Just Like Heaven

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Just Like Heaven
Enquanto estiveres aí (PT)
E se fosse verdade… (BR)
 Estados Unidos
2005 • cor • 95 min 
Direção Mark Waters
Produção Walter F. Parkes
Laurie MacDonald
Roteiro Marc Levy (livro)
Peter Tolan
Leslie Dixon
Elenco Reese Witherspoon
Mark Ruffalo
Donal Logue
Jon Heder
Dina Spybey
Ivana Miličević
Ben Shenkman
Rosalind Chao
Caroline Aaron
Ron Canada
Gênero comédia romântica
Idioma inglês
Música Rolfe Kent
Distribuição DreamWorks
Lançamento Estados Unidos 16 de setembro de 2005
Portugal 1 de dezembro de 2005
Brasil 23 de dezembro de 2005
Orçamento US$ 58,000,000
Receita US$ 102,854,431 (mundial)[1]
Site oficial
Página no IMDb (em inglês)

Just Like Heaven (E se fosse verdade… no Brasil, Enquanto estiveres aí em Portugal) é um filme estadunidense do gênero comédia romântica lançado nos Estados Unidos e Canadá no dia 16 de Setembro de 2005. Filmado em San Francisco, é estrelado por Reese Witherspoon, Mark Ruffalo e Jon Heder. É baseado no livro Et si c'était vrai de Marc Levy. Bollywood lançou o filme I See You com uma história similar. Steven Spielberg adquiriu os direitos para fazer o filme do livro.[2]

Sinopse[editar | editar código-fonte]

Gtk-paste.svg Aviso: Este artigo ou se(c)ção contém revelações sobre o enredo.

Quando David (Mark Ruffalo) alugou seu fantástico apartamento em São Francisco, a última coisa que esperava, ou queria, era dividi-lo com alguém.

Ele só estava começando a arrumar sua nova casa quando uma jovem bonita e decididamente controladora, chamada Elizabeth (Reese Witherspoon), aparece de repente e insiste que o apartamento é dela.

David imagina que houve um enorme mal entendido… até Elizabeth desaparecer tão misteriosamente como surgiu.

Mudar a fechadura não detém Elizabeth, que começa a aparecer e desaparecer num passe de mágica, na maior parte do tempo para reprovar os hábitos de David dentro do apartamento dela.

Convencido de que é um fantasma, ele tenta ajudar Elizabeth a atravessar para o "outro lado". Mas apesar de Elizabeth descobrir que tem uma qualidade etérea, a de atravessar as paredes, ela também está convencida de que ainda está viva e de que não vai fazer "travessia" nenhuma.

Enquanto Elizabeth e David procuram a verdade sobre quem ela é e como ela chegou à sua condição atual, sua relação vai-se tornando em amor. Mas resta pouco tempo antes que seus planos para um futuro juntos desapareçam.

Elenco[editar | editar código-fonte]

Recepção[editar | editar código-fonte]

O filme foi ofuscado pelo outro trabalho de Reese Witherspoon e quase simultaneamente lançado Walk the Line, pelo qual ganhou um Oscar.

A atuação de Jon Heder ajudou a desmascarar uma lenda urbana que o ator tinha morrido pouco depois de filmar Napoleon Dynamite.[3]

Trilha sonora[editar | editar código-fonte]

O título deste filme é também o de uma canção popular de 1987, "Just Like Heaven", de The Cure. Cantora Katie Melua gravou uma versão cover da canção para a trilha sonora do filme. A versão de Melua é jogado sobre os títulos de abertura. A versão original de The Cure, assim como o restante da versão de Melua, são jogados nos créditos finais.

A partitura orquestral foi escrito por Rolfe Kent, e orquestrada por Tony Blondal.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Wikiquote
O Wikiquote possui citações de ou sobre: Just Like Heaven