Tubarão-cobra

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Como ler uma caixa taxonómicaTubarão-cobra
Chlamydoselachus ang.JPG

Estado de conservação
Status iucn3.1 NT pt.svg
Quase ameaçada
Classificação científica
Reino: Animalia
Filo: Chordata
Classe: Chondrichthyes
Subclasse: Elasmobranchii
Superordem: Selachimorpha
Ordem: Hexanchiformes
Família: Chlamydoselachidae
Género: Chlamydoselachus
Espécie: C. anguineus
Nome binomial
Chlamydoselachus anguineus
(Garman, 1884)

O tubarão-cobra (Chlamydoselachus anguineus) ou tubarão-enguia é uma espécie da família Chlamydoselachidae.

Esta espécie, que se julgava extinta, tem cerca de dois metros de comprimento e habita águas em profundidades que vão desde 600 a 1000 metros. Tem uma importância econômica reduzida (pesca).[1]

Um exemplar fêmea foi filmado em 24 de janeiro de 2007 numa raríssima aparição em águas pouco profundas do litoral do Japão, próximo à cidade de Shizuoka. No entanto, o espécime se encontrava em péssimo estado físico e morreu horas após ser coletado.[2]

O tubarão-cobra é uma das criaturas mais antigas já encontradas vivas nos dias de hoje. Já foram encontrados fósseis deste animal com cerca de 80 milhões de anos.

Outras designações da espécie[editar | editar código-fonte]

Sinónimos da espécie[editar | editar código-fonte]

  • Didymodus anguineus
  • Chlamydoselache anguinea

Espécies extintas[editar | editar código-fonte]

Tubarão-cobra coletado no Japão

Chlamydoselachidae é uma família de tubarões que contém apenas o tubarão-cobra como espécie extintas.

Referências[editar | editar código-fonte]

Uma foto a partir de um vídeo do tubarão-cobra

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]