Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
INPA
Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia
Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia (logo).jpg
Fundação 1952
Diretor(a) Adalberto Luis Val
Vice-diretor(a) Wanderli Pedro Tadei
Estado Amazonas
Página oficial [1]
Instituições de ensino superior do Brasil Brasil

O Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia (INPA) é uma instituição pública educacional e de pesquisa dentro de Manaus, Amazonas, Brasil. Foi fundado em 1952 subordinada ao Conselho Nacional de Pesquisas, com a finalidade de fornecer um conhecimento profundo sobre a região da Amazônia Brasileira. A maior parte das pesquisa têm foco nos tópicos de ecologia, zoologia e botânica. Uma pequena coleção dos principais taxons de animais e de plantas vasculares são encontradas também no instituto. Alguns projetos desenvolvidos no INPA se destacam, tais como o Biosfera-Atmosfera na Amazônia (LBA), Programa de Pesquisa em Biodiversidade (PPBio) e Projeto Dinâmica Biológica de Fragmentos Florestais (PDBFF).

Diretores[editar | editar código-fonte]

Em seus 60 anos de existência como Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia, a instituição teve dezenove diretores, sendo a maioria formada em Medicina, e somente dois formados em Direito. O primeiro foi o professor Olympio Oliveira Ribeiro da Fonseca, graduado pela Faculdade de Medicina do Rio de Janeiro.

Lista de diretores[editar | editar código-fonte]

Diretor Gestão
Olympio Oliveira Ribeiro da Fonseca 1954 - 1955
Tito Arcoverde de Albuquerque Cavalcante 1955 - 1956 / 1958 - 1959
Artur César Ferreira Reis 1956 - 1958
Djalma Batista 1959 - 1968
Dalcy de Oliveira Albuquerque 1968
Octávio Hamilton Botelho Mourão 1968 - 1969
Paulo de Almeida Machado 1969 - 1974
Mário Honda 1974 - 1975
Warwick Estevam Kerr 1975 - 1979 / 1999 - 2002
José Alberto Nunes de Mello 1979
Enéas Salati 1979 - 1981 / 1990 - 1992
Henrique Bergamin Filho 1981 - 1984
Roberto dos Santos Vieira 1984 - 1985
Herbert Otto Roger Schubart 1985 - 1990
José Seixas Lourenço 1992 - 1995
Ozório José de Menezes Fonseca 1995 - 1999
Marcus Luiz Barroso Barros 2002 - 2003
José Antônio Alves Gomes 2003 - 2006
Adalberto Luis Val 2006 - presente

Cursos de Pós-Graduação[editar | editar código-fonte]

  • Curso de Pós-Graduação em Agricultura no Trópico Úmido
  • Programa de Pós-Graduação em Biologia de Água Doce e Pesca Interior
  • Programa de Pós-Graduação em Botânica
  • Programa de Pós-Graduação em Ciências de Florestas Tropicais
  • Programa de Pós-Graduação em Clima e Ambiente
  • Programa de Pós-Graduação em Ecologia
  • Programa de Pós-Graduação em Entomologia
  • Programa de Pós-Graduação em Genética, Conservação e Biologia Evolutiva

Bosque da Ciência[editar | editar código-fonte]

Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia, no bairro de Petrópolis, em Manaus.

Inaugurado em 1º de abril de 1995 pelo presidente Fernando Henrique Cardoso, como parte das comemorações do 40º aniversário do Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia (INPA), o Bosque da Ciência foi fundado com o objetivo de abrir as portas do Instituto ao público.

O Bosque foi projetado e estruturado para fomentar e promover o desenvolvimento do programa de Difusão Científica e de Educação Ambiental do INPA, mantendo ao mesmo tempo a integridade física da área, preservando os aspectos da flora e fauna existentes no local.

Entre os seus objetivos, pretende oferecer à população uma nova opção de lazer com caráter ecológico estimulando o interesse dos visitantes pelo meio ambiente, pela qualidade do ecossistema Amazônico, além de oferecer atrativos turísticos incomparáveis.

Há 18 anos de existência, o bosque possui uma área de aproximadamente 130 mil metros, e para tornar seu percurso mais dinâmico, foram criadas as trilhas de acesso aos atrativos que compõe o local, possibilitando ao visitante obter mais informações em relação à fauna, flora e aos ecossistemas Amazônicos existentes. Para facilitar as visitas, o Bosque da Ciência conta com o apoio do Projeto Pequenos Guias, onde jovens atuam no Bosque de terça-feira a sexta-feira realizando visitas monitoradas.

O Bosque da Ciência fica localizado na Av. Otávio Cabral, Petrópolis, zona centro-sul de Manaus. A visitação é de terça a sexta das 9h às 12h e de 14h as 16h. Aos sábados, domingos e feriados as visitações podem ser feitas de 9h às 16.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre o Brasil é um esboço relacionado ao Projeto Brasil. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.