Mensa

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Meseta

Mensa constellation map.png
Nome latino
Genitivo

Mensa
Mensae

Abreviatura Men
 • Coordenadas
Ascensão reta
Declinação
5,5 h
-80°
Área total 153° quadrados
 • Dados observacionais
Visibilidade
- Latitude mínima
- Latitude máxima
- Meridiano
 
-90°

Janeiro
Estrela principal
- Magn. apar.
Alfa Mensae
5,09
Outras estrelas
- Magn. apar. < 3
- Magn. apar. < 6
 
0
-
 • Constelações limítrofes
Em sentido horário:

Mensa (Men), a Meseta, é uma constelação do hemisfério celestial sul. O genitivo, usado para formar nomes de estrelas, é Mensae. O nome se originou do Monte Mesa, na Cidade do Cabo, África do Sul. Esta constelação contém parte da Grande Nuvem de Magalhães, a outra parte está em Dorado.

As constelações vizinhas, são Volans, Dorado, Hydrus, Octans e Chamaeleon.

Esta constelação, além de outras 13, foram criadas pelo astrônomo francês Nicolas Louis de Lacaille, que passou os anos de 1751-1752 catalogando as estrelas do hemisfério sul na Cidade do Cabo, que observava os céus do alto da Table Mountain, ou Monte Mesa (Mons Mensa). Em homenagem a esta montanha, Lacaille acabou por batizar uma de suas constelações com este nome, que é a única que não se refere a instrumento científico ou artístico. De referir que Mons Mensa pertence a uma cadeia de promontórios que termina, junto à costa, no famoso "Adamastor" da lenda Portuguesa ligada ao próprio Cabo da Boa Esperança, onde se situa a Cidade do Cabo.

É uma constelação com estrelas muitas fracas. A estrela mais brilhante α Mansae possui magnitude 5.

Ícone de esboço Este artigo sobre astronomia é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.