Província de Tanba

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Mapa das províncias japonesas (1868) com a província de Tanba em destaque

Tanba (丹波国, Tanba no kuni?) foi uma antiga província do Japão.[1] Atualmente equivale à parte central da prefeitura de Kyoto e ao centro-leste da prefeitura de Hyōgo. Tanba fazia fronteira com as províncias de Harima, Ōmi, Settsu, Tajima, Tango, Wakasa, e Yamashiro.

A antiga capital estaria nos arredores da atual Kameoka.

Recorte histórico[editar | editar código-fonte]

No 3º mês do 6º ano da era Wadō (713), a Província de Tango (丹後国) foi administrativamente separada de Tanba. No mesmo ano, o Daijō-kan da Imperatriz Genmei continuou a organizar outras mudanças cadastrais no mapa provincial do Período Nara.

Em Wadō 6, a Província de Mimasaka (美作国) foi separada da província de Bizen (備前国); e Hyūga (日向国) foi separada de Osumi (大隈国).[2] Em Wadō 5 (712), Mutsu (陸奥国) foi separada de Dewa (出羽国).[2]

Depois de ser governada por uma sucessão de daimyos menores, a região foi conquistada por Oda Nobunaga no Período Sengoku. Ele entregou a província a um de seus generais, Akechi Mitsuhide, que se tornaria a figura central do assassinato de Nobunaga em 1582.

Notas[editar | editar código-fonte]

  1. O nome da província também costuma ser romanizado como ‘’Província de Tamba’’.
  2. a b Titsingh, p. 64.

Referências[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Província de Tanba
Ícone de esboço Este artigo sobre Geografia do Japão é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.