Saltar para o conteúdo

Apeadeiro de Gata

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Gata
Identificação: 49049 GAT (Gata)[1]
Denominação: Apeadeiro de Gata
Administração: Infraestruturas de Portugal (até 2020: centro;[2] após 2020: sul)[3]
Classificação: A (apeadeiro)[1]
Linha(s): Linha da Beira Alta (PK 210+395)
Altitude: 795 m (a.n.m)
Coordenadas: 40°31′18.39″N × 7°12′52.25″W

(=+40.52178;−7.21451)

Mapa

(mais mapas: 40° 31′ 18,39″ N, 7° 12′ 52,25″ O; IGeoE)
Município: border link=GuardaGuarda
Serviços: R
Conexões:
Ligação a autocarros
Ligação a autocarros
 
Serviço de táxis
Serviço de táxis
GRD
Equipamentos: Acesso para pessoas de mobilidade reduzida
Inauguração: [quando?]
Website:
 Nota: Para outras interfaces ferroviárias com nomes semelhantes ou relacionados, veja apeadeiro de Muxagata.

O apeadeiro de Gata é uma gare da Linha da Beira Alta, que serve a localidade de Gata, na freguesia de Casal de Cinza, pertencente ao concelho e distrito da Guarda, em Portugal.

Apeadeiro de Gata, em 2018.

Localização e acessos

[editar | editar código-fonte]

Esta interface tem acesso pela Rua Principal, na localidade de Gata, distando mais de trezentos metros da paragem de autocarro mais próxima, a nascente, em percurso sinuoso.[4]

Infraestrutura

[editar | editar código-fonte]

Como apeadeiro numa linha de via única, esta interface tem uma só plataforma, que tem 75 m de comprimento e 46 cm de altura.[3]

Por motivos do obras em toda a Linha da Beira Alta em 2022-2024, o serviço de passageiros a este interface é assegurado por via rodovária, com duas circulações diárias em cada sentido entre Guarda e Vilar Formoso.[5][6]

Ver artigo principal: Linha da Beira Alta § História

A Linha da Beira Alta entrou ao serviço, de forma provisória, no dia 1 de Julho de 1882, tendo sido totalmente inaugurada em 3 de Agosto do mesmo ano, pela Companhia dos Caminhos de Ferro Portugueses da Beira Alta.[7] Gata não constava entre as estações e apeadeiros existentes na linha à data de inauguração,[8] porém, tendo este interface sido criado posteriormente.[quando?]

Referências

  1. a b (I.E.T. 50/56) 56.º Aditamento à Instrução de Exploração Técnica N.º 50 : Rede Ferroviária Nacional. IMTT, 2011.10.20
  2. Diretório da Rede 2021. IP: 2019.12.09
  3. a b Diretório da Rede 2024. I.P.: 2022.12.09
  4. «Cálculo de distância pedonal (40,52169; −7,21451 → 40,52146; −7,21321)». OpenStreetMaps / GraphHopper. Consultado em 25 de novembro de 2023 : 337 m: desnível acumulado de +11−4 m
  5. «Linha da Beira Alta – serviço rodoviário de substituição desde 19 de Abril de 2022». Comboios de Portugal. Consultado em 4 de junho de 2022. Cópia arquivada em 3 de maio de 2022 
  6. Horário Comboios : Lisboa ⇄ Guarda ⇄ (Covilhã) ⇄ Vilar Formoso («Horário em vigor desde 17 setembro 2023»).
  7. TORRES, Carlos Manitto (16 de Março de 1958). «A evolução das linhas portuguesas e o seu significado ferroviário» (PDF). Gazeta dos Caminhos de Ferro. Ano 71 (1686). Lisboa. p. 133-140. Consultado em 5 de Fevereiro de 2014 
  8. (anónimo): “Caminho de Ferro da Beira AltaDiario Illustrado 3307 (1882.07.24)
O Commons possui uma categoria com imagens e outros ficheiros sobre o apeadeiro de Gata

Ligações externas

[editar | editar código-fonte]
Ícone de esboço Este artigo sobre uma estação, apeadeiro ou paragem ferroviária é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.