SBD Dauntless

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
SBD Dauntless
Dauntless liberando uma bomba, com os flaps de mergulho bastante evidentes
Descrição
Fabricante Douglas Aircraft Company
Primeiro voo maio de 1940
Entrada em serviço 1940
Missão Caça-Bombardeiro de Mergulho
Tripulação 2
Dimensões
Comprimento 10,09 m
Envergadura 12,66 m
Altura 4,14 m
Área (asas) 30,19 m²
Peso
Tara 2.905 kg
Peso total 4.205 kg
Peso bruto máximo 4.283 kg
Propulsão
Motores 1x motor radial Wright R-1820-60
Força (por motor) 1.200 kN
Performance
Velocidade máxima 410 km/h
Alcance bélico 1.795 km
Teto máximo 11 750 m
Armamento
Metralhadoras 2x Browning 12,7mm fixas para frente, e uma móvel na retaguarda
Notas
carga de bombas 1.000 kg

O Douglas SBD Dauntless foi um caça-bombardeiro naval e bombardeiro de mergulho fabricado pela Douglas Aircraft de 1940 até 1944. O SBD ("Scout Bomber Douglas") foi principal caça de escolta e bombardeiro de mergulho embarcado em porta-aviões da Marinha dos EUA durante o período da Segunda Guerra Mundial entre 1940 e 1944. Ele também foi operado pelos Fuzileiros Navais dos EUA, tanto a partir de bases terrestres como de porta-aviões. Seu primeiro uso em combate significativo foi durante a Batalha do Mar de Coral, mas o SBD Dauntless é famoso por ter sido o caça-bombardeiro que desferiu os golpes fatais contra os porta-aviões japoneses durante a Batalha de Midway, em junho de 1942. A aeronave foi uma das mais importantes na Frente do Pacífico na Segunda Guerra, afundando mais embarcações inimigas nesse teatro do que qualquer outro bombardeiro aliado[1] .

Durante a época em que serviu em combate, o SBD foi um excelente caça de escolta e possivelmente o melhor bombardeiro de mergulho do mundo. O modelo possuía longo alcance, boa manobrabilidade, potente carga bélica, excelente desempenho em mergulho, armamento defensivo e resistência a danos[2] . O Dauntless era superior em muitas dessas características a seus equivalentes Junkers Ju 87 Stuka e o japonês Aichi D3A "Val". O modelo teve uma versão sem gancho de cauda, que foi operada pela Força Aérea sob a designação A-24 Banshee.

Ver também[editar | editar código-fonte]


Referências

  1. Tillman, Barrett The Dauntless Dive Bomber of World War Two. Annapolis, Maryland: Naval Institute Press, 1976. ISBN 1-59114-867-7
  2. http://www.au.af.mil/au/goe/eagle_bios/2004/vejtasa_2004.asp


Ícone de esboço Este artigo sobre aviação, integrado ao Projeto Aviação, é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.