Strictly Business

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Strictly Business
Álbum de estúdio de EPMD
Lançamento 7 de Junho de 1988[1]
1 de Julho de 1991 (segundo lançamento)
Gravação 1987–1988
North Shore Soundworks
Island Media Studios
(West Babylon, New York)
Gênero(s) Hip hop
Duração 45:22
Gravadora(s) Fresh Records/Sleeping Bag Records
Priority/EMI Records
Produção EPMD
Certificação Gold.png Ouro (RIAA)
Opiniões da crítica

O parâmetro das opiniões da crítica não é mais utilizado. Por favor, mova todas as avaliações para uma secção própria no artigo. Veja como corrigir opiniões da crítica na caixa de informação.

Cronologia de EPMD
Último
Último
Unfinished Business
(1989)
Próximo
Próximo
Singles de Strictly Business
  1. "It's My Thing"
    Lançamento: 1987
  2. "I'm Housin"
    Lançamento: 1988
  3. "Strictly Business"
    Lançamento: 27 de Agosto de 1988
  4. "You Gots to Chill"
    Lançamento: 1988

Strictly Business é o álbum de estréia do grupo de hip hop norte-americano EPMD, lançado em 7 de Junho de 1988 pela Fresh/Sleeping Bag Records através do mundo e BCM Records na Alemanha. O álbum chegou ao número 80 da Billboard 200 logo após o lançamento,[2] e ganhou a certificação de ouro da RIAA em 9 de Novembro de 1988,[3] cinco meses após o lançamento. Em adição, Strictly Business recebeu muitas críticas positivas desde o lançamento e é visto como uma obra-prima do hip hop.

O álbum é conhecido pelas suas canções de festas e pelo uso pesado de samples de funk e rock em sua produção. Não há rappers ou produtores convidados no álbum exceto por DJ K La Boss. O álbum é dividido faixa por faixa pelo grupo no livro de Brian Coleman, Check the Technique.[4]

Recepção[editar | editar código-fonte]

Inicialmente[editar | editar código-fonte]

Strictly Business chegou a 80ª posição da Billboard 200 e a 1ª posição da Top R&B/Hip-Hop Albums.[2] Do seus quatro singles, três chegaram as paradas britânicas e dois chegaram a Hot R&B/Hip-Hop Songs dos EUA. Apesar de nenhum single ter chegado a Billboard Hot 100, o álbum conseguiu vender bem, chegando ao disco de ouro cinco meses depois do lançamento.[3] As críticas iniciais do álbum foram fortes, com Allmusic dando-o o ranking de cinco estrelas e chamando-o de "simplesmente incrível".[5] A revista The Source deu ao álbum a nota de 5 microfones fazendo dele um dos únicos 43 a terem recebido essa nota.[6] Robert Christgau deu ao álbum a nota A- logo após seu lançamento.[7] Strictly Business também apareceu em várias listas dos "melhores de 1988". A revista The Face o ranqueou como o terceiro melhor álbum do ano, e ranqueou a faixa-título como o 25º melhor sinlge do ano.[8] A revista Sounds julgou o álbum para ser o 50º melhor álbum do ano,[9] enquanto Spex o ranqueou como o 8º melhor.[10]

Retrospecto[editar | editar código-fonte]

Anos após seu lançamento, Strictly Business tem continuado a atrair sucesso da crítica. Em 1994, a revista Pop selecionou um elogio para o "Paid in Full" de Eric B. & Rakim na sua lista dos 100 melhores do mundo Álbuns + 300 Complementos. Em 1998, foi escolhido pela revista The Source um dos cem melhores de todos os tempos no rap e também incluiu dois de seus singles na sua lista dos melhores 100 Singles de rap.[11] Em 1999, foi julgado para ser o quarto melhor álbum de hip hop de 1988 pela Ego Trip.[12] Em 2001, Dance de Lux ranqueou Strictly Business como o 11º melhor disco de rap de todos os tempos.[13] Em 2003, foi colocado na lista dos 500 CDs que você deve comprar antes de você morrer da revista Blender e foi escolhido pela revista Rolling Stone como o 459° na lista dos melhores álbum de todos os tempos.[13] Em adição, a Rolling Stone, que originalmente deu ao álbum uma uma nota de três estrelas e meia de cinco, deu ao álbum cinco estrelas de cinco em 2004.[13] Críticas feitas mais tarde pela Spin (1995), a Virgin Encyclopedia of Popular Music (2002), Martin C. Strong (2004) e Sputnikmusic (2006) deram respectivamente ao álbum uma nota 9, uma nota de 4 estrelas, uma nota de cinco estrelas e uma nota 7.[13] [14]

Faixas[editar | editar código-fonte]

Todas as música produzidas por EPMD

# Título Cantor(es) Sample(s) Duração
1 "Strictly Business" EPMD 4:47
2 "I'm Housin" EPMD 4:01
3 "Let the Funk Flow" EPMD 4:16
4 "You Gots to Chill" EPMD 4:26
5 "It's My Thing" EPMD
  • "Different Strokes" by Syl Johnson
  • "Seven Minutes of Funk" by Tyrone Thomas and the Whole Darn Family
  • "It's My Thing" by Marva Whitney
  • "Long Red" by Mountain
  • "The Wall" by Pink Floyd
5:45
6 "You're a Customer" EPMD 5:28
7 "The Steve Martin" EPMD
  • "Let Me Come on Home" by Otis Redding
  • "Pee-Wee's Dance" by Joeski Love
4:44
8 "Get Off the Bandwagon" EPMD
  • "Fly Like an Eagle" by Steve Miller Band
4:25
9 "D.J. K La Boss" DJ K La Boss (Scratches) 4:31
10 "Jane" EPMD 2:59

Créditos[editar | editar código-fonte]

Lançamentos[editar | editar código-fonte]

Região Data Gravadora Formato Catálogo
 Alemanha 1988 BCM Records Vinyl LP B.C. 33-2125-43
 Alemanha 1988 BCM Records CD CD 076-555722
 Alemanha 1988 BCM Records CD B.C. 50-2125-46
 Reino Unido 1988 Sleeping Bag Records Vinyl LP SBUKLP 1
 Estados Unidos 7 de Junho de 1988 Fresh/Sleeping Bag Records Vinyl LP LPRE-6
 Estados Unidos 7 de Junho de 1988 Fresh/Sleeping Bag Records Cassette CSRE-6
 Estados Unidos 7 de Junho de 1988 Fresh/Sleeping Bag Records CD CDRE-6
 Estados Unidos 1 de Julho de 1991 Priority/EMI Records CD 0499 2 57135 2 7/P2-57135
 Estados Unidos 1 de Julho de 1991 Priority/EMI Records Cassette 0499 2 57135 4 1/P4-57135
Mundo 23 de Fevereiro de 2010 Priority/EMI Records CD 50999 6 26869 2 1/P2-26869

Desempenho nas paradas[editar | editar código-fonte]

Álbum[editar | editar código-fonte]

Parada (1988)[2] Posição
topo
E.U.A. Billboard 200 80
E.U.A. Top R&B/Hip Hop Albums 1

Singles[editar | editar código-fonte]

Canção Parada (1987)[15] Posição
topo
"It's My Thing" UK Singles Chart 97
Cançao Parada (1988) Posição
topo
"Strictly Business" E.U.A. Hot R&B/Hip-Hop Songs 29
UK Singles Chart 90
"You Gots to Chill" E.U.A. Hot R&B/Hip-Hop Songs 22
Canção Parada (1989) Posição
topo
"I'm Housin'" UK Singles Chart 89

Referências

  1. "Hip-Hop's Greatest Year: Fifteen Albums That Made Rap Explode", RollingStone.com, February 12, 2008. Retrieved on July 27, 2008.
  2. a b c EPMD > Charts & Awards > Billboard Albums Allmusic. Página visitada em December 28, 2008.
  3. a b RIAA - Gold & Platinum - Searchable Database RIAA. Página visitada em December 29, 2008.
  4. Coleman, Brian. Check The Technique: Liner Notes For Hip-Hop Junkies. New York: Villard/Random House, 2007.
  5. Bush, John. Strictly Business Review Allmusic. Página visitada em December 30, 2008.
  6. The Source's 5 Mic Albums ListofBests.com. Página visitada em December 30, 2008.
  7. Robert, Christgau. EPMD Consumer Guide Reviews Robert Christgau. Página visitada em December 30, 2008.
  8. The Face Lists RockListMusic.co.uk. Página visitada em December 30, 2008.
  9. Sounds Lists RockListMusic.co.uk. Página visitada em December 30, 2008.
  10. SPEX - Popular Music Best-Of-List - 1988 Home.Rhein-Zeitung.de. Página visitada em December 30, 2008.
  11. The Source's 100 Best Rap Albums + 100 Best Rap Singles Rocklistmusic.co.uk. Página visitada em December 30, 2008.
  12. Sacha Jenkins, Elliot Wilson, et al.. Ego Trip's Book of Rap Lists. [S.l.]: St. Martin's Griffin/Macmillan USA, 1999. ISBN 0-312-24298-0
  13. a b c d Acclaimed Music - Strictly Business AcclaimedMusic.net. Página visitada em December 28, 2008.
  14. de Sylvia, Dave. EPMD - Strictly Business Review Sputnikmusic. Página visitada em December 30, 2008.
  15. EPMD > Charts & Awards > Billboard Singles Allmusic. Página visitada em December 28, 2008.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]