Miyagi

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Província de Miyagi
(宮城県)
Mapa
Mapa do Japão com Miyagi destacado
Informação
Capital Sendai
Região Tohoku
Ilha Honshu
Área 7 285,16 km² (17.º)
 - % água 0,3%
População (1 de Outubro de 2002)
 - Total 2 370 280 (15.º)
 - Densidade populacional 325 hab/km²
Distritos 15
Municípios 71
ISO 3166-2 JP-04
Website Homepage oficial da Província de Miyagi
Símbolos
Flor Lespedeza de Miyagi
(Lespedeza thunbergii)
Árvore Olmo cinzento
( Zelkova serrata)
Ave ganso
Mapa da província de Miyagi

Miyagi (宮城県, Miyagi-ken?) é uma província do Japão localizada na região de Tohoku, ilha de Honshu. A sua capital é Sendai.

História[editar | editar código-fonte]

A província de Miyagi era antigamente parte da província de Mutsu.[1] A província de Mutsu, no norte de Honshu, foi uma das últimas províncias a serem criadas visto que foi necessário tomar as terras dos indígenas Emishi. A antiga capital situava-se onde hoje localiza-se a província de Miyagi.

No terceiro mês do segundo ano da era Wado (709), houve uma revolta contra as autoridades governamentais na província de Mutsu e perto da província de Echigo. Tropas foram imediatamente mandadas para conter a revolta.[2]

No ano 5 da era Wado (712), o território da província de Mutsu era administrativamente independente da província de Dewa. O Daijō-kan da Imperatriz Gemmei continuou a organizar outras mudanças cadastrais no mapa das províncias do Período Nara, bem como no ano seguinte, quando a província de Mimasaka foi dividida da província de Bizen; a província de Hyuga foi separada da província de Osumi; e a província de Tamba foi separada da província de Tango.[2]

Durante o período Sengoku vários clãs dominaram diferentes partes da província. O clã Uesugi construiu uma cidade fortificada em Aizuwakamatsu no sul, o clã Nambu em Morioka no norte, e Date Masamune, um aliado próximo do clã Tokugawa, se estabeleceu em Sendai, que hoje é a maior cidade de Tohoku.

No Período Meiji, quatro novas províncias foram criadas a partir de Mutsu: Província de Rikuchu, província de Rikuzen, província de Iwaki e província de Iwashiro.

A região onde hoje se encontra a província de Aomori continuou a ser parte de Mutsu até a abolição do sistema han e a conversão nacional para a moderna estrutura política do Japão.

Date Masamune construiu um castelo em Sendai visando o seu domínio sobre Mutsu. Em 1871, a província de Sendai foi criada. Foi renomeada para Miyagi no ano seguinte.

Terremoto e Tsunami de Tohoku em 2011[editar | editar código-fonte]

Em 11 de março de 2011, um terremoto de 9.0 na escala Richter, seguido de um grande tsunami, atingiu a província de Miyagi, causando grandes danos à região.[3] Estima-se que o tsunami atingiu cerca de 10 metros de altura.[4]

Geografia[editar | editar código-fonte]

A província de Miyagi localiza-se na região central de Tohoku, banhada pelo Oceano Pacífico, e abriga a maior cidade de Tohoku, Sendai. Há grandes montanhas no oeste e ao longo da costa ao norte, mas a planície central ao redor de Sendai é grande.

Matsushima é conhecida como uma das três melhores paisagens do Japão, com uma baía cheia de 260 pequenas ilhas cobertas de bosques de pinheiros.

A Península de Oshika projeta-se a partir da costa norte da província.

Cidades[editar | editar código-fonte]

Em negrito, a capital da prefeitura.

Distritos[editar | editar código-fonte]

Economia[editar | editar código-fonte]

Ilhas de Matsushima

Apesar de Miyagi ter uma economia com grande participação de pescados e produtos agrícolas, produzindo grandes quantidades de arroz e gado, ela é dominada pelas indústrias maufatureiras em volta de Sendai, principalmente eletrônicos, eletrodomésticos e alimentos processados.

Em março de 2011, a província produziu 4,7% do arroz e 23% das ostras consumidas no Japão.[5]

Em julho de 2011, o governo japonês decidiu banir o comércio de todo o gado de corte do nordeste da província de Miyagi devido à ameaça de contaminação radioativa.[6]

Turismo[editar | editar código-fonte]

Sendai era a cidade-castelo do daimyo Date Masamune. As ruínas do castelo Aoba ainda se mantêm no monte que eleva sobre a cidade. Lá também vive Yamazaki Takashi, personagem de um shonen mangá de autoria de Calvette.

A província de Miyagi é também reconhecida pelas suas paisagens, de onde se destaca a visão das ilhas Matsushima, cobertas de pinheiros, que se espalham como manchas sobre a costa desta província.

Também existem as seguintes atrações:

Festivais e eventos típicos[editar | editar código-fonte]

Um evento de dança no Festival de Aoba
Festival Aoba de Sendai
  • Exibição de Shiroishi Kokeshi, 3 e 5 de maio
  • Festival Aoba de dança estilo Suzume, em maio
  • Festival do Porto de Shiogama, em julho
  • Festival do Tanabata de Sendai, 6 a 8 de agosto
  • Festival Narugo Kokeshi, em setembro


Referências

  1. Nussbaum, "Provinces and prefectures" em "Japan Encyclopedia", p. 780 (em inglês).
  2. a b Titsingh, Isaac. (1834). Annales des empereurs du japon, p. 64] (em francês).
  3. Análise do USGS de 13-03-2011 Earthquake.usgs.gov. Visitado em 13-03-2011.
  4. Devastating Tsunami Strikes Northeastern Japan (em inglês)
  5. Schreiber, Mark, "Japan's food crisis goes beyond recent panic buying", Japan Times, 17 de abril de 2011, p. 9 (em inglês).
  6. Japan suspends shipment of Miyagi beef over contamination (em inglês)

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Commons
O Commons possui imagens e outras mídias sobre Miyagi
Província de Miyagi
Cidades
Furukawa | Higashimatsushima | Ishinomaki | Iwanuma | Kakuda | Kesennuma | Kurihara | Natori | Osaki | Sendai | Shiogama | Shiroishi | Tagajo | Tome
Distritos
Igu | Kami | Katta | Kurihara | Kurokawa | Miyagi | Monou | Motoyoshi | Oshika | Shibata | Shida | Tamatsukuri | Toda | Watari


Flag of Japan.svg   Este artigo é um esboço sobre Geografia da província de Miyagi. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.