Grim Fandango

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Grim Fandango
Produtora LucasArts
Editora(s) BraSoft
Motor GrimE
Plataforma(s) (Versão Original) PC (Windows)

(Versão Remasterizada) PC (Windows) - MAC - Linux - PS4 - PS VITA

Data(s) de lançamento 30 de setembro de 1998 (Original)

27 de janeiro de 2015 (Remasterizado)

Gênero(s) Aventura, Apontar-e-clicar
Modos de jogo Um jogador
Classificação ESRB: Teen
Média CD-ROM (2)

Download Steam

Requisitos mínimos Processador: 133 MHz
RAM: 32 MB
HD: 30 MB
Placa de vídeo: 4 MB
Directx 7

Mínimos (Versão remasterizada)

OS: Windows Vista, 7, 8 ou 8.1
Processador: Intel® Core™ 2 Duo 2.4 GHz, AMD Athlon™ X2 2.8 GHz, ou mais potente.
Memória 4 GB RAM
Placa Gráfica: ATI Radeon HD 4650 / NVIDIA GeForce GT 220 / Intel HD 4000 Graphics, ou equivalente.
Disco Rígido: 6Gb de espaço disponível
Placa de Som: Compatível com Windows
Notas Adicionais: GPU que suporte OpenGL 3.3 or higher

Controles Teclado, Joystick, Mouse

Grim Fandango é um jogo de computador do gênero aventura feito pela LucasArts em 1998. É o primeiro jogo de computador feito em 3D pela LucasArts.

Baseado no folclore Asteca, a temática do jogo é derivada do Día de los Muertos, uma data comemorativa mexicana tradicionalmente celebrada com festas. O título é explicado por um poema lido por um dos personagens do jogo. A trama está centrada no protagonista Manny Calavera em sua jornada para desvendar uma teia de corrupção no Mundo dos Mortos e salvar a aparentemente inocente Mercedes Colomar

Foi indicado pela crítica e pelos fãs como um dos melhores jogos do gênero, mas não foi um sucesso comercial. O jogo recebeu a nota de 9.3 no site GameSpot.[1]

Jogabilidade[editar | editar código-fonte]

Grim Fandango é um jogo de aventura no qual o jogador controla Manuel Calavera, "Manny" ('calavera', no espanhol, significa caveira), seguindo Mercedes Colomar, "Meche", pelo Mundo dos Mortos. O jogo usa a engine GrimE, renderizando os fundos em 2D enquanto objetos e personagens são representados em 3D. O jogador controla os movimentos e ações de Manny pelo teclado, joystick ou gamepad. Manny pode coletar objetos a fim de utilizá-los em parte do cenário ou com outras pessoas no Mundo dos Mortos para resolver puzzles e avançar no jogo. Diferentemente de jogos 2D mais antigos da LucasArts, em que o jogador interagia com objetos quando colocava sobre eles o cursor do mouse, Manny move sua cabeça em direção a um objeto ou pessoa de interesse enquanto está andando.

Recepção[editar | editar código-fonte]

Grim Fandango recebeu praticamente apenas críticas positivas. Os críticos elogiaram a direção de arte em particular, com GameSpot considerando o design visual como "consistentemente ótimo".[1] PC Zone deu ênfase para a produção como um todo, considerando a direção, as roupas, personagens, música e atmosfera muito bem feitas. Eles também comentaram que o jogo daria um "ótimo filme".[2]

Remasterização[editar | editar código-fonte]

Após anos de espera Grim Fandango recebeu uma versão remasterizada disponível para compra através do Steam. Dentre as novidades estão os sprites dos personagens que foram melhorados graficamente, além de efeitos de luzes, áudio e efeitos sonoros remasterizados, a possibilidade de jogar num MAC, LINUX, PS4 ou PS VITA, além claro do Windows.

A grande novidade para os fãs brasileiros é que a versão remasterizada conta com a dublagem brasileira da versão original.

Problemas no PS4 e PS Vita[editar | editar código-fonte]

Algumas pessoas relataram bugs na versão do PS4 e do PS VITA, porém já existe uma forma de resolver o problema.

Referências

  1. a b Dulin, Ron (30/10/1998). Grim Fandango for PC Review GameSpot. Visitado em 2006-01-25.
  2. Hill, Steve (2001-08-31). Grim Fandango PC Zone. Visitado em 2006-01-25.