UVB-76

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Foto de satélite do transmissor da UVB-76 em Povarovo, Rússia.

UVB-76 (também referida como UZB-76, S28, MDZhB ou Жужжалка, em russo) é uma estação de rádio de ondas curtas, que transmite um frequencia 4.625 kHz. Conhecida entre os ouvintes de rádio ocidentais como The Buzzer, ela possui um pequeno e monótono Loudspeaker.svg? sinal, repetindo-se a uma taxa aproximada de 25 tons por minuto, durante 24 horas por dia. A estação tem sido observada desde 1982 [1] [2] e em raras ocasiões, o sinal de alarme é interrompido e uma transmissão de voz em russo ocorre[3] . Existe muita especulação mas, no entanto, o verdadeiro objetivo desta estação ainda é desconhecido [4]

A estação transmite um som vibrante, que dura 0,8 segundo, pausando por 1-1,3 segundos, e repetindo-se 21-34 vezes por minuto, som que aparentemente é gerado por um dispositivo mecânico.[1] Um minuto antes de cada hora, o tom de repetição é substituído por um tom contínuo, que continua por um minuto até que o tom de repetição volte a tocar. [carece de fontes?] Entre as 0700 e 0750 UTC, a estação transmite com baixo consumo de energia, quando a manutenção do transmissor aparentemente ocorre. O som gerado pela estação, lembra um chiado igual ao de rádio acompanhado de um rápido barulho de um navio.[5]

A UVB-76 é transmitida pelo menos desde 1982 [1] como repetitivo "pip" de dois segundos, mudando para uma campainha no início de 1990.[6] [7] Ela foi alterada brevemente para um tom mais alto e de maior duração (cerca de 20 tons por minuto) em 16 de janeiro de 2003, embora o este som tenha sido revertido para o padrão de tom anterior.[8]

Defeitos[editar | editar código-fonte]

Freqüentemente, conversas distantes e outros ruídos de fundo podem ser ouvidos pela estação: isso sugere que o dispositivo é movimentado por trás de um microfone ao vivo e constantemente aberto (em vez de uma gravação de som ou automatizada sendo alimentada através de equipamentos de reprodução) ou que um microfone pode ter sido ligado acidentalmente. Uma dessas ocasiões foi em 3 de novembro de 2001, quando uma conversa em russo foi ouvida: "Я - 143. Не получаю генератор (Ya - 143. Ne poluchayu generator) ". "Идёт такая работа от аппаратной (Idyot makaya rabota ot apparatnoi)". ("Eu sou o 143º. Eu não recebo o oscilador (gerador). " "Isso é o que a sala de operações está emitindo." ou "Essas são as ordens de operações.") [1]

Mensagens de voz e outros sons[editar | editar código-fonte]

Antes de 2010, apenas três mensagens de voz foram comprovadamente transmitidas pela UVB-76:

  • Em 24 de Dezembro de 1997, às 2100 UTC: "Ya UVB-76, Ya UVB-76. 180 08 BROMAL 74 27 99 14. Boris, Roman, Olga, Mikhail, Anna, Larisa. 7 4 2 7 9 9 1 4.[1] [9] [10]
  • Em 09 de Dezembro de 2002, 0418 UTC: "UVB-76, UVB-76. 62 691 IZAFET 36 93 82 70"[9]
  • Em 21 de Fevereiro de 2006, 0757 UTC: "UVB-76, UVB-76. 75-59-75-59. 39-52-53-58. 5-5-2-5. Konstantin-1-9-0-9-0-8-9-8-Tatiana-Oksana-Anna-Elena-Pavel-Schuka. Konstantin 8-4. 9-7-5-5-9-Tatiana. Anna Larisa Uliyana-9-4-1-4-3-4-8."

Em 05 de Junho de 2010, a UVB-76 ficou aproximadamente 24h em silêncio, retornando à sua transmissão normal no dia 06 de Junho. No dia 10, às 2130 UTC, uma série de códigos em morse foi transmitido por quatro minutos. Porém, no segundo semestre de 2010, uma onda repentina de atividade tomou conta da estação [11] .

Ela começou no dia 1º. de Setembro, às 2225 UTC, quando a UVB-76 transmitiu um trecho de 38 segundos de "Dança dos Pequenos Cisnes" do ballet O Lago dos Cisnes, de Tchaikovsky. Um pequeno fragmento em morse também foi transmitido. No dia 05, às 1230 UTC, uma voz feminina iniciou uma contagem de 1 a 9 em russo; uma hora antes, às 1339 UTC, uma voz feminina abafada leu uma mensagem em código.

A transmissão seguinte foi em 07 de Setembro, às 0548 UTC: "Mikhail Dmitri Zhenya Boris. Mikhail Dmitri Zhenya Boris. 04 979 D-R-E-N-D-O-U-T. T-R-E-N-E-R-S-K-I-Y." Ela foi a primeira de 25 mensagens transmitidas até o fim do mês de Setembro, seguidas por outras 56 entre Outubro e Dezembro.[12] Em todas elas, com exceção da realizada em 10 de Setembro, o código inicial transmitido "UVB-76" foi substituído por "Mikhail Dmitri Zhenya Boris", o que sugere que a estação de números foi rebatizada de UVB-76 para "MDZhB".

Em 11 de Novembro de 2010 uma conversa telefônica foi acidentalmente transmitida por 30 minutos.[13] Essa conversa está disponível em russo [14] e menciona "o oficial da brigada de operações de plantão", as unidades de comunicação "Debut", "Nadezhda" (palavra em russo para "esperança", que tanto pode ser um substantivo, como também um nome próprio feminino), "Sudak" (uma espécie de peixe de rio e também o nome de uma cidade na Crimeia) e "Vulkan". A voz feminina diz "oficial de serviço no comando do nó de comunicação Debut, código Uspenskaya, recebi a ligação de controle de Nadezhda OK".

Formato de transmissão dos códigos[editar | editar código-fonte]

A atual estrutura para transmissão de vozes é a seguinte[15] :

Mikhail-Dmitri-Zhenya-Boris (callsign МDZhB, sempre repetido duas vezes)

Mensagem codificada

Priom (Прием, no alfabeto cirílico. Sua tradução literal é "recepção")

Quanto ao formato das mensagem, o mais habitual é com apenas uma palavra-chave, conforme o exemplo seguinte:

  •  93882 NAIMINA 7414 3574

A palavra-chave e os números são sempre lidos conforme o alfabeto fonético russo[16] . No caso do exemplo acima, a mensagem seria lida como:

  • 9 3 8 8 2 Nikolaj Anna Ivan Mihail Ivan Nikolaj Anna 7 4 1 4 3 5 7 4

Outros formatos de mensagem, que incluem mais de uma palavra-chave, também já foram transmitidos:

  • 79992 Bongu 9923 7768 7117 5770 BRONShchIK (por algum tempo formato muito comum, não mais usado)[17]
  • 28138 KARIAMA 7756 0151 0551 5597 AGGRADACIYa GLAShATEL '7678 5508 (formato muito raro)[18]
  • 48713 BRYaNTA 4893 6991 ORTOLAN 7463 1198 6910 4566 PROKLIZA HROMATIZM 5954 0194 (formato extremamente raro, ocorreu apenas duas vezes)[19]

Houve muitas especulações sobre o significado desses números e palavras. Membros do grupo Priyom.org, propuseram que o primeiro grupo cinco números significa ID da unidade receptora, os demais seriam instruções contidas em um livro-código. Há também uma antiga teoria que afirma que os números transmitidos seriam coordenadas geográficas.

Função[editar | editar código-fonte]

A real função da UVB-76 ainda é desconhecida. No entanto, o ex-ministro das Comunicações e Informática da Lituânia escreveu que o propósito das mensagens de voz é confirmar que os operadores de outras estações de recepção estão alertas[20] . Neste caso, a UVB-76 faria parte de um complexo sistema de comunicação ligado às Forças Estratégicas de Mísseis da Rússia (em russo: Ракетные войска стратегического назначения, РВСН) [21] , servindo o mesmo propósito que as mensagens Emergency Action Message (EAM) dos EUA.

Outra teoria se baseia um artigo publicado no Jornal Russo de Ciências da Terra[22] , na seção sobre observações geofísicas. Segundo o texto, o Observatório Geofísico de Borok realiza estudos e medições da ionosfera utilizando o Efeito Doppler, através de emissão de ondas na frequência de 4.625 MHz. No entanto, essa última teoria não explicaria as mensagens de voz em código.

Uma terceira corrente afirma que a UVB-76 é parte de um sistema de comunicação que serviria ao Distrito Militar Ocidental (Западный военный округ). Ela transmitiria mensagens cifradas para fins militares, talvez de inteligência e contra-inteligência. Esta teoria é reforçada pela existência de outras duas rádios, conhecidas como "The Pip" ( ou S30, operando na frequência 5448 kHz durante o dia e 3756 kHz durante a noite[23] [24] ) e "The Squeaky Wheel" (ou S32, operando na frequência 5473 kHz durante o dia e 3828 kHz durante a noite[25] ), que assim como a UVB-76, transmitem um som repetitivo que ocasionalmente é interrompido para a transmissão de mensagens de voz[26] .

Ainda segundo essa corrente, The Pip (que é transmitida da região de  47°17′58″N 39°40′26″E, próxima à Rostov-on-Don[27] ) serviria o Distrito Militar do Sul (Южный военный округ); já a The Squeaky Wheel (que aparentemente é transmitida de 59°44'17"N 30°16'13"E, região de São Petersburgo[28] ) serviria ao Distrito Militar Central (Центральный военный округ).

Ligações entre a UVB-76, 'The Pip' e 'The Squeaky Wheel'[editar | editar código-fonte]

Há indícios entre uma forte ligação[carece de fontes?] da S30 (The Pip) e (S32) Squeaky Wheel. Quando S30 envia uma mensagem, a S32 geralmente também envia uma, apenas alguns minutos depois. Embora as mensagens tenham conteúdos diferentes, elas possuem formatos semelhantes, sugerindo podem funcionar como um serviço de retransmissão. Vale a pena observar que quando a S32 envia uma mensagem, não ocorre a possível “retransmissão” via S30.

Em uma ocasião registrada, em 12 de Março de 2012, a S30, S32 e a UVB-76 transmitiram mensagens sequencialmente. O que sugere que ocorre uma retransmissão de informações. A seguinte mensagem foi transmitida

S30 'The Pip' às 1508 UTC:

8S1Shch  89  859  RYeNTNYJ  38  18  55  80

S32 'The Squeaky Wheel' às 1511 UTC:

Al'fa45 85  876  NABORNYJ  72  68  48  29

S28 'UVB-76' às 1518 UTC:

MDZhB  38  466  DVOROVYJ  24  45  94  38


A principal diferença entre essas três rádios é que a S30 e S32 sempre utilizaram os mesmos callsign (S30 utiliza 8S1Shch [8С1Щ][29] e S32 usa Al'fa45 [Альфа45])[30] ao contrário da UVB-76, que mudou de UVB-76 para MDZhB.

Localização[editar | editar código-fonte]

Até 2010 as transmissões da UVB-76 eram realizadas de um local próximo à Povarovo[31] (N56°5'0" E37°6'37"), uma cidade fechada (em russo usa-se o acrónimo "ЗАТО", no alfabeto latino "ZATO") russa que fica entre Zelenograd e Solnechnogorsk, a menos de 40 km de Moscou. Em setembro de 2010, transmissor da estação foi transferido para perto da cidade de Pskov, situada no noroeste da Rússia, a 70 km a leste da fronteira com a Estónia, e que possui pouco mais de 202.000 habitantes[32] . Essa alteração na localização do transmissor pode ter sido realizada devido à reorganização das forças armadas russas[33] . Em 2011, um grupo de exploradores urbanos explorou os edifícios abandonados em Povarovo e afirmam que se tratava de uma base militar abandonada[34] . Um suposto registro de transmissões de rádio foi encontrado, confirmando o possível funcionamento de um transmissor em 4625 kHz naquele local [carece de fontes?].

Outros transmissores[editar | editar código-fonte]

Acredita-se que a UVB-76 utiliza, pelo menos, dois transmissores que enviam o "buzz" ligeiramente fora de sincronia[35] , e que já foram observados em muitas ocasiões. Essa teoria se baseia na observação da modulação do emissor principal em Povarovo, que foi avaliada como sendo A3E (ou A3EG, que é uma transmissão AM normal, como encontrados em LF público e faixas de MF).

Durante a manutenção diária, entre 0700 e 0750 UTC, o transmissor principal era desligado e transmissão retomada a partir de um transmissor de backup em um local desconhecido, usando modulação R3E (comunicação de voz AME, como o usado nas bandas de HF principalmente pelos militares) e transmitindo harmônicos em 9.250 e 13.875 kHz. Depois que o local do transmissor Povarovo foi abandonado em 2010, acredita-se que o transmissor R3E é a principal fonte de emissões de aviso sonoro. É provável que este fique na região de Pskov. Em 2011 foram detectados novos sinais[36] de que existiam pelo menos mais um transmissor, em local desconhecido[37] .

A UVB-76 foi observada operando em muitos modos diferentes, sendo transmissões em H3E e R3E e o envio de mensagens em J3E (USB) e alguns em R3E, respectivamente.

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. a b c d e Oddities ENIGMA 2000 Newsletter – Issue 8. (January 2002). Página visitada em 2009-05-06.
  2. http://priyom.org/media/57390/s28-jan-1982-am.ogg - UVB-76 4625 kHz AM, gravado em Janeiro de 1982 por Ary Boender
  3. Savodnik, Peter. Inside the Russian Short Wave Radio Enigma. Página visitada em 2013-01-01.
  4. Ben Sisario. "Comedy and Conspiracy Theories", 2 de Setembro de 2010. Página visitada em 01 de Janeiro de 2013.
  5. Michalski, Jan. Radio Station UVB-76. Página visitada em 2008-08-29.
  6. Военная жужжалка на 4625 кГц (em russian) Radioscanner.ru. (2004).
  7. Boender, Ary (1995). Numbers & oddities: Column 1 World Utility News..
  8. Rogers, Brian (2008). The Buzzer Mystery Signals Of The Short Wave..
  9. a b Michalski, Jan. Радиостанция "УЗБ-76" (em russian). Página visitada em 29 de Agosto de 2008. Cópia arquivada em 2003-04-14.
  10. Single Letter Markers Posts from the SPOOKS and WUN listservers. (2000). Página visitada em 2008-08-29. Cópia arquivada em 25 de Novembro de 2011.
  11. Newitz, Annalee. They’re broadcasting those Russian numbers again. Página visitada em 01 de Janeiro de 2013.
  12. http://danix111.cba.pl/archives/ Archives of UVB-76
  13. Erro de citação: Tag <ref> inválida; não foi fornecido texto para as refs chamadas buzzerdossier
  14. UVB-76 2010-11-11 14.00 UTC. Página visitada em 11 October 2012.
  15. http://priyom.org/number-stations/slavic/s28.aspx - Acessado em 25 de Dezembro de 2013
  16. Uma tabela com os códigos do alfabeto fonético russo está disponível em <a href="http://en.wikipedia.org/wiki/Russian_spelling_alphabet" style="font-size: 1em; line-height: 1.5em;">http://en.wikipedia.org/wiki/Russian_spelling_alphabet</a>. Acessado em 27 de Dezembro de 2013
  17. Log de transmissões conhecidas está disponível no link http://priyom.org/number-stations/slavic/s28.aspx
  18. Log de transmissões conhecidas está disponível no link http://priyom.org/number-stations/slavic/s28.aspx
  19. Log de transmissões conhecidas está disponível no link http://priyom.org/number-stations/slavic/s28.aspx
  20. http://www.cvni.net/radio/nsnl/nsnl032/nsnl32mx.html - Acessado em 26/09/2013
  21. http://brogers.dsl.pipex.com/page5.html - Acessado em 05 de Dezembro de 2013
  22. http://elpub.wdcb.ru/journals/rjes/v10/2007ES000227/0.shtml - Acessado em 26/09/2013
  23. http://priyom.org/number-stations/slavic/s30.aspx - Acessado em 05 de Dezembro de 2013
  24. http://en.wikipedia.org/wiki/The_Pip - Acessado em 05 de Dezembro de 2013
  25. http://priyom.org/number-stations/slavic/S32.aspx - Acessado em 05 de Dezembro de 2013
  26. http://priyom.org/media/57653/the_buzzer_primer.pdf - Priyom.org – Acessado em 27 de Setembro de 2013
  27. http://www.radioscanner.ru/forum/topic23969-3.html#msg830120 - Acessado em 18 de Janeiro de 2014
  28. http://archive.is/OXlUO - Acessado em 16 de Janeiro de 2014
  29. http://en.wikipedia.org/wiki/The_Pip - Acessado em 16 de Janeiro de 2016
  30. http://archive.is/OXlUO - Acessado em 16 de Janeiro de 2016
  31. Duncan Geere. Mysterious Russian 'Buzzer' radio broadcast changes. Wired. - Publicado em 25 de Agosto de 2010) - Disponível em http://www.wired.co.uk/news/archive/2010-08/25/russian-numbers-station-broadcast-changes
  32. http://uvb-76.net/p/triangulation.html - Acessado em 10 de Novembro de 2013
  33. Peter Savodnik. "Inside the Russian Short Wave Radio Enigma". Wired. - Publicado em 7 de Outubro de 2011. Disponível em http://www.wired.com/magazine/2011/09/ff_uvb76/
  34. Kwasd's blog" Небольшой фотоотчет с УВБ-76 ("The Buzzer", "Жужжалка"). Blog.kwasd.ru - Disponível em http://blog.kwasd.ru/?p=53
  35. Exemplo de transmissão com o "buzz" fora de sincronia - http://www.priyom.org/media/53204/s28-4625usb-201110027-1300z-odd-bywebweasel.ogg - Acessado em 1º de Janeiro de 2014
  36. http://www.priyom.org/blog/2-buzzers.aspx - Acessado em 1º de Janeiro de 2013
  37. http://uvb-76.net/p/triangulation.html - Acessado em 1º de Janeiro de 2013

56° 4′ N 37° 5′ E

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre Rádio é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.