Ramzi Yousef

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita nenhuma fonte ou referência, o que compromete sua credibilidade (desde dezembro de 2009).
Por favor, melhore este artigo providenciando fontes fiáveis e independentes, inserindo-as no corpo do texto por meio de notas de rodapé. Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoYahoo!Bing. Veja como referenciar e citar as fontes.
Ramzi Yousef
Nascimento 20 de maio de 1967
Ramzi Yousef

Ramzi Ahmed Yousef (20 de Maio de 1967) é um terrorista paquistanês.

Participou de vários atentados terroristas, sendo sua principal contribuição para a tragédia do 11 de setembro, atuando como produtor de bombas químicas (a reação) para a Al-Qaeda e fornecedor nas Filipinas, onde tinha um apartamento na capital das Ilhas (Manilla), onde estudava química com seu amigo de infância e escondia suas bombas.

Em 1994 plantou uma bomba embaixo de um assento, que por sorte, não se localizava exatamente em cima dos tanques de combustível do Boeing 747 da Phillipine Airlines, devido à configuração dos assentos da aeronave. Quatro horas depois de ter deixado a bomba sobre o assento 26K, onde se sentava um engenheiro japonês, vindo de sua primeira viagem internacional.

A bomba explode em direção vertical, matando o passageiro e danificando os sistemas de direção (ailerons) do avião.

Por experiência do piloto, o voo 434 consegue pousar na ilha de Naka, no Pacífico sul.

O terrorista islâmico desaparece.

Youssef pôs uma carga de dinamite em 1993, no subsolo G6 da torre 1, sendo primeiro ataque nas torres gêmeas de Nova Iorque, o World Trade Center. Hoje ele se encontra preso em segurança máxima no estado do Colorado, nos Estados Unidos.