Ryūkyū

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Ambox rewrite.svg
Esta página precisa ser reciclada de acordo com o livro de estilo (desde Dezembro de 2008).
Sinta-se livre para editá-la para que esta possa atingir um nível de qualidade superior.
East China Sea Map.jpg
Location of the Ryukyu Islands.JPG

As Ilhas Ryūkyū ou Ilhas Luchu (南西諸島 Nansei-shotō ou 琉球列島 Ryūkyū-rettō) são um grupo de ilhas ao sul de Kyushu e de Taiwan. A parte norte é conhecida como Satsunan Shotō e pertence à província de Kagoshima, enquanto a metade sul é conhecida como Ryūkyū Shotō, pertencendo a Okinawa (que é a maior ilha do arquipélago das Ryūkyū), ambas no Japão. O arquipélago tem uma família de línguas própria, as línguas ryukyuanas, de que faz parte a língua okinawana.

Existiu um Reino de Ryūkyū independente (conhecido no ocidente como Reino de Léquias, em antigos relatos portugueses do século XVI), ocupando a maior parte do grupo de ilhas, desde a ilha Yonaguni, a sudoeste, até Amami Oshima, ao norte. No século XVII, obteve status tributário do imperador chinês (o qual teoricamente deveria ir em seu socorro, se isto fosse necessário). Em 1609, uma expedição que partiu de Satsuma, em Kyushu, capturou o reino. Depois disso, os reis de Ryūkyū passaram a prestar tributo também ao imperador japonês.

Em 1879, o governo Meiji do Japão anunciou a anexação das ilhas. A China se opôs, e o ex-presidente dos Estados Unidos, Ulysses S. Grant foi chamado para intermediar. Ele decidiu favoravelmente ao Japão.

Depois da Segunda Guerra Mundial o arquipélago foi administrado pelos Estados Unidos. As ilhas do grupo Amami foram devolvidas ao Japão em 1953 e fazem parte da província de Kagoshima. O resto do arquipélago, à excepção de Okinawa foi entregue em 1967. Okinawa voltou à soberania japonesa em 1972.

Hoje em dia, há uma questão que envolve a população das ilhas: alguns de seus habitantes (e alguns japoneses também) consideram que os primeiros não são "japoneses de fato". Alguns habitantes das ilhas dizem ser discriminados pelo governo central japonês, por este permitir que tantos soldados norte-americanos permaneçam estacionados em Okinawa, em quantidade até maior do que em todo o resto do Japão.

Vários cantores populares japoneses e grupos musicais são oriundos das Ryūkyū. Isto inclui (dentre outros), a banda Stereopony e a cantora Amuro Namie e o grupo Da Pump.

Ver também[editar | editar código-fonte]


Ícone de esboço Este artigo sobre Geografia do Japão é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.