Michael Gough

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita nenhuma fonte ou referência, o que compromete sua credibilidade (desde janeiro de 2010).
Por favor, melhore este artigo providenciando fontes fiáveis e independentes, inserindo-as no corpo do texto por meio de notas de rodapé. Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoScirusBing. Veja como referenciar e citar as fontes.
Michael Gough
Nome completo Michael Gough
Nascimento 23 de novembro de 1916
Kuala Lumpur, Malásia
Nacionalidade Reino Unido britânico
Morte 17 de março de 2011 (94 anos)
Ocupação Ator
Cônjuge Anneke Wills (1962–1979)
Anne Leon (1979–1982, divorciado)
Diana Graves (1982–1983, divorciado)
Atividade 1946 - 2010
Tony Award
Melhor ator
1979 - Bedroom Farce
BAFTA
Melhor ator - TV
1957
IMDb: (inglês)

Michael Gough (Kuala Lumpur, 23 de novembro de 1916 - 17 de março de 2011[1] ) foi um ator britânico. Mais conhecido do público internacional por seu papel como Alfred Pennyworth nos primeiros quatro filmes da franquia Batman.

Vida e carreira[editar | editar código-fonte]

Filho de pais britânicos, Gough fez sua estreia no cinema em 1947 em Fury Blanche, e desde então apareceu bastante na televisão britânica. Fez muitos filmes de terror britânico nos anos 60. Uma curiosidade sobre sua participação na série Batman é que ele já tinha trabalhado com Val Kilmer 11 anos antes (1984) na comédia Top Secret Superconfidencial. Kilmer faz o papel principal e Gough faz o cientista que tem que ser resgatado pelo galã.

Trabalho como Alfred Pennyworth[editar | editar código-fonte]

Interpretou Alfred Pennyworth em Batman (1989) e Batman Returns (1992). Ele também repetiu seu papel como Alfred na adaptação para o rádio BBC de 1994 Batman: Knightfall e nos filmes Batman Forever (1995) e Batman & Robin (1997). Gough é um dos dois únicos atores a aparecerem em todos os quatro filmes da primeira franquia cinemográfica do Batman, o outro ator foi Pat Hingle que interpretou o Comissário Gordon. Trabalhou com Tim Burton novamente em 1999 com Sleepy Hollow e A Noiva Cadáver. Ele também repetiu seu papel de Alfred brevemente em 2001 em seis anúncios publicitários de televisão para o sistema de rastreamento OnStar automóvel, informando Batman de instalação do sistema no Batmóvel.

Prêmios e indicações[editar | editar código-fonte]

Ele ganhou o Tony Award em 1979 como Melhor Ator para Bedroom Farce.

Filmografia[editar | editar código-fonte]

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]