Hokkaido

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa


Question book.svg
Este artigo não cita fontes confiáveis e independentes. (desde Janeiro de 2013). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Província de Hokkaido
(北海道)
Mapa
Mapa do Japão com Hokkaido destacado
Informação
Capital Sapporo
Região Hokkaido
Ilha Hokkaido
Área 83 452,47 km² (1.º)
 - % água 6,4%
População (1 de Outubro de 2010)
 - Total 5 507 746 (7.º)
 - Densidade populacional 68 hab/km²
Distritos 66
Municípios 212
ISO 3166-2 JP-01
Website http://www.pref.hokkaido.jp/index-e.html
Símbolos
Flor Rosa rugosa
Árvore Ezomatsu
(Picea jezoensis)
Ave Grou-do-Japão
(Grus japonensis)

Hokkaido ou Hocaido[1] (北海道, Hokkaidō?) é a segunda maior ilha do arquipélago japonês e é uma prefeitura do Japão. Suas principais cidades são Sapporo (capital), Obihiro, Otaru, Asahikawa, Kitami e Kushiro. Hokkaido é banhada ao norte e a leste pelo mar de Okhotsk, ao sul pelo oceano Pacífico e a oeste pelo mar do Japão.

História[editar | editar código-fonte]

Bandeira oficial da Prefeitura de Hokkaido.

Hokkaido é a terra natal da etnia aino desde tempos imemoriais.

Os nomes de muitos lugares, como Sapporo, são derivados da língua aino. Hokkaido era conhecida como Ezo até a Restauração Meiji. Pouco depois da Guerra Boshin de 1868, um grupo de fiéis ao xogunato Tokugawa, liderados por Enomoto Takeaki proclamam a independência da ilha com o nome de República de Ezo, mas a rebelião é sufocada em maio de 1869.

Por alguns anos a seguir à Restauração Meiji, Hokkaido ficou dividida em 4 províncias. Antes da Restauração Meiji, em 1868, Hokkaido era conhecido por Ezochi (Terra de Ezo) e foi principalmente povoado pelos ainos, um povo do Cáucaso completamente diferente dos habitantes do resto do Japão. Pensa-se que na época pré-moderna, os ainos habitaram não só Hokkaido, mas também o nordeste do Honshu, o sudoeste de Sacalina e as ilhas Curilas. Viviam da caça ao veado, da pesca do salmão e da caca à foca. Não sendo mais de 20 000 pessoas, têm vindo a ser assimilados pelo resto da população. Foram preservados alguns costumes dos ainos, tais como os festivais e a cerâmica, mas essencialmente, como foco turístico.

Com a Restauração Meiji, o novo governo criou um departamento para o desenvolvimento de Hokkaido, com o fim de povoar a região e não facilitar a expansão para o sul pela Rússia. Hokkaido foi desenvolvida pelos pioneiros japoneses de Honshu sob grande influência ocidental.

A Universidade de Hokkaido, originalmente Colégio Agrícola de Sapporo, foi criada pelo cientista, missionário e educador americano William S. Clark (1826-1886), presidente do Colégio Agrícola de Massachusetts. O Gabinete de Desenvolvimento de Hokkaido convidou outros especialistas estrangeiros, tais como o agrônomo Horace Capron (1804-85). Desde muito cedo, se seguiram os métodos ocidentais de cultivo de cereais e da criação de gado leiteiro; também se cultivam o trigo, feijão, batata, aveia e beterraba. O arroz também era cultivado em grande escala. Cerca de 90% das pastagens do Japão encontram-se em Hokkaido, bem como a maior parte da produção de produtos lácteos.

A questão das fronteiras do norte do Japão foi pela primeira vez levantada ainda durante o xogunato de Edo. Um tratado de amizade entre a Rússia e o Japão em 1855 estipulou que as ilhas Curilas, ao norte, incluindo a ilha de Urup, passariam a fazer parte do território russo e as do sul, incluindo Etorofu, pertenceriam ao Japão. Pessoas de ambas as nacionalidades foram autorizadas a estabelecer-se em Sacalina (Karafuto), mas depois da Restauração Meiji o Japão optou por sair dessa ilha e dedicar-se ao desenvolvimento de Hokkaido.

Em 1875, um tratado regularizou as formalidades, dando Sacalina à Rússia e todas as ilhas Curilas ao Japão, bem como o direito de pescar nas águas do norte. No entanto, após a Segunda Guerra Mundial, a Rússia ocupou Etorofu, Kunashiri, Shikotan e as ilhas de Habomai e ainda hoje se mantém nesses territórios, apesar dos vários protestos dos japoneses, que reclaman a posse das ilhas, bem como o direito de pescar nessas águas. Esta disputa é a única questão que ainda se mantém desde a Segunda Guerra Mundial.

Origem do Nome[editar | editar código-fonte]

O Nome Hokkaido (北海道) significa literalmente: "Caminho do mar ao norte", e vem da província de Hokkaido, com a capital "Sapporo".

Geografia[editar | editar código-fonte]

A província de Hokkaido incorpora várias ilhas de pequena dimensão, incluindo as ilhas de Rishiri, Okushiri e Rebun. (Do ponto de vista japonês, a província inclui ainda várias das ilhas Curilas.) O estatuto de província de Hokkaido se denota a partir do do; no seu nome, é raramente referida como "província de Hokkaido", por ser uma redundância, exceto quando é necessário distinguir a província da ilha.

A cidade em negrito é a capital da ilha, que está dividida em quatro partes:

Sounkyo, desfiladeiro na área vulcânica de Daisetsu-zan

Há ainda muitas florestas protegidas em Hokkaido;, includindo:

Hokkaido é a fronteira nordeste do Japão. Dominado pela cadeia montanhosa de Daisetsu e o parque nacional, Hokkaido é uma ilha de florestas, rios, rochas escarpadas e pastagens, cujo ponto mais elevado é o monte Asahi, um vulcão cuja última erupção foi no século XVIII. Situada mais ou menos à mesma latitude do sudeste da França, Hokkaido é banhado ao norte e a leste pelo mar de Okhotsk, pelo mar do Japão a oeste e pelo oceano Pacífico ao sul. Tem uma área de 83517 km2, um pouco menor que a Irlanda. A densidade populacional é de 71 hab./km2, menos de um quinto da de Honshu. Devido à sua situação no nordeste e ao fato de as costas serem banhadas pelas correntes frias do mar de Okhotsk, o clima é bastante diferente do de Honshu, com temperaturas mais baixas, baixa pluviosidade, sem estação das chuvas, alguns tufões e a estação mais longa com apenas 120 ou 140 dias. Hokkaido não fazia parte da área de exploração de arroz do Japão pré-moderno, mas o plantio de uma nova variedade levou à produção de uma grande quantidade de arroz para subsistência, laticínios, batatas e outros cereais, assim como de peixe. A principal cidade e centro de desenvolvimento de Hokkaido é a moderna cidade de Sapporo.

Um sismo de magnitude 8,0 ocorreu perto da ilha a 25 de setembro de 2003 às 19:50:07 (UTC).

Subprovíncias[editar | editar código-fonte]

Mapa de Hokkaido
Parque Odori, em Sapporo

Hokkaido é a única província japonesa que está dividida em subprovíncias. Isso deve-se, principalmente ao seu tamanho. Muitas partes da província estão, simplesmente, bastante afastadas para serem devidamente administradas por Sapporo. Os gabinetes das subprovíncias têm muitas das competências atribuídas aos gabinetes administrativos das outras províncias do Japão.

Ver também: Lista de cidades em Hokkaido

Clima[editar | editar código-fonte]

Hokkaido é conhecida pelos seus verões frescos (que atraem muitos turistas de outras partes do Japão) e invernos gelados. A temperatura média em agosto é de cerca de 22 °C (72 °F), enquanto que a de janeiro varia entre -12 °C a -4 °C (10 °F to 25 °F), dependendo da altitude e da latitude. As ilhas tendem a ficar isoladas devido a tempestades de neve que criam bancos de gelo que permanecem durante bastante tempo, em contraste com os constantes nevões da região de Hokuriku.

Durante o inverno o mar de Okhotsk fica gelado, tornando a costa setentrional imprópria para a navegação, o que leva à suspensão da lucrativa exploração pesqueira até que chegue o degelo.

Principais cidades[editar | editar código-fonte]

A maior cidade de Hokkaido é a sua capital, Sapporo. A segunda maior cidade é Asahikawa, seguida por Hakodate; outras cidades de destaque são Obihiro, nemuro, kushiro e Abashiri. A província de Hokkaido possui um total de 180 municipalidades, sendo 35 consideradas cidades "shi", 130 cidades-menores "cho" e 15 vilarejos "mura". Várias destas cidades se tornaram famosas pela qualidade de sua produção local ou características geográficas. Wakkanai é a cidade mais setentrional do Japão e o ponto mais próximo da vizinha Rússia, Furano é a cidade das flores no verão e o local mais frio de Hokkaido no inverno, Otaru é famoso por seu "sushi", Yubari pela qualidade de seus melões.

Economia[editar | editar código-fonte]

Hokkaido tem a maior área do Japão dedicada à agricultura. É a província que lidera na produção de arroz e captura de peixe, tendo também um lugar de destaque na produção de vegetais hortícolas.

Ainda que exista alguma atividade industrial (produção de pasta de papel, fermentação de cerveja — a cerveja Sapporo — e indústria alimentar), a maior parte da população está empregada no sector de serviços. A indústria do turismo tem um papel de relevo ao atrair, principalmente, campistas de todo o Japão. No inverno, os desportos de inverno, como o esqui são a principal atração turística de Hokkaido; (os Jogos Olímpicos de Inverno de 1972 foram realizados em Sapporo).

Transportes[editar | editar código-fonte]

A única via de comunicação terrestre entre Hokkaido; e o resto do Japão é através do Túnel Seikan. A maioria dos viajantes chega de avião: o aeroporto principal é o Aeroporto de Shin-Chitose, em Chitose, logo a sul de Sapporo. Tóquio - Chitose é a mais concorrida das rotas aéreas do mundo, suportando 45 viagens de ida e volta, em três companhias de aviação, por dia. Uma destas companhias, a Air Do foi buscar o seu nome a Hokkaido. Pode-se aceder, ainda, a Hokkaido através de ferry-boat, a partir de Sendai, Niigata, entre outras cidades.

No território de Hokkaido existe ainda uma rede ferroviária de qualidade (ver Companhia ferroviária de Hokkaido), ainda que só seja possível chegar a algumas cidades de autocarro (bus) ou automóvel.

Referências

  1. LEONARD, J. N. Japão Antigo. Tradução de Thomas Scott Newlands Neto. Rio de Janeiro. Livraria José Olympio Editora. 1979. p. 8,9.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Commons
O Commons possui imagens e outras mídias sobre Hokkaido
Província de Hokkaidō
Subprovíncias
Abashiri | Hidaka | Hiyama | Iburi | Ishikari | Kamikawa | Kushiro | Nemuro | Oshima | Rumoi | Shiribeshi | Sorachi | Sōya | Tokachi
Cidades
Abashiri | Akabira | Asahikawa | Ashibetsu | Bibai | Chitose | Date | Ebetsu | Eniwa | Fukagawa | Furano | Hakodate | Hokuto | Ishikari | Iwamizawa | Kitahiroshima | Kitami | Kushiro | Mikasa | Monbetsu | Muroran | Nayoro | Nemuro | Noboribetsu | Obihiro | Otaru | Rumoi | Sapporo (Capital) | Shibetsu | Sunagawa | Takikawa | Tomakomai | Utashinai | Wakkanai | Yubari