Viva Rio

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Viva Rio
Fundação 1993 (21 anos)
Tipo Organização não-governamental
Estado legal Ativo
Sede Brasil, Rio de Janeiro, Brasil
Diretor Executivo Rubem César Fernandes

Viva Rio é uma organização não governamental fundada em 1993 por representantes de vários setores da sociedade civil, como resposta à crescente violência que assolava o Rio de Janeiro. Nessas quase duas décadas, desenvolveu e consolidou atividades e projetos que se tornaram políticas públicas reproduzidas pelo Estado, por empresas, mercado e outras organizações, como a ação praticada no Haiti. Entre suas áreas de atuação estão: a saúde, a educação, artes e esporte, o meio ambiente e a segurança humana.

Histórico e Projetos Desenvolvidos[editar | editar código-fonte]

O Viva Rio é uma organização não governamental idealizada para difundir uma cultura de paz. Na época, o Rio de Janeiro ainda sofria os efeitos de dois tristes eventos: as chacinas da Candelária e de Vigário Geral. Com o intuito de reduzir a violência urbana e promover o desenvolvimento local, o Viva Rio foi fundado por membros ativos da sociedade civil carioca, com o apoio de Hebert de Souza, o Betinho.

Durante sua história, o Viva Rio esteve ativamente presente em diversos projetos socioambientais, sempre buscando oferecer mais qualidade de vida à população. Por isso, ao longo de sua trajetória, engajou-se em lutas maiores.

1996[editar | editar código-fonte]

Aceleração Escolar: este projeto tem como objetivo a trajetória escolar de alunos em situação de defasagem de série ou idade, permitindo que eles completem o Ensino Médio e se qualifiquem para inserção no mercado de trabalho. O resultado disso é a oportunidade de esses jovens recuperarem o tempo perdido e concluírem os estudos em menos de um ano. O sucesso deste programa foi tão grande, que hoje ele é adotado como política pública em todo o país.

2001[editar | editar código-fonte]

Espaço Criança Esperança: situado nos morros do Cantagalo e do Pavão/Pavãozinho, na Zona Sul do Rio, atende mais de 8 mil crianças, adolescentes e jovens. Este é um centro de atenção em tempo integral que oferece atividades esportivas, educacionais e culturais complementares à escola.

Viva Favela: é o primeiro portal a oferecer um conteúdo voltado exclusivamente às comunidades. Ele oferece ao internauta acesso a serviços, produtos e informações voltadas para a realidade social, como oportunidades de emprego, diversão, cultura, esportes, saúde, educação e noticiário.

2004[editar | editar código-fonte]

Desde 2004, o Viva Rio, a convite da ONU, participa de uma Missão de paz no Haiti, país mais pobre das Américas. Em 2007, passou a atuar mais ativamente no bairro de Bel Air, em Porto Príncipe, expandindo depois suas atividades para Bon Repos e Arcahaie. A instituição promoveu a assinatura de cinco acordos de paz entre grupos rivais e desenvolve programas nas áreas de segurança, educação, saúde, meio ambiente, cultura e esporte.

2005[editar | editar código-fonte]

Neste ano, foi realizada a Campanha Nacional pelo Desarmamento. Na ocasião, a Lei do Desarmamento foi aprovada pelo legislativo, dificultando a posse de armas em residência à população civil.

2006[editar | editar código-fonte]

Programa Jovem Aprendiz: é uma das mais bem-sucedidas experiências para inserção de jovens e adolescentes no mercado de trabalho. O Viva Rio assume o cadastramento, a seleção e o treinamento durante o estágio nas empresas parceiras. O objetivo é capacitar jovens de 14 a 24 anos, expostos a situações de risco em suas comunidades, para que eles tenham a oportunidade de buscar maior qualidade de vida, tanto para eles mesmos quanto para suas famílias.

2009[editar | editar código-fonte]

Programa de Saúde da Família: a partir deste este ano, o Viva Rio já inaugurou mais de 60 postos de atendimento primário, beneficiando mais de 800 mil pessoas em 50 bairros cariocas. Com uma equipe de 3 mil profissionais capacitados e bem remunerados, os postos de atendimento, junto com a UPA da Rocinha, representam uma guinada na qualidade do serviço público de saúde no Rio, seguindo um modelo de cuidado integral baseado na assistência clínica aos pacientes e atendimentos de emergência. Entre estes profissionais estão não apenas médicos, enfermeiros e dentistas, mas também agentes de saúde que percorrem a comunidade, estreitando laços entre a equipe e a população.

2010[editar | editar código-fonte]

Arquipélago das Ilhas Cagarras o Viva Rio é membro do Conselho Consultivo do Monumento Natural do Arquipélago das Ilhas Cagarras, situado no Rio de Janeiro. Criado pelo Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade, o Conselho tem como finalidade implantar unidades de conservação e zelar pelo cumprimento dos seus objetivos.

Atualidade[editar | editar código-fonte]

Atualmente, o Viva Rio já ganhou o apoio tanto da população e do poder público, quanto da iniciativa privada. Essas conquistas já se refletem no panorama atual, beneficiando milhares de cidadãos e preparando o Rio de Janeiro para um futuro muito mais promissor.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre Organizações não governamentais é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.