Nalanda

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Searchtool.svg
Esta página ou secção foi marcada para revisão, devido a inconsistências e/ou dados de confiabilidade duvidosa. Se tem algum conhecimento sobre o tema, por favor, verifique e melhore a consistência e o rigor deste artigo. Considere utilizar {{revisão-sobre}} para associar este artigo com um WikiProjeto e colocar uma explicação mais detalhada na discussão.

Nalanda foi um centro de estudos budistas na Índia, do século V ao século XII. Localiza-se aos 25.135766° N 85.444923° E. De acordo com fontes tibetanas, Nagarjuna ensinou lá. Nalanda foi uma das primeiras universidades a aceitar alunos residentes, que lá moravam. Durante sua existência chegou a contar com mais de 10.000 estudantes e 1.500 professores. Em 1193, a Universidade de Nalanda foi saqueada por invasores muçulmanos. Quando o tradutor tibetano Chag Lotsawa visitou-a em 1235 encontrou-a em parte destruída mas ainda funcionando com um pequeno número de monges.

Nalanda etimologicamente significa "aquele que dá conhecimento".

A destruição de Nalanda assim como de templos e monastérios no norte da Índia, onde havia centros de estudos, é considerado por vários historiadores como a causa do súbito desaparecimento do antigo pensamento científico indiano na matemática, astronomia, alquimia e anatomia. Restam algumas ruínas de Nalanda, que hoje não é mais habitada. Em 1951, um moderno centro de estudos budistas Pali (Theravada) foi fundado perto de Nalanda, o Nava Nalanda Mahavihara. O Museu de Nalanda contém alguns manuscritos e vários itens achados em escavações.

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Nalanda
Ícone de esboço Este artigo sobre Geografia da Índia é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.