Manuel de Sousa Coutinho, governador da Índia

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Manuel de Sousa Coutinho
Retrato de Manuel de Sousa Coutinho. In Ásia portuguesa de Manuel de Faria e Sousa. Lisboa 1675
Governador da Índia Flag Portugal (1521).svg
Período de governo 15881591
Antecessor(a) Duarte de Meneses
Sucessor(a) Matias de Albuquerque
Vida
Nascimento 1540
Morte 1591 (51 anos)
Progenitores Mãe: D. Maria de Albuquerque
Pai: Cristóvão de Sousa Coutinho, senhor de Baião

Manuel de Sousa Coutinho (15401591) foi um militar português, o 31.º Governador da Índia. Filho de Cristóvão de Sousa Coutinho, senhor de Baião, e de D. Maria de Albuquerque, desde muito jovem combatia na Índia. Foi governador de Ceilão, defendendo a ilha dos ataques de Raju.

Foi nomeado Capitão de Malaca em 1588 e logo depois, foi nomeado governador da Índia, por ocasião da morte de Duarte de Menezes. Durante seu governo, mandou uma esquadra para defender os interesses portugueses na costa oriental africana, em especial em Mombaça, que era atacada pelo rei mouro Mir Ali Bei.

Substituído no cargo por Matias de Albuquerque, em 1591, viria a falecer com a sua mulher num naufrágio, durante a viagem de regresso ao continente.

Fontes[editar | editar código-fonte]


Precedido por
Duarte de Meneses
Governador da Índia Portuguesa
15881591
Sucedido por
Matias de Albuquerque