Província de Shinano

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Mapa das províncias japonesas (1868) com a província de Shinano em destaque

Shinano (信濃国, Shinano no kuni?) foi uma antiga província do Japão equivalente à atual prefeitura de Nagano. Sua abreviação é Shinshū (信州).

Shinano fazia fronteira com as províncias de Echigo, Etchū, Hida, Kai, Kōzuke, Mikawa, Mino, Musashi, Suruga e Tōtōmi. A antiga capital se situava próxima à atual Matsumoto, que se tornou uma importante cidade da província.

Na Segunda Guerra Mundial, o porta-aviões japonês Shinano recebeu seu nome a partir da antiga província.

Recorte histórico[editar | editar código-fonte]

Em 713, a estrada que cortava as províncias de Shinano e Mino foi alargada para acomodar um maior número de viajantes através do Distrito de Kiso da contemporânea prefeitura de Nagano.[1]

No Período Sengoku, a província de Shinano foi frequentemente dividida em vários feudos e castelos, incluindo Komoro, Ina e Ueda. Shinano foi um dos maiores centros de poder de Takeda Shingen durante suas guerras contra Uesugi Kenshin e outros.

Em 1871, durante o Período Meiji, com a abolição do sistema han e o estabelecimento de prefeituras (Haihan Chiken) após a Restauração Meiji, a província de Shinano foi administrativamente separada em 1871 entre as prefeituras de Nagano e Chikuma. As duas unidades territoriais foram reunidas em 1876, tornando-se a moderna prefeitura de Nagano, que permanece substancialmente inalterada desde esse tempo.

Distritos antigos[editar | editar código-fonte]

A província de Shinano continha os seguintes distritos:

Notas[editar | editar código-fonte]

  1. Titsingh, p. 64.

Referências[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre Geografia do Japão é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.