Humble Indie Bundle

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Humble Indie Bundle, também conhecido como Humble Bundles, é uma série de pacotes de jogos, onde os jogadores podem obter jogos multiplataforma, DRM-free e apenas com jogos eletrônicos independentes em um sistema de pagamento pague-quanto-você-quiser, onde você divide o dinheiro entre instituições de caridade, desenvolvedor dos jogos e o próprio site(Humble Bundle).

Essas pacotes são organizadas pela Wolfire Games, onde fica por tempo limitado à venda. Os compradores poderiam decidir quanto iriam pagar pela pacote e como iriam dividir entre os desenvolvedores dos jogos e duas instituições de caridade: Child's Play e Electronic Frontier Foundation. Os jogos funcionam em sistemas baseados em Windows, Mac OS X e Linux e são distribuídos digitalmente, sem gestão de direitos autorais (DRM). Os dois primeiros pacotes já vendidos conseguiram mais de US$1 e US$1.8 milhões de dólares em vendas, respectivamente. O terceiro pacote, chamada de Frozenbyte, começou dia 12 de Abril de 2011, terminando dia 26 de Abril.

Ideia[editar | editar código-fonte]

A ideia do primeiro pacote de jogos eletrônicos independentes foi de Jeff Rosen, da Wolfire Games[1] . Rosen diz que sua inspiração foi a partir de pacotes semelhantes que aconteciam no Steam. Rosen também notou que essas vendas poderiam ser virais, com a sua propagação boca-a-boca na internet. O sistema de "pague-quanto-você-quiser" foi inspirado no que a 2D Boy fez com o aniversário de 1 ano de World of Goo, onde o comprador poderia pagar quanto quisesse[1] [2] , onde as vendas chegaram a 57 mil cópias, gerando mais de US$ 114 mil dólares, após as taxas do Paypal.[3] Após laços próximos a vários desenvolvedores independentes, Jeff Rosen conseguiu lançar a primeira versão do Humble Indie Bundle, se aproveitando dos sistemas de vendas do Paypal, Amazon Payments, Google Checkout e Bitcoin, minimizando os custos de operações e distribuição.[1]

Mesmo que o boca-a-boca fosse a principal forma da fama da compilação, Rosen reconheceu que o processo de compra deveria ser simples[4] . Rosen também procurou incluir instituições de caridade. Foram escolhidas duas: Child's Play e a Electronic Frontier Foundation. A primeira doava jogos para crianças hospitalizadas, enquanto a escolha da segunda foi para apoiar sua posição contra DRMs. O sistema de "pague-quanto-você-quiser" poderia fazer os compradores simplesmente dar o dinheiro a essas instituições. Rosen não se preocupa, dizendo que "Nós ainda vamos ficar felizes em dar-lhe todos os nossos jogos para as três plataformas, sem DRM", além de dizer que mesmo que os desenvolvedores não recebam nada, apenas as instituições de caridade, ainda considera que a compilação seria um sucesso.[1] Rosen e o funcionário da Wolfire Games John Graham forneceram suporte técnico durante as vendas de várias pessoas através de e-mail e sessões de bate-papo.[4]

Os pacotes[editar | editar código-fonte]

Humble Indie Bundle #1[editar | editar código-fonte]

O primeiro pacote de jogos do Humble Indie Bundle começou suas vendas no dia 4 de Maio de 2010, sendo que iriam até dia 11 de Maio. Inicialmente, o pacote possuía 5 jogos - World of Goo (2D Boy), Aquaria (Bit Blot), Gish (Edmund McMillen), Penumbra: Overture (Frictional Games) e Lugaru (Wolfire Games)[5] . No meio das vendas, um novo jogo foi apresentado: Samorost 2, da Amanita Design, permitindo o download do jogo para quem já tinha comprado p pacote. Três desenvolvedoras também fizeram um incentivo aos compradores. Caso as vendas fossem mais de US$1 milhão de dólares, seria disponibilizado o código-fonte dos jogos Gish, Penumbra e Lugaru.[6]

As vendas do Humble Indie Bundle foi descrita pelos organizadores como um grande sucesso, obtendo mais de US$1 milhão de dólares em uma semana, com cerca de 116 mil doações, o que fez os organizadores aumentassem o tempo das vendas[7] . Após esta extensão das vendas, as vendas conseguiram arrecadar mais de US$1,270,000 milhões de dólares.[8] Baseado na distribuição do dinheiro dos compradores, cerca de 31% foi doado para as duas instituições de caridade, enquanto cada um dos cinco desenvolvedores receberam cerca de US$166,000 mil dólares em vendas[8] . A maioria dos compradores usavam Windows, enquanto o resto das vendas eram para Mac OS X e Linux. Com a monitoração dos preços, os compradores que usavam Linux eram os que mais pagavam, em média, pelo pacote, cerca de US$14 dólares, enquanto usuários de Mac OS X doavam US$10 dólares e usuários de Windows pagavam entre US$7 a US$8 dólares[9] . Jeff Rosen notou que, perto do final das vendas, várias doações com preços de US$3333.00 dólares e US$1337.00 dólares. Rosen também acredita que sites de divulgação de links como Reddit ajudaram a atingir o marco de US$1 milhão de dólares. Como resultado, o código-fonte dos jogos Gish, Penumbra, Lugaru e, devido ao sucesso do Humble Indie Bundle, Aquaria foram disponibilizados em GNU General Public License; as artes, músicas e outras coisas criativas desses jogos não foram incluídas[7] .

Embora muitos jogos inclusos no pacote estivessem disponíveis na plataforma Steam da Valve, os produtos do pacote não foram integrados com a plataforma. Em 9 de Dezembro de 2010, 7 meses depois após o lançamento do pacote, uma chave de produto da Steam foi mandada por e-mail para as pessoas que compraram o pacote, sendo que o único jogo não incluso para a integração foi Samorost 2.

Humble Indie Bundle #2[editar | editar código-fonte]

Com o sucesso da primeira versão do Humble Indie Bundle, a segunda versão do Humble Indie Bundle foi lançada no dia 14 de Dezembro de 2010, lançando um novo pacote de 5 jogos, feitos por desenvolvedores independentes. O pacote incluía Braid (Jonathan Blow/Number None Studios), Cortex Command (Data Realms LLC), Machinarium (Amanita Design), Osmos (Hemisphere Games) e Revenge of the Titans (Puppy Games). As instituições de caridade ainda eram a Child's Play e Electronic Frontier Foundation[10] . Além disso, Cortex Command e Braid funcionariam no sistema operacional Linux. Revenge of the Titans teve seu lançamento feito a partir deste pacote, disponível para os três sistemas operacionais[11] .

Em apenas um dia, o Humble Indie Bundle conseguiu arrecadar mais de US$500,000 mil dólares, sendo que uma grande doação de US$2000,00 mil dólares foi feita por Markus Persson, criador de Minecraft.[12] Após 5 dias, as vendas arrecadaram mais de US$1.0 milhão de dólares. Em comemoração, alguns jogos contidos no pacote, como Braid, estariam disponíveis para serem colocados na biblioteca de jogos do Steam.[13] Em 22 de Dezembro, como promoção, todos os jogos da primeira versão do Humble Indie Bundle foi adicionado ao segundo. Todos que comprassem a partir desde ponto receberiam essa promoção. Quem já tinha comprado o pacote, deveria ter pago mais que a média dos pagamentos.[14] Quando o pacote arrecadasse US$1,750,000 milhões de dólares, a Puppy Games iria liberar o código-fonte do seu jogo, Revenge of the Titans.[15] Após o fim das vendas, o Humble Indie Bundle arrecadou mais de US$1,8 milhões de dólares, com cerca de 232.849 vendas.[16] [17]

Humble FrozenByte Bundle[editar | editar código-fonte]

A terceira versão do pacote de jogos começou dia 12 de Abril de 2011, trazendo 5 jogos da Frozenbyte, que incluia Trine, Shadowgrounds e Shadowgrounds Survivor para Windows, Mac OS X e Linux. Além disso, o pacote incluia um protótipo de jogo para Windows chamado Jack Claw, que incluia seu código-fonte também. O jogo Splot também está disponível, mas este está em fase de desenvolvimento[18] . Logo no primeiro dia, a compilação arrecadou mais de US$100.000 mil dólares[19] .

Quantos as origens do terceiro pacote, a Frozenbyte procurou levantar dinheiro para seu desenvolvimento de jogos por uma venda de pague-quanto-você-quiser por um certo tempo, além de que a mesma não sabia desenvolver o sistema e não dar certo. Com a fama do Humble Indie Bundle, a FrozenByte contatou John Graham e Jeffrey Rosen, que concordaram para a criação do pacote, que iria possuir apenas títulos da Frozenbyte.[20]

Essa versão do Humble Indie Bundle arrecadou mais de US$900.000 mil dólares[21] , sendo que boa parte da arrecadação foi para terminar o desenvolvimento de Trine 2.[22]

Humble Indie Bundle #3[editar | editar código-fonte]

O quarto pacote de jogos, mas sendo considerado como "terceiro", foi lançado em 26 de Julho 2011, Contendo 5 outros jogos por produtoras indies.[23] O quarto bundle inclui tais jogos: Crayon Physics Deluxe (Kloonigames), Cogs (Lazy 8 Studios), VVVVVV (Terry Cavanagh), Hammerfight (Kranx Productions), e And Yet It Moves (Broken Rules).[24] O dinheiro da caridade continua sendo doado para as instituições Child's Play e a Electronic Frontier Foundation. Na metade das vendas, os compradores foram capazes de ter Minecraft até 14 de agosto 2011.[25] Em primeiro de agosto, o jogo Steel Storm Foi adicionado como bônus para todos que compraram o pacote.[25] A 5 de Agosto foi adicionado outro bónus: Atom Zombie Smasher. E mais tarde todos os jogos do Humble Bundle #2 ficaram disponíveis para quem pagasse mais do que a média.[26]

Nas primeiras 17 horas, as vendas quebraram o recorde de US$500,000 de arrecadações totais com vendas por volta de 105 mil cópias compradas, uma melhora significante de pagamentos comparada ao Humble Frozenbyte Bundle.[27] Depois, conseguiu arrecadar mais de US$1,000,000 das vendas, com mais de 210 mil cópias vendidas.[28]

Referências

  1. a b c d Thompson, Michael. "Humble Bundle: greatest sale of indie games ever?" (em inglês) ars technica.
  2. Fonseca, Willian. "World of Goo por quanto você quiser pagar neste fim de semana!" BaixakiJogos.
  3. Breckon, Nick. "Results of 2D Boy's 'Pay What You Want' World of Goo Sales Experiment Released" (em inglês) Shack News.
  4. a b Kyle Orland. "GDC 2011: Humble Indie Bundle Creators Talk Inspiration, Execution" (em inglês) Gamasutra.
  5. Marina Val. "Pague quanto quiser para ter 5 ótimos joguinhos" Gizmodo.
  6. Gus Mastrapa. "More Games, Source Code Join ‘Humble Indie Bundle’" (em inglês) Wired.
  7. a b Brandon Boyer. "Humble Indie Bundle hits $1m, goes open-source, gets 4 day extension" (em inglês) Boing Boing.
  8. a b Mike Masnick. "Some Final Stats On The Humble Indie Bundle" (em inglês) Tech Dirt.
  9. Shane Richmond. "Are Linux users more generous than Windows users?" (em inglês) The Telegraph.
  10. Ahrun. "Humble Indie Bundle #2 Oficialmente Lançado" GameVicio.
  11. Ben Kuchera. "Humble Bundle 2 is live: 5 great games, no DRM, pay what you want" (em inglês) Ars Technica.
  12. Chris Pereira. "Humble Indie Bundle 2 Sales Surpass $500,000 in One Day" (em inglês) 1UP.
  13. Luke Plunkett. "Pacote de games 'indie' arrecada mais de US$ 1 milhão para caridade" Kotaku.
  14. "gnu". "Foi adicionado a promoção Humble Indie Bundle #2 os jogos do Humble Indie Bundle #1" Meia LuaX.
  15. Brandon Boyer. "Humble Indie Bundle 2 adds games from first bundle" (em inglês) Boing Boing.
  16. Redação UOL. Pacote de jogos 'indie', "Humble Indie Bundle 2", arrecada US$ 1,8 milhão UOL Jogos.
  17. Mike Thompson. "Here's the Final Numbers on the Humble Indie Bundle #2" (em inglês) The Escapist.
  18. Eduardo Stuart. "The Humble Frozenbyte Bundle: Deseja pagar quanto?" O Globo.
  19. Luke Plunkett e Marcus Oliveira. "Lá vem a 3ª edição do pacotão indie beneficente" Kotaku.
  20. Andrew Webster. "Humble Indie Bundle 3 focuses on one dev, offers unreleased games" (em inglês) Ars Technica.
  21. John Callaham. "Humble Frozenbyte Bundle 's final revenue total brings in over $909,000 (em inglês) Big Downloads.
  22. "Crusader". "HFB Update" (em inglês) Linux Games.
  23. Dori Prata. "Começa o The Humble Indie Bundle #3. Pague quanto quiser!" Meio Bit.
  24. Sam Winstrom. "Mais jogos indies pelo preço que você quiser no Humble Indie Bundle 3" Kotaku Brasil.
  25. a b Debabrata Nath (1 de Agosto de 2011). "Steel Storm: Burning Retribution added to Humble Indie Bundle 3" (em inglês).
  26. Dori Prata. "The Humble Indie Bundle #3 ganha mais jogos" Meio Bit.
  27. Mike Rose. "Third Humble Indie Bundle see 105K downloads in 17 hours" (em inglês) Gamasutra.
  28. Mike Rose. "Third Humble Indie Bundle Surpasses $1M In Sales" (em inglês) Gamasutra.

Ligações Externas[editar | editar código-fonte]

Site oficial do Humble Indie Bundle