Mathew Brady

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Mathew Brady em 1875.

Mathew B. Brady (Condado de Warren, ca. 1822Nova Iorque, 15 de janeiro de 1896) foi um dos mais celebrados fotógrafos americanos do século XIX, mais conhecido pelos seus retratos de celebridades e pela documentação da Guerra Civil Americana. É-lhe atribuído o título de pai do fotojornalismo.[1]

Primeiros anos[editar | editar código-fonte]

Brady nasceu no Condado de Warren, de pais imigrantes irlandeses, Andrew e Julia Brady. Mudou-se para Nova Iorque com 16 anos de idade. Tendo começado em 1841, a aptidão artística de Brady permitiu-lhe estudar sob a orientação do qualificado daguerreótipo Samuel Morse.[2] Em 1844 já tinha o seu próprio estúdio em Nova Iorque[3] e, em 1845, Brady começou a exibir os seus retratos de americanos famosos. Em 1849, abriu um estúdio em Washington, D.C. onde conheceu Juliet Handy, com quem casou em 1851. As primeiras imagens de Brady eram daguerreótipos, e ele venceu vários prémios pelo seu trabalho; na década de 1850 os ambrótipos tornaram-se populares, o que deu origem à impressão sobre albúmen, uma fotografia em papel produzida em grandes negativos de vidro mais comummente usados na fotografia da Guerra Civil Americana. Em 1850, Brady produziu The Gallery of Illustrious Americans, uma colecção de retratos de figuras contemporâneas proeminentes. O álbum, que incluía imagens de notáveis como um Andrew Jackson idoso no Hermitage, não era financeiramente compensador mas convidava a uma atenção crescente para o trabalho e a arte de Brady.[2] Em 1859, o fotógrafo parisiense André Adolphe Eugène Disdéri popularizou o carte-de-visite e estas pequenas imagens (do tamanho de um cartão de visita) rapidamente se tornaram uma popular novidade à medida que milhares de imagens eram criadas e vendidas nos Estados Unidos e na Europa.[carece de fontes?]

Em 1856 Brady criou o primeiro anúncio moderno ao colocar um anúncio no jornal New York Herald oferecendo-se para produzir "fotografias, ambrótipos e daguerreótipos."[4] Os seus anúncios foram os primeiros em que a família tipográfica e as fontes tipográficas eram distintas do texto da publicação e dos de outros anúncios.[5]

Referências

  1. Horan, James D. Mathew Brady: Historian With a Camera (em inglês). Nova Iorque: Random House, 1988. ISBN 0517001047
  2. a b Smith, Zoe C. (2000). Brady, Mathew B. (em inglês). American National Biography Online. Página visitada em 25 de janeiro de 2009.
  3. Fotografia do Presidente Abraham Lincoln. World Digital Library. Página visitada em 10 de fevereiro de 2013.
  4. Volo, James M.; Volo, Dorothy D.. The Antebellum Period (em inglês). [S.l.]: Greenwood Publishing Group, 2004. ISBN 0313325189
  5. Emergence of Advertising in America: Timeline (em inglês). Duke University Libraries (2008-02-13). Página visitada em 3 de outubro de 2010.


Outros projetos Wikimedia também contêm material sobre este tema:
Commons Imagens e media no Commons
Commons Categoria no Commons