Torcida Jovem do Santos

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Text document with red question mark.svg
Este artigo ou secção contém uma ou mais fontes no fim do texto, mas nenhuma é citada no corpo do artigo, o que compromete a confiabilidade das informações.
Por favor, melhore este artigo introduzindo notas de rodapé citando as fontes, inserindo-as no corpo do texto quando necessário.
Torcida Jovem
Fundação 26 de setembro de 1969 (45 anos)
Escola-madrinha Nenê de Vila Matilde
Cores Preto e branco
Símbolo Baleia
Bairro Jardim Aricanduva
Presidente Marcos Dimes "Gordinho Zona Sul"
Presidente de honra Cosmo Damião
Carnavalesco Pedro Pinotti
[1]

A Torcida Jovem do Santos ou Grêmio Recreativo Cultural Escola de Samba Torcida Jovem é a maior torcida organizada do time de futebol do Santos, fundada em 26 de setembro de 1969.[1] Possui uma sede social localizada na cidade de São Paulo. É também uma escola de samba desde 2003.

O lema da Torcida Jovem do Santos é: Com o Santos onde e como ele estiver. Atualmente a Torcida Jovem do Santos conta com aproximadamente 30 mil sócios ativos[carece de fontes?].

A Torcida Jovem é uma das fundadoras da Associação das Torcidas Organizadas de São Paulo e da Associação das Torcidas Organizadas do Santos.

História[editar | editar código-fonte]

Bandeirão da torcida Jovem do Santos

A Torcida Jovem foi criada oficialmente em 1969, no bairro do Brás, por um grupo de 13 garotos: "Cosmo, Celso Jatene, Mestre Pedrao, China, Chacrinha, Magrão, Zuca, Almir e outros", que desde 1966 compareciam aos jogos do Santos na capital paulista, onde moravam. Foi a primeira torcida santista a ser criada, e curiosamente, foi criada por garotos de uma cidade que não a do clube.

Em 1970 a TJS participou da oposição na eleição do Santos, tendo desde então tendo participado da vida política do clube, inclusive elegendo representantes para o conselho deliberativo do clube. As preocupações da torcida passaram então a não se limitar apenas ao clube.

Em 1978, a Torcida Jovem se mudou para o bairro do Bixiga. Um ano depois, em 1979, estreou no carnaval paulistano como um bloco carnavalesco, participando do desfile oficial da UESP.

Em 2003, de bloco passou à categoria de escola de samba. Desde a alguns anos mudou-se para o bairro de Jardim Aricanduva, que foi enredo do desfile de 2004, onde a Jovem conseguiu seu primeiro título como escola de samba. Em 2009, desfilou no Grupo 1 da UESP, equivalente à terceira divisão do carnaval de São Paulo. No ano seguinte, obteve o vice-campeonato, subindo assim para o grupo de Acesso em 2011. Após vários problemas no desfile inclusive o atraso de 40m,A Torcida Jovem foi rebaixada voltando ao Grupo 1

Segmentos[editar | editar código-fonte]

Presidentes[editar | editar código-fonte]

Nome Mandato Ref.
Marcos Dimes "Gordinho Zona Sul" [2]

Diretores[editar | editar código-fonte]

Ano Diretor de Carnaval Diretor geral de harmonia Mestre de bateria Ref.
2014 Cosmo Damião e Nenê Nenê, Rogério, Rildo e Alexandre Clodoaldo [2]
2015

Coreógrafo[editar | editar código-fonte]

Ano Nome Ref.
2014
2015

Casal de Mestre-sala e Porta-bandeira[editar | editar código-fonte]

Ano Nome Ref.
2014 André e Daniela Motta [2]
2015

Corte de bateria[editar | editar código-fonte]

Ano Rainha Madrinha Ref.
2014 Jéssika [2]
2015

Carnavais[editar | editar código-fonte]

Torcida Jovem
Ano Colocação Grupo Enredo Carnavalesco Ref
1979 5ºlugar Blocos Especiais Folia do Mundo Santista [3]
1980 4ºlugar Blocos Especiais Vamos Nessa Barca
1981 3ºlugar Blocos Especiais O Trem da Felicidade
1982 Vice-Campeã Blocos Especiais Paraíso Infantil
1983 Vice-Campeã Blocos Especiais Carnaval das Arábias
1984 Vice-Campeã Blocos Especiais Pintando o 7
1985 Vice-Campeã Blocos Especiais Olhando para o Céu
1986 Vice-Campeã Blocos Especiais Bum Bum, se Tiver Marmelada Tem Zum Zum
1987 3ºlugar Blocos Especiais Vou Bater Tamanco
1988 Campeã[4] Blocos Especiais Hoje Eu Vim Para Confundir e Não Para Explicar
1989 Vice-campeã Blocos Especiais Malandros e Malandragens
1990 Campeã Blocos Especiais A Magia desta Folia
1991 Campeã Blocos Especiais Deixem Meu Povo Brincar o Carnaval
1992 3ºlugar Blocos Especiais Rolou Brasil
1993 7º lugar Blocos Especiais Quem Me Viu... Quem Me Vê...
1994 3º lugar Blocos Especiais Folia do Gordo
1995 Vice-Campeã Blocos Especiais Do Sorriso da Lagosta ao Abraço do Siri
1996 Campeã Blocos Especiais Tem Folia, Tem Zueira, Porque Hoje é Sexta-feira
1997 Campeã Blocos Especiais Alquimia, A Magia da Transformação
1998 Vice-Campeã Blocos Especiais Nesta Terra de Reis...Onde foi Que Eu Errei?
1999 5ºlugar Blocos Especiais No Voo das Águias Guerreiras, 20 Anos de Luta
2000 7ºlugar Blocos Especiais Encantos e Poesias No Feitiço das Sereias
2001 3ºlugar Blocos Especiais O Brasil em Dia de Festa
2002 10ºlugar Blocos Especiais Uma Noite na Terra da Garoa
2003 4ºlugar Grupo 3-UESP Façam suas Apostas! A Sorte está Lançada... Na Festa de Momo o Vencedor Será Sempre o Folião!
2004 Campeã Grupo 3-UESP Torcida Jovem é Aricanduva, Terra de um Povo Guerreiro, Sonhador e Sambista
2005 4ºlugar Grupo 2-UESP Será a Voz Negra ou Será Negra a Voz da Liberdade?
2006 3ºlugar Grupo 2-UESP No Sonho de Momo, Torcida Jovem teve a sua vez
2007 5ºlugar Grupo 2-UESP De lá pra cá
2008 3ºlugar Grupo 2-UESP[5] Tribos Urbanas - Novos Quilombos
2009 5ºlugar Grupo 1-UESP Aceito Tudo! O Que Vier, Eu Traço!
2010 Vice-campeã Grupo 1-UESP Divina Sedução Pedro Pinotti
2011 8°lugar Acesso Quem foi rei nunca perde a majestade Pedro Pinotti
2012 3º Lugar Grupo 1-UESP "Camisa 100 - Sua bandeira no mastro é a história de um passado e um presente só de glorias" Pedro Pinotti
2013 3º Lugar Grupo 1-UESP Sinfonia das cores em aquarela Pedro Pinotti
2014 Vice-campeã Grupo 1-UESP Confete - Pedacinho Colorido de felicidade

Compositores:Edivaldo Gonçalves, Luizinho, Jô Pires e Luiz Pereira. Intérprete:Tato Santa Cruz.

Pedro Pinotti [6] [2]
2015 Grupo 1-UESP

Referências