Monstro

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
NoFonti.svg
Este artigo ou se(c)ção cita fontes fiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde setembro de 2014). Por favor, adicione mais referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Material sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
São Jorge e o Dragão, de Gustave Moreau.

Monstro (do latim Monstrum) é o nome dado genericamente a um ser fantástico ou criatura lendária, de aspecto e atos aterrorizantes e extremamente vorazes.

Os monstros aparecem em quase todas as culturas, em suas mitologias, folclores e lendas, e também na ficção, em livros e filmes de terror. Nestes contextos, o monstro encarna frequentemente a figura do Mal, que é derrotada por um herói ou cavaleiro que representa o Bem e as virtudes. Também são citados "monstros nas histórias infantis e cinematográficas. Em respeito as artes cinematográficas temos os exemplos do próprio Conde Drácula, o Frankenstein e até mesmo A Múmia, entre outros.

Monstros são, em geral, manifestações primitivas do medo subconsciente ou lendas, como: Lobisomem, mula-sem-cabeça ou boitatá. Em alguns casos, lendas envolvendo monstros possuem um fundo de verdade em sua origem, por exemplo, em diversas civilizações antigas, são narradas lendas de criaturas com aspecto humano, hábito noturno, força sobrenatural, se alimentam de sangue humano e não envelhecem. entre outros aspectos destas criaturas

Monstros marinhos[editar | editar código-fonte]

Monstros marinhos eram retratados em mapas marítimos antigos para indicar perigo ou como elementos decorativos e os mais famosos são do cartógrafo Olaus Magnus[1] . Um dos exemplos destas criaturas são os Ictiocentáuros.

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre ficção é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.