Grim Fandango

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Grim Fandango
Produtora LucasArts
Editora(s) BraSoft
Motor GrimE
Plataforma(s) PC (Windows)
Data(s) de lançamento 30 de setembro de 1998
Gênero(s) Aventura
Modos de jogo Um jogador
Classificação ESRB: Teen
Média CD-ROM (2)
Requisitos mínimos Processador: 133 MHz
RAM: 32 MB
HD: 30 MB
Placa de vídeo: 4 MB
Directx 7
Controles Teclado, Joystick

Grim Fandango é um jogo de computador do gênero aventura feito pela LucasArts em 1998. É o primeiro jogo de computador feito em 3D pela LucasArts.

Baseado no folclore Asteca, a temática do jogo é derivada do Día de los Muertos, uma data comemorativa mexicana tradicionalmente celebrada com festas. O título é explicado por um poema lido por um dos personagens do jogo. A trama está centrada no protagonista Manny Calavera em sua jornada para desvendar uma teia de corrupção no Mundo dos Mortos e salvar a aparentemente inocente Mercedes Colomar

Foi indicado pela crítica e pelos fãs como um dos melhores jogos do gênero, mas não foi um sucesso comercial. O jogo recebeu a nota de 9.3 no site GameSpot.[1]

Jogabilidade[editar | editar código-fonte]

Grim Fandango é um jogo de aventura no qual o jogador controla Manuel Calavera, "Manny" ('calavera', no espanhol, significa caveira), seguindo Mercedes Colomar, "Meche", pelo Mundo dos Mortos. O jogo usa a engine GrimE, renderizando os fundos em 2D enquanto objetos e personagens são representados em 3D. O jogador controla os movimentos e ações de Manny pelo teclado, joystick ou gamepad. Manny pode coletar objetos a fim de utilizá-los em parte do cenário ou com outras pessoas no Mundo dos Mortos para resolver puzzles e avançar no jogo. Diferentemente de jogos 2D mais antigos da LucasArts, em que o jogador interagia com objetos quando colocava sobre eles o cursor do mouse, Manny move sua cabeça em direção a um objeto ou pessoa de interesse enquanto está andando.

Recepção[editar | editar código-fonte]

Grim Fandango recebeu praticamente apenas críticas positivas. Os críticos elogiaram a direção de arte em particular, com GameSpot considerando o design visual como "consistentemente ótimo".[1] PC Zone deu ênfase para a produção como um todo, considerando a direção, as roupas, personagens, música e atmosfera muito bem feitas. Eles também comentaram que o jogo daria um "ótimo filme".[2]

Referências

  1. a b Dulin, Ron (30/10/1998). Grim Fandango for PC Review. GameSpot. Página visitada em 2006-01-25.
  2. Hill, Steve (2001-08-31). Grim Fandango. PC Zone. Página visitada em 2006-01-25.