5 Fingers

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Question book.svg
Este artigo ou secção não cita fontes confiáveis e independentes (desde janeiro de 2018). Ajude a inserir referências.
O conteúdo não verificável pode ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
5 Fingers
O caso Cícero (PRT)
5 dedos (BRA)
James Mason-Danielle Darrieux in Five Fingers.jpg
 Estados Unidos
1952 •  pb •  108 min 
Direção Joseph L. Mankiewicz
Roteiro L.C. Moyzisch (livro)
Michael Wilson (roteiro)
Joseph L. Mankiewicz (não creditado)
Elenco James Mason
Danielle Darrieux
Género espionagem
suspense
Idioma inglês

5 Fingers ou Five Fingers (br.:5 dedos / pt.: O caso Cícero) é um filme estadunidense de 1952, sobre um caso real de espionagem na Segunda Guerra Mundial, dirigido por Joseph L. Mankiewicz para a 20th Century Fox. Produção de Otto Lang com roteiro de Michael Wilson e Mankiewicz baseado no livro Operação Cícero (do original em língua alemã: Der Fall Cicero) (1950) de L.C. Moyzisch.

É contada a história do albanês radicado na Inglaterra Elyesa Bazna, que se tornou o mais famoso espião da Segunda Guerra Mundial. Ele espionou para os nazistas entre 1943–44 quando foi empregado na Embaixada Britânica na Turquia, trabalhando de valete de Sir Hughe Montgomery Knatchbull-Hugessen, o embaixador na época. Seu codinome era Cicero. Suas fotografias de documentos altamente secretos foram enviadas para Franz von Papen, ex-chanceler germânico que na época era o embaixador alemão em Ancara. Como contato entre ambos estava Moyzisch, adido comercial dos alemães. Segundo o filme, Cícero pretendia fugir, com o dinheiro ganho, para o Rio de Janeiro.

Elenco[editar | editar código-fonte]

Sinopse[editar | editar código-fonte]

Na Turquia em 1944, o embaixador alemão Franz von Papen e seu colega britânico Sir Frederic Taylor vão a uma recepção dada pela Condessa Anna Staviska, uma francesa viúva de um conde polonês. Tendo suas posses confiscadas pelos alemães, a condessa se oferece para espionar os ingleses para os nazistas mas é recusada. Logo após, um homem se apresenta a Moyzisch, adido comercial da embaixada alemã, oferecendo microfilmes com documentos secretos aliados e pedindo em troca vinte mil libras esterlinas. Os nazistas não o conhecem mas trata-se de Diello, valete pessoal de Sir Frederic e que antes trabalhara para o falecido marido da condessa na Polônia.

Os nazistas desconfiam dele mas os documentos se provam verdadeiros e Diello, que usa o nome de Cícero, continua a fornecer novas fotografias ao preço de mil libras cada uma. Diello se encontra com a Condessa e lhe pede que guarde o dinheiro, alugue uma casa e ofereça mais recepções. Contudo, seus planos são atrapalhados quando Sir Frederic desconfia que o embaixador alemão está sabendo de informações secretas e contata a Inteligência Aliada que envia até a Turquia o oficial Colin Travers para investigar e descobrir a identidade do espião.

Premiação[editar | editar código-fonte]

O filme foi indicado a dois Óscars da Academia, para melhor diretor e melhor roteiro. Ganhou o Globo de Ouro por "Melhor Roteiro" e o Edgar Award por "Melhor Roteiro de Mistério".

Adaptações[editar | editar código-fonte]

Five Fingers foi adaptado para a televisão entre 1959-1960 pelos canais NBC e 20th Century Fox Television que teve 16 episódios, estrelada por David Hedison e Luciana Paluzzi.

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre 5 Fingers