Iolanda da Hungria

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Violante de Hungría
Princesa da Hungria e rainha consorte de Aragão
Governo
Vida
Sepultamento Real Monasterio de Santa María de Vallbona
Pai André II da Hungria
Mãe [Yolanda de Courtenay]]

Iolanda da Hungria, Violante da Hungria ou Árpád Jolan em húngaro (Esztergom, Hungria, ca. 1216Huesca, outubro de 1251), foi princesa da Hungria e rainha consorte de Jaime I de Aragão, de 1235 até a sua morte.[1]

Iolanda foi a única filha de André II da Hungria com a sua segunda esposa Iolanda de Courtenay, princesa de Constantinopla. Era por isso neta materna de Iolanda de Hainaut e de Pedro II de Courtenay, rei de Constantinopla, e neta paterna de Inês de Chatillon e de Bela III da Hungria, sendo meia-irmã de Bela IV da Hungria (fruto do primeiro casamento do seu pai com Gertrudes de Meran).[1]

Família[editar | editar código-fonte]

Túmulo de Iolanda da Hungria, no Real Monasterio de Santa María de Vallbona.

Casou-se na catedral de Barcelona a 8 de Setembro de 1235 com Jaime I de Aragão, após o primeiro casamento deste com Leonor de Castela ter sido anulado por consanguinidade. O seu dote significava uma entrada de dinheiro e territórios, que nunca se concretizou. Deste casamento nasceram:[1]

Ancestrais[editar | editar código-fonte]

Legado[editar | editar código-fonte]

Iolanda impulsionou de forma decisiva a conquista do Reino de Valência em 1238 e participou ativamente na política real. Envolveu-se sobretudo na partilha da herança de Jaime I para os seus filhos, tentando afastar o rei de Afonso, o seu primogénito, nascido de Leonor de Castela.

Morreu de febre em Huesca, em outubro de 1251. Foi sepultada, tal como a sua filha Sancha, no mosteiro de Santa Maria de Vallbona de les Monges na Catalunha.

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • Arco y Garay, Ricardo del (1945). Sepulcros de la Casa Real de Aragón. Madrid: Instituto Jerónimo Zurita. Consejo Superior de Investigaciones Científicas. OCLC 11818414.
  • Rodrigo Estevan, María Luz (2009). «Los testamentos de Jaime I: Repartos territoriales y turbulencias políticas». Cuadernos, Centro de Estudios de Monzón y Cinca Media (35): pp. 61-90. ISSN 1133-3790.
  • Segura y Barreda, José (1868). Morella y sus aldeas: geografía, estadística, historia, tradiciones, costumbres. Morella: Imprenta de F. Javier Soto. OCLC 758219198.
  • Zurita, Jerónimo. Ángel Canellas López; edición electrónica de José Javier Iso (Coord.), María Isabel Yagüe, y Pilar Rivero (original data de 1562-1580). ed. Anales de Aragón. Exma. Diputación de Zaragoza, «Institución Fernando el Católico».

Referências

  1. a b c Antonio Manuel Fuentes. Violante de Hungría (em espanhol) Fundación Húngara del Libro. Página visitada em 18 de março de 2014.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Iolanda da Hungria