockstar Games
Plataforma(s) Nintendo DS
iOS
PSP
PS Vita
Série Grand Theft Auto
Data(s) de lançamento
  • AN 17 de Março de 2009

  • PAL 20 de Março de 2009
Gênero(s) Ação, Tiro em terceira pessoa
Número de jogadores 1
Classificação BBFC (Reino Unido)
Inadequado para menores de 18 anos i CERO (Japão)
Inadequado para menores de 12 anos i DEJUS (Brasil)
Inadequado para menores de 17 anos i ESRB (América do Norte)
Inadequado para menores de 15 anos i OFLCA (Austrália)
Inadequado para menores de 18 anos i PEGI (Europa)
Inadequado para menores de 18 anos i USK (Alemanha)
Média Nintendo DS Game Card, UMD
Último
Último
Grand Theft Auto IV
Grand Theft Auto V
Próximo
Próximo

Grand Theft Auto: Chinatown Wars é um jogo da Rockstar Games, é o quarto jogo da série Grand Theft Auto para um Console de videogame da Nintendo, Nintendo DS (Os primeiros eram GTA1 e GTA2 para GameBoyColor, depois Grand Theft Auto Advance, para Game Boy Advance) da Sony, PSP e da Apple Inc., (iPhone, iPad e iPod Touch). O jogo se passa novamente em Liberty City, no ano de 2009. O protagonista é um membro da gangue Triads, Huang Lee, durante o jogo o personagem irá tentar se vingar da morte do seu pai e achar uma relíquia da familía.[1] [2] [3] [4] [5] [6]

História[editar | editar código-fonte]

A história gira em torno de chineses e coreanos gangsters. O jogador assume o papel de Huang Lee, um jovem de 25 anos, membro da Tríades, que deve entregar uma relíquia de seu pai recém-assassinado, uma espada da família, a seu tio Wu Lee, agora o novo patriarca. Huang é emboscado no caminho, e ele não só deve recuperar a espada, mas vingar da morte do pai no processo.

Jogabilidade[editar | editar código-fonte]

Chinatown Wars tem uma apresentação diferente de jogos anteriores da série. Em vez de uma câmera por trás do personagem, ou uma visão por cima do personagem, o jogo visa uma câmera giratória. Por ter sido lançado inicialmente para Nintendo DS, o jogo possuí um sistema de furtos e missões e mini-games totalmente diferente dos demais jogos da série, como por exemplo o sistema de Tatuagens e o uso de armas explosivas. Nos níveis de procurado o jogo apresenta uma nova mudança, que são os carros de polícia, quando eliminados o jogador perde uma de suas estrelas de procurado. Nos mini-games mais polêmicos de toda a série, o mini-game de traficar drogas. Na nova jogabilidade para portáteis, temos um sistema de compra de armas pela internet, através da loja Ammu-Nation e o sistema de GPS.

Veículos[editar | editar código-fonte]

Grand Theft Auto: Chinatown Wars utiliza um sistema diferente o furto de outros jogos da série Grand Theft Auto, em que o jogador deve usar sua caneta como uma chave de fenda na ranhura para hotwire chave do veículo. Após fazê-lo, o alarme do veículo pode ser objecto de compensação, que pode ser desativada com um dispositivo especial. Diferentes veículos necessitam diferentes ferramentas que podem ser hotwired.

Curiosidades[editar | editar código-fonte]

  • GTA Chinatown Wars é o único jogo do Nintendo DS a ser classificado como Z pela CERO, organização que classifica filmes e jogos no Japão.

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]