Província de Musashi

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Mapa das províncias japonesas (1868) com a província de Musashi em destaque

Musashi (武蔵国, Musashi no kuni?) foi uma antiga província do Japão, que hoje compreende a prefeitura de Tóquio, a maior parte da prefeitura de Saitama e parte de Kanagawa, principalmente Kawasaki e Yokohama. Musashi fazia fronteira com as províncias de Kai, Kōzuke, Sagami, Shimōsa e Shimotsuke.

Musashi era a maior província na Região de Kantō. Tinha sua capital na moderna Fuchū e seu templo provincial na contemporânea Kokubunji. No Período Sengoku, a cidade principal era Edo, que se tornou a cidade dominante do leste do Japão. O Castelo de Edo foi o quartel-general de Tokugawa Ieyasu[1] antes da Batalha de Sekigahara e Edo se tornou a principal cidade do Japão no Período Edo, sendo renomeada para Tóquio durante a Restauração Meiji.

Deu seu nome ao navio da Segunda Guerra Mundial Musashi.

Veja também Miyamoto Musashi, cidade de Musashino, Terraço de Musashino.

Cronologia de eventos importantes em Musashi[editar | editar código-fonte]

  • Keiun 4, no 15º dia do 6º mês (707): A Imperatriz Genmei é empossada aos 48 anos.[2]
  • Keiun 4 (707): Foi encontrado cobre na província de Musashi, na região atual de Tóquio.[3]
  • Keiun 5 (708):, O nome da era deveria ser alterado para marcar a ascensão da Imperatriz Genmei; mas a escolha de Wadō como o novo nengō para o reino foi uma forma de se referir à descoberta de cobre no Distrito de Chichibu na atual prefeitura de Saitama.[4] A palavra japonesa para cobre é (銅); e como era cobre nativo, "wa" (um antigo termo chinês para Japão) poderia ser combinado com "dō" (cobre) para criar um novo termo composto -- "wadō" -- significando "cobre japonês."
  • Wadō 1, no 11º dia do 4º mês (708): Uma amostra do recém-descoberto cobre de Musashi foi apresentada na corte de Genmei, que formalmente reconheceu o cobre japonês.[4] A era Wadō é famosa pela primeira moeda japonesa (和同開珎, wadokaiho/wadokaichin).

Notas[editar | editar código-fonte]

  1. Mapa do distrito de Bushū Toshima, Edo World Digital Library. Visitado em 6 May 2013.
  2. Brown, Delmer. (1979). Gukanshō, p. 271.
  3. Titsingh, Isaac. (1834). Nipon o daï itsi ran, p. 63.
  4. a b Titsingh, p. 63.

Leitura complementar[editar | editar código-fonte]