Ana da Boémia

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Ana da Boémia
Representação de Ana no manuscrito do século XIV, Liber Regalis.
Rainha Consorte da Inglaterra
Reinado 20 de janeiro de 1382
a 7 de junho de 1394
Coroação 22 de janeiro de 1382
Predecessora Filipa de Hainault
Sucessora Isabel de Valois
Marido Ricardo II de Inglaterra
Casas Luxemburgo (por nascimento)
Plantageneta (por casamento)
Pai Carlos IV, Sacro Imperador Romano-Germânico
Mãe Isabel da Pomerânia
Nascimento 11 de maio de 1366
Praga, Boémia, Sacro Império Romano-Germânico
Morte 7 de junho de 1394 (28 anos)
Palácio de Sheen, Londres, Inglaterra
Enterro Abadia de Westminster, Londres, Inglaterra
Religião Catolicismo

Ana da Boémia (em tcheco: Anna Lucemburská; Praga, 11 de maio de 1366Palácio de Sheen, 7 de junho de 1394) foi a primeira esposa do rei Ricardo II e rainha consorte do Reino da Inglaterra de 1382 até sua morte.

Família[editar | editar código-fonte]

Seus avós paternos eram o rei João I da Boémia e Isabel da Boémia. Seus avós maternos eram Bogislau V, duque da Pomerânia e Isabel da Polônia.

Ana foi a filha mais velha. Ela tinha cinco irmãos: o imperador Sigismundo de Luxemburgo; o duque João de Görlitz; Carlos; Margarida da Boêmia, burgravina de Nuremberga como esposa de João III, burgrave de Nuremberga, e Henrique.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Ana e Ricardo se casaram como resultado do Grande Sisma no papado, que resultou em dois papas rivais; o Papa Urbano VI aprovou o casamento para criar uma aliança contra o Antipapa Clemente VII. O casamento era contra o desejo de muitos membros da nobreza inglesa, tendo ocorrido principalmente pela intervenção de Miguel de la Pole, 1.º Conde de Suffolk.

Antes do noivado entre Ana e Ricardo, foi cogitado que o rei se cassasse com Catarina Visconti, filha de Barnabé Visconti, senhor de Milão, pois ela traria consigo um grande dote financeiro, o que não ocorreu com Ana. De qualquer forma, o rei a escolheu, e eles ficaram noivos em 2 de maio de 1381. A cerimônia de casamento ocorreu na Capela de São Estêvão, na Abadia de Westminster, em Londres, em janeiro de 1382.

O povo inglês inicialmente não gostava dela, porém sua popularidade cresceu com o passar dos anos. Ana era conhecida por ser muito bondosa e por "interceder" em favor do povo, até mesmo na frente do rei. Apesar de doze anos de casamento, Ricardo e Ana nunca tiveram filhos. Sua morte em 1394 devido a peste bubônica, foi um enorme choque para o rei.

O rei se casou novamente em 1396 com Isabel de Valois, irmã de Catarina de Valois, rainha como esposa de Henrique V de Inglaterra.

Ancestrais[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Ana da Boémia
Ana da Boémia
Casa de Luxemburgo
Ramo da Casa de Limburgo
11 de maio de 1366 – 7 de junho de 1394
Precedida por
Filipa de Hainault
Arms of Anne of Bohemia.svg
Rainha Consorte da Inglaterra
20 de janeiro de 13827 de junho de 1394
Sucedida por
Isabel de Valois
Ícone de esboço Este artigo sobre uma Rainha é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.