Bombardier Q Series

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Bombardier Q300 - Aeronave moderna, confortável e eficiente

O Q-400 e o Q-300 (conhecidos também como de Havilland Canada Dash 8, Bombardier Dash 8 e DHC-8), fazem parte de uma série de aeronaves integrantes dos bem sucedidos projetos Dash 8 e Bombardier Q Series, formados por aeronaves bimotoras turboélice de médio porte e alcance interestadual e internacional, desenvolvidas para atender a necessidade de companhias aéreas regionais. Os modelos predecessores dessas aeronaves foram projetados e apresentados em 1984 pela empresa de Havilland Canada.

A de Havilland Canada foi propriedade da Boeing na década de 1980 e, posteriormente, na década de 1990, passou a ser propriedade da empresa canadense Bombardier Aerospace.

Q300 e Q400[editar | editar código-fonte]

Q100.
Q300.
Q400.

Na década de 1980, os engenheiros do fabricante de Havilland Canada utilizaram o projeto da aeronave turboélice quadrimotor DHC-7 como base para dar origem ao turboélice DHC-8-100 (36 assentos), com pelo menos uma mudança de grande importância em relação ao seu predecessor DHC-7, a significativa redução do número de motores, de quatro para dois, resultando em um modelo de aeronave muito mais econômico, eficiente e prático.

O DHC-8-300 foi lançado na década de 1990 pela de Havilland Canada, que utilizou como base o projeto do bimotor turboélice DHC-8-100.

O DHC-8-300 é uma aeronave bimotor turboélice de médio porte projetada especialmente para uso civil no transporte regional de passageiros, de modo geral configurada para 50 assentos (média-densidade) ou 54 assentos (alta-densidade), cujo principal atrativo técnico desenvolvido pelo seu fabricante de Havilland Canada é a boa flexibilidade para pousar e decolar em pistas curtas ou médias, com obstáculos próximos às cabeceiras ou prolongamentos.

A partir de 1996, essas aeronaves passaram a fazer parte do projeto Q Series, sendo que o Q significa quiet (silencioso). Esta designação deriva do novo Sistema de Supressão de Vibração e Ruído (em inglês Noise and Vibration Supression System ou NVS).

A Q Series dispõe de quatro modelos: Q100, Q200, Q300 e Q400.

Na verdade, o moderno e eficiente projeto do Dash Q-300 é uma versão mais refinada do DHC Dash 8-300, um sucesso de vendas, com mais de 200 unidades vendidas no mundo inteiro, principalmente nos mercados norte-americano e europeu.

Desde a década de 1980, somando todas as versões da família DHC Dash 8 e Q Series desenvolvidas pela de Havilland Canada, para transporte regional de passageiros, incluindo a encurtada Dash 8-100, para 36 assentos, e a alongada Q-400, para 70 assentos, são mais de 570 unidades fabricadas, um dos maiores sucessos mundiais da aviação regional.

A de Havilland Canada, um grande fabricante canadense de aeronaves para uso civil no transporte regional de passageiros, foi comprada pela empresa gigante canadense Bombardier, proprietária também das empresas Learjet (jatinhos executivos de alta performance), Canadair (jatos comerciais, jatos executivos e turboélice para combate a incêndio), Seadoo (jet ski´s / motos náuticas), Evinrude (motores de popa), Can am (quadriciclos), e também atua em outros segmentos, como transporte ferroviário (locomotivas e vagões utilizados no transporte de passageiros), equipamentos de desportos, etc.

A família DHC-8 no Brasil[editar | editar código-fonte]

No Brasil, as empresas aéreas regionais Taba e Tavaj operaram por alguns anos da década de 1990 os modelos DHC-8-300 e DHC-8-100, respectivamente.

Ficha técnica[editar | editar código-fonte]

Nuvola apps important square.svg
As informações aqui contidas têm caráter meramente informativo e não devem ser utilizadas para vôo real em hipótese alguma.
Consulte os manuais da aeronave.
Cockpit de um Q400.
interior de um Q400 na configuração 2-2.

DHC 8-300

  • Pista de pouso: Aprox. 1.500 metros (lotado / dias quentes / tanques cheios);
  • Velocidade de cruzeiro: Aprox. 500 km / h;
  • Capacidade: 54 passageiros (alta densidade);
  • Teto de Serviço: Aprox. 8.500 metros;
  • Motorização (potência) : 2 X Pratt & Whitney PW 123 (2.300 shp / cada);
  • Consumo médio (QAV): Aprox. 0,07 litro / passageiro / km voado;

Q-400

  • Motorização (potência): 2 X Pratt & Whitney PW 150 (5.071 shp / cada);
  • Pista de pouso: Aprox. 1.650 metros (lotado / dias quentes / tanques cheios);
  • Alcance: Aprox. 2.500 quilômetros (lotado / 75% potência / com reservas);
  • Capacidade: 70 passageiros (alta densidade);
  • Velocidade de cruzeiro: Aprox. 630 km / h;
  • Teto de serviço: Aprox. 7.500 metros;

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Commons
O Commons possui multimídias sobre Bombardier Q Series