Scream 3

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita nenhuma fonte ou referência, o que compromete sua credibilidade (desde outubro de 2010).
Por favor, melhore este artigo providenciando fontes fiáveis e independentes, inserindo-as no corpo do texto por meio de notas de rodapé. Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoScirusBing. Veja como referenciar e citar as fontes.
Scream 3
Gritos 3 (PT)
Pânico 3 (BR)
 Estados Unidos
2000 • cor • 116 min 
Direção Wes Craven
Produção Cathy Konrad
Kevin Williamson
Marianne Maddalena
Roteiro Ehren Kruger
Elenco David Arquette
Neve Campbell
Courteney Cox Arquette
Parker Posey
Heather Matarazzo
Patrick Dempsey
Scott Foley
Jenny McCarthy
Emily Mortimer
Gênero Terror
Idioma Inglês
Orçamento US$ 40.000.000 (est.)
Receita US$ 161.843.175
Cronologia
Último
Último
Scream 2
(1997)
Scream 4
(2011)
Próximo
Próximo
Página no IMDb (em inglês)

Scream 3 (Pânico 3 no Brasil e Gritos 3 em Portugal) é um filme norte-americano do gênero terror do ano de 2000, é a terceira parte da bem-sucedida franquia cinematográfica Scream, lançada em 1996. Foi dirigido por Wes Craven (diretor de todos os filmes da série) e estrelado por David Arquette, Neve Campbell, Courteney Cox Arquette, Patrick Dempsey e Parker Posey.

Scream 3 é a única parte da franquia que não foi escrita pelo roteirista Kevin Williamson, porque ele estava então ocupado trabalhando com a curta série de televisão Wasteland. Porém, especulam-se mais dois motivos: bloqueio criativo ou retirada do projeto. O newbie Ehren Kruger, que mais tarde escreveu roteiros bem-sucedidos para The Ring e The Ring 2, acabou então escrevendo o roteiro de Scream 3 com base em observações deixadas por Williamson.

Sinopse[editar | editar código-fonte]

Em Hollywood, Los Angeles, a continuação dos filmes "A Punhalada", está sendo gravada. "Stab - Return To Woodsboro" está sendo gravado por atores e atrizes importantes do cinema. Mas algo começa a dar errado, quando surge um assassino e começa a matar os atores, na mesma sequência que eles morrem no filme, e ainda por cima, deixa a foto de Maureen Prescott, mãe de Sidney Prescott, quando era mais jovem, sobre os corpos das vítimas.

Sidney, após ter perdido seu amigo Randy, a amiga Hallie e o namorado Derek no massacre que houve no Windsor College três anos antes, está traumatizada, e vivendo em uma casa de campo, no interior da Califórnia. O assassino agora liga para ela, e a obriga sair de seu esconderijo, para que vá até Hollywood acertar as contas com ele, pois se ela não for, mais celebridades continuarão morrendo, inclusive seus únicos amigos que restaram, Gale e Dewey. Sidney se vê obrigada a ir para Los Angeles enfrentar seu passado, e descobrir muitas coisas sobre sua mãe.

As regras[editar | editar código-fonte]

Em Scream 3, Sidney, Dewey, Gale e Martha assistem a um vídeo feito por Randy (Jamie Kennedy, em participação especial) antes de sua morte, no filme anterior; ele afirma que eles não estão lidando apenas com uma sequência, e sim um capítulo final de uma trilogia, então, tudo pode acontecer.

As regras para o último capítulo de uma conclusão da trilogia são diferentes:

  • "Você tem um assassino que vai ser super-homem. Esfaqueamento nele não vai funcionar, tiro nele não vai funcionar. Basicamente, você precisa decapitar e congelar sua cabeça ou explodi-lo."
  • "Qualquer pessoa, incluindo o personagem principal, pode morrer."
  • "O passado voltará a morder-lhe o rabo. O que você acha que sabe sobre ele, esqueça: o passado não está em repouso. Qualquer pecado que você tenha cometido no passado está prestes a quebrar-se e te destruir."
  • Embora, nos primeiros rascunhos, houve uma quarta regra: "'Nunca serei o único".

Elenco[editar | editar código-fonte]

Bilheteria[editar | editar código-fonte]

O filme estabeleceu um recorde na sua abertura para o fim-de-semana. O número de telas nos Estados Unidos: 3 467. Este foi mais tarde superada por Missão Impossível 2 com 3 669.

O filme também teve uma grande arrecadação em seu final de semana de abertura com 34.713.342 de dólares. Até julho de 2000 o filme arrecadou US$ 89.143.175 nos EUA e 72.691.101 em outros países para um total mundial de 161.834.276 de dólares.

Trilha sonora[editar | editar código-fonte]

Scream 3
Trilha sonora
Lançamento Estados Unidos 25 de Janeiro de 2000
Gênero(s) Nu metal, metal alternativo , rock alternativo
Idioma(s) Inglês
Formato(s) CD
Fita cassete
Gravadora(s) Wind-Up Records

A trilha sonora do filme foi lançada em Janeiro de 2000 pela gravadora Wind-Up com produção executiva de Creed.

Faixas[editar | editar código-fonte]

  1. What If - Creed
  2. Wait and Bleed - Slipknot
  3. Suffocate - Finger Eleven
  4. Spiders - System of a Down
  5. Automatic - American Pearl
  6. Fall - Sevendust
  7. Time Bomb - Godsmack
  8. Tyler's Song - Coal Chamber
  9. So Real - Static-X
  10. Crowded Elevator - Incubus
  11. Debonaire - Dope
  12. Sunburn - Fuel
  13. Get On, Get Off - Powerman 5000
  14. Wanna Be Martyr - Full Devil Jacket
  15. Dissention - Orgy
  16. Crawl - Staind
  17. Click Click - Ear2000
  18. Is This The End - Creed

Curiosidades[editar | editar código-fonte]

Broom icon.svg
Seções de curiosidades são desencorajadas pelas políticas da Wikipédia.
Ajude a melhorar este artigo, integrando ao corpo do texto os itens relevantes e removendo os supérfluos ou impróprios.
  • Jenny McCarthy, que fez a personagem Sarah, reclamou que Candy pouco apareceu e é morta depois de duas cenas somente. É exatamente o que acontece a Sarah também.
  • Pelas regras de Randy, Gale, Dewey e Sidney acreditam que todos podem morrer, ou seja, ninguém sobrevive ou só sobrevive um dos três: Sidney, Gale ou Dewey.
  • O filme teve várias participações especiais e a cena final, que se passa em uma mansão gigantesca, foi gravada em uma das mansões mal assombradas mais famosas de Los Angeles.
  • Ehren Kruger teve dificuldades de fazer as regras, pois Randy estava morto, e veio a ideia de Martha levar o video que ele gravou antes de morrer no segundo filme.
  • Três finais foram gravados, dois deles estão disponíveis, a versão do filme e outra versão apresentada no DVD. Acredita-se que o autor queria evitar que os roteiros fossem passados para a Internet, como aconteceu com Scream e Scream 2. Além disso, no filme, fala que existiam vários roteiros de 'Punhalada', para evitar as cópias.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]