Joana I de Nápoles

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita nenhuma fonte ou referência, o que compromete sua credibilidade (desde julho de 2009).
Por favor, melhore este artigo providenciando fontes fiáveis e independentes, inserindo-as no corpo do texto por meio de notas de rodapé. Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoYahoo!Bing. Veja como referenciar e citar as fontes.
Joana I de Nápoles
Rainha Joana I das Bíblias de Nápoles
Rainha de Nápoles
Reinado 1343 – 1382
Coroação agosto de 1344
Predecessor Roberto I de Nápoles
Sucessor Carlos III de Nápoles
Cônjuge André, duque da Calábria
Luís, príncipe de Tarento
Jaime IV de Majorca
Otão, duque de Brunswick-Grubenhagen
Descendência
Carlos Martel, duque da Calábria
Catarina de Nápoles
Francisca de Nápoles
Casa Casa capetiana de Anjou
Pai Carlos, duque da Calábria
Mãe Maria de Valois
Nascimento 1326
Morte 27 de julho de 1382 (56 anos)
San Fele, Basilicata , Itália
Enterro Igreja de Santa Chiara

Joana I de Nápoles (132627 de junho 1382) foi Rainha de Nápoles e Rainha titular de Jerusalém. Joana era filha de Carlos, Duque da Calábria e herdeiro do rei Roberto I de Nápoles, e sucedeu ao seu avô em 1343.

O seu reinado foi marcado por conflitos com os papas, que resultaram no seu apoio ao Antipapa Clemente VII, aquando do início do Grande Cisma do Ocidente.

Joana foi estrangulada por Carlos Durazzo, que lhe sucedeu.

Ancestrais[editar | editar código-fonte]

Precedido por
Roberto I
Rainha de Nápoles
13431382
Sucedido por
Carlos III Durazzo
disputado com
Luís I de Anjou
Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.