Valsartan

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Valsartan
Ligações atômicas Estrutura molecular do valsartan

Valsartan ou Valsartana é um fármaco do tipo antagonista do receptor da angiotensina. Sua principal indicação é para tratamento de hipertensão arterial.Principais Indicações - Tratamento da hipertensão arterial. - Tratamento de insuficiência cardíaca (classes II a IV da NYHA) em pacientes recebendo tratamento padrão tais como diuréticos, digitálicos e também inibidores da enzima de conversão da angiotensina ou betabloqueadores, mas não ambos; a presença de todas estas terapêuticas padronizadas não é obrigatória. A valsartana melhora a morbidade nesses pacientes, principalmente através da redução da hospitalização por insuficiência cardíaca. Este medicamento retarda também a progressão da insuficiência cardíaca, melhora a classe funcional da NYHA, a fração de ejeção, os sinais e sintomas da insuficiência cardíaca e melhora a qualidade de vida versus o placebo (vide Farmacodinâmica). A valsartana é indicada para melhorar a sobrevida após infarto do miocárdio em pacientes clinicamente estáveis com sinais, sintomas ou evidência radiológica de insuficiência ventricular esquerda e/ou com disfunção sistólica ventricular esquerda.

Propriedades[editar | editar código-fonte]

Ângulo alternativo

Pela sua especificidade não interfere na freqüência cardíaca ou conseqüências hemodinâmicas. Bloqueia seletivamente os receptores (AT1) da angiotensina II no músculo liso vascular e na supra-renal, bloqueando assim os efeitos vaconstritores e da secreção da aldosterona da angiotensina II. Não possui ação sobre a ECA (Enzima Conversora da Angiotensina). Efeito anti-hipertensivo máximo atingido após 4 semanas de tratamento. Absorção: gastrintestinal; biodisponibilidade: 25%. Concentração máxima: 2 a 4 horas. Biotransformação: enzimas não identificadas; 20 % eliminados como metabólitos. Eliminação: urina (13%); fezes (83%). Não pertence ao grupo de drogas betabloqueadoras.

Em adultos sua dose deve começar com 80mg e e passada para 160mg ou 320mg se nescessário.

Reações adversas[editar | editar código-fonte]

  • Náuseas
  • Cefaleia de tensão { Dor ou sensação de peso na região da testa pulsátil }
  • Artralgias
  • Fadiga
  • Astenia
  • Diarréia

Nomes comerciais[editar | editar código-fonte]

Novartis:

  • Diovan®
  • Diovan Amlo Fix® (Associado a Amlodipina)
  • Diovan HCT® (Associado a Hidroclorotiazida)
  • Diovan Triplo® (Associado a Hidroclorotiazida e Amlodipina)

Laboratório Normal:

  • Tareg

Laboratório EMS Sigma Pharma Ltda:

  • Brasart

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre fármacos é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.