José Pedro da Câmara

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

José Pedro da Câmara (Anjos, Lisboa, 30 de julho de 1721 - 1779) foi um administrador colonial português, sendo o 77.º Governador da Índia, o último nomeado por Dom José[1] .

Durante seu governo, foram extintos os tribunais da Relação e da Inquisição em Goa. Foram, também, restauradas várias vias marginais, sendo para isso instituído um imposto que deveria ter 10 anos de prazo, mas que até hoje são cobrados pelas prefeituras locais. Também foram criados celeiros públicos, para o momento de escassez. Regressou à Metrópole em 1779[1] .

Referências

  1. a b Manoel José Gabriel Saldanha. História de Goa: História política (em Português). 2.ª edição ed. [S.l.]: Asian Educational Services, 1990. 222 p. ISBN 9788120605909
Precedido por
Filipe de Valadares Sotomaior
Governador e Capitão-Geral da Índia Portuguesa
1774 - 1779
Sucedido por
Frederico Guilherme de Sousa Holstein