Augusto de Prima Porta

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Augusto de Prima Porta
Data década de 20 a.C., cerca de 20 a.C.
Gênero cultura da Roma Antiga
Técnica Mármore de Paros
Dimensões 2,08 metro, 0,12 metro x 1,3 metro
Localização Museus Vaticanos

Augusto de Prima Porta é uma estátua do imperador romano Augusto que foi descoberta em 20 de abril de 1863 na Villa de Augusto, Prima Porta, Roma. Atualmente está a mostra no Braccio Nuovo nos Museus Vaticanos.[1]

A estátua, baseada no Doríforo de Policleto do século V a.C., é uma imagem idealizada de Augusto, foi talhada em mármore e estava na Casa de Lívia Drusa, esposa do imperador. Ainda contém alguns resquícios de tintas douradas, púrpuras, azuis e outras cores com as quais ela foi policromada.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre Roma Antiga e o Império Romano é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.


O Commons possui uma categoria com imagens e outros ficheiros sobre Augusto de Prima Porta
  1. «Augustus of Prima Porta» (em inglês). 4 de maio de 2008. ISSN 0190-8286. Consultado em 9 de outubro de 2020