Buritama

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Município de Buritama
""Buritama, quem conhece, ama!""
Bandeira de Buritama
Brasão desconhecido
Bandeira Brasão desconhecido
Hino
Aniversário 24 de agosto
Fundação 1892 (122–123 anos)
Gentílico buritamense
Lema "Draco Dormiens Nunquam Titilandus"
Prefeito(a) Izair dos Santos Teixeira
(2013–2016)
Localização
Localização de Buritama
Localização de Buritama em São Paulo
Buritama está localizado em: Brasil
Buritama
Localização de Buritama no Brasil
21° 03' 57" S 50° 08' 49" O21° 03' 57" S 50° 08' 49" O
Unidade federativa  São Paulo
Mesorregião Araçatuba IBGE/2008[1]
Microrregião Birigui IBGE/2008[1]
Municípios limítrofes Zacarias L, Santo Antônio do Aracanguá O, Turiúba NE, Lourdes N, Brejo Alegre SE e Birigui S.
Distância até a capital 542 km
Características geográficas
Área 326,638 km² [2]
População 15 418 hab. Censo IBGE/2010[3]
Densidade 47,2 hab./km²
Altitude 427 m
Clima Subtropical Cfb
Fuso horário UTC−3
Indicadores
IDH-M 0,79 alto PNUD/2000[4]
PIB R$ 230 597 mil IBGE/2009[5]
PIB per capita R$ 14 747,81 IBGE/2009[5]
Página oficial

Buritama é um município brasileiro do estado de São Paulo.

Toponímia:[editar | editar código-fonte]

Buritama é vocábulo indígena que significa "terra dos buris". Do tupi buri: buri, uma palmeira (Polyandrococos caldescens); e etama: terra natal, a pátria.

História:[editar | editar código-fonte]

Por volta de 1892, as famílias Teixeira Dias, Pereira, Santos e Goulart, provindas de Minas Gerais, vieram ter à região, atraídas pelo solo fértil, formando o primitivo núcleo ao qual deram o nome de Palmeiras, algum tempo depois com a construção de uma capela em homenagem à Nossa Senhora do Divino Livramento. Passados dois anos, em 1894, Palmeiras era elevado à categoria de Distrito Policial com o nome de Buriti, pelo fato de haver na região palmeiras nativas, buritis, que se estendiam desde o centro do planalto, até às margens do rio Tietê. Constituía parte integrante do município de São José do Rio Preto. Em 29 de Novembro de 1927, foi elevado à categoria de Distrito de Paz, pela Lei nº 2.102, passando a denominar-se Buritama.

Em 24 de agosto de 1948, pela Lei nº 233, passou a ser município, ficando sob a jurisdição da comarca de Monte Aprazível. Finalmente, pela Lei nº 8.050, de 31 de Dezembro de 1963, passou a ser comarca, instalada em 25 de junho de 1966, ficando os municípios de Turiúba, Planalto, Lourdes e Zacarias, sob a jurisdição da comarca de Buritama. Sua padroeira é Nossa Senhora do Divino Livramento, cuja imagem se encontra na igreja matriz no centro da cidade.

Na década de 1940, o distrito já possuía ares de cidade, o que viera mesmo a acontecer em 1948, mas antecipadamente, a Senhora Maria Florinda, fazendeira da cidade, doara terras de sua propriedade para o Patrimônio da Santa, bairro este que ainda existe em tempos atuais, mas com outro nome (Bairro do Livramento). Entretanto até hoje estas terras não têm seu registro cartorial, pois Santa não é pessoa física nem jurídica, e com isso não pode possuir bens.

Mesmo assim a fazendeira doou as terras e formou-se então este bairro que possui cerca de cinco mil habitantes, o maior da cidade.Na década de 1960, instalava-se na cidade a Cerâmica Santa Cruz,empresa que emprega centenas de pessoas. Cerealistas de grãos também trouxeram grande empregabilidade à cidade, como a Multinacional Cargill Agrícola S/A, que possui filial instalada no município denominada Cerealista Trevo, que a uns anos foi vendida para Cooperativa de Agronegócio e Armazenagem de Votuporanga (COACAVO).

Geografia:[editar | editar código-fonte]

Localiza-se a uma latitude 21,07 sul e a uma longitude 50,15 oeste. Sua população estimada em 2014 de acordo com o IBGE é de 16.449 habitantes.

Demografia[editar | editar código-fonte]

Portal de Buritama.

Dados do IBGE:

(Fonte: IBGE)

Hidrografia:[editar | editar código-fonte]

  • Rio Tietê
  • Ribeirão Santa Bárbara
  • Córrego Palmeiras

Transporte:[editar | editar código-fonte]

Rodoviário[editar | editar código-fonte]

  • SP-461 - importante ligação da região, a Rodovia Deputado Roberto Rollemberg passa por Buritama, criando um elo entre o sul e o norte do Rio Tietê, interligando as regiões de Araçatuba e Votuporanga.
  • SP-300 - uma das maiores conquista

Hidroviário[editar | editar código-fonte]

  • Porto Rui Barbosa - ponto de atraque de embarcações.
  • O município de Buritama é ponto de Referência da Hidrovia Tietê-Paraná, tendo em suas terras a UHE Nova Avanhandava.

Economia:[editar | editar código-fonte]

A base da economia é a agropecuária. Possui um comércio diversificado.

Geração de Emprego e Renda:[editar | editar código-fonte]

Buritama por muitos anos fora dependente de outras cidades de maior porte ao seu redor, como Birigui, Araçatuba e São José do Rio Preto, porém a partir de 1995, quando grandes empresas começaram a atuar na cidade, o círculo vicioso e evasão começou a mudar de rota. Buritama começou a atrair pessoas das cidades vizinhas à procura de emprego e de melhores condições de vida.

Com a instalação das Empresas Cargill Agrícola, em 1991, Cerâmica Santa Cruz, na década de 1960, da Pedreiras Basalto e a TIPTOE, forte empresa do ramo calçadista com sede em Birigui-SP, instalada no município em duas unidades, gerando mais de 600 empregos diretos e com a forte expansão do setor turístico, a expansão do setor de imóveis com a crescente de condomínios e loteamentos o comércio se fortaleceu, contratou mais pessoas e a cidade prosperou em números e vitalidade econômica.Porém em Novembro 2014 as duas fabricas da TIPTOE foram fechadas e sairam da cidade, deixando várias pessoas sem empregos.

Turismo:[editar | editar código-fonte]

Abriga o Parque Turístico João Simão Garcia - "Prainha", quanto em seus ranchos de veraneio e em seus condomínios à beira do Rio Tietê, no reservatório da Usina Hidrelétrica Nova Avanhandava.

Possuía também o Clube Recreativo de Buritama e o Iate Clube, ambos fechados e abandonados a muitos anos.

Rodeio[editar | editar código-fonte]

A Festa do Peão do município é muito conhecida no Estado e na Região, pelos shows de artistas do país. Peões de várias partes do Brasil concorrem na cidade aos prêmios dados aos vencedores do torneio de montaria. Sempre realizada em meados do mês de agosto, no qual, comemora-se o aniversário de emancipação política.

Esportes:[editar | editar código-fonte]

Eventos esportivos na cidade[editar | editar código-fonte]

  • Sede do campeonato regional de futsal, que envolve várias cidades da região.

O Buritama Futebol Clube, que é filiado à Federação Paulista e já disputou profissionalmente, representa a cidade. O município já contou com o América Futebol Clube, clone do clube de São José do Rio Preto, que foi fundado na década de 50.

Educação:[editar | editar código-fonte]

Buritama possui duas escolas estaduais, a Escola Estadual Professor Oswaldo Januzzi e a Escola Estadual Álvaro Alvin, quatro escolas municipais, a Escola Municipal de Ensino Fundamental Bairro Nossa Senhora do Divino Livramento, Escola Municipal Odete Feroldi, Escola Municipal Castro Alves e Escola Municipal Maria do Carmo e uma escola particular, Zeta (Objetivo).Não possui nenhuma Instituição de Ensino Superior, e a maior parte dos estudantes fazem faculdade nas cidades da região.

Unidades Escolares[editar | editar código-fonte]

  • Creches: 0 4
  • Escolas Municipais: 04
  • Escolas Estaduais: 02
  • Escola Privada: 01

= Saúde:[editar | editar código-fonte]

Estrutura na Saúde[editar | editar código-fonte]

  • Hospitais: 01
  • Unidades Básicas de Saúde: 08
  • Pronto Socorro: 04
  • Clínicas Médicas: 01
  • Clínicas Odontológicas: 13
  • Laboratórios de Análises: 02
  • Ambulâncias: 10
  • UTI Móvel: 01

    Referências

    Ligações externas[editar | editar código-fonte]