Cercocebus torquatus

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Como ler uma caixa taxonómicaCercocebus torquatus[1]
Affe Rotscheitelmangabe Cercocebus torquatus torquatus 05090.jpg

Estado de conservação
Status iucn3.1 VU pt.svg
Vulnerável (IUCN 3.1) [2]
Classificação científica
Reino: Animalia
Filo: Chordata
Classe: Mammalia
Ordem: Primates
Família: Cercopithecidae
Género: Cercocebus
Espécie: C. torquatus
Nome binomial
Cercocebus torquatus
(Kerr, 1792)
Distribuição geográfica
Cercocebus torquatus distribution.svg

Cercocebus torquatus é um macaco do Velho Mundo da subfamília Cercopithecinae e gênero Cercocebus.[3] Cercocebus atys já foi incluído como subespécie, mas atualmente é monotípico.[1]

Descrição[editar | editar código-fonte]

C torquatus possui a pelagem de cor cinza com um capuz avermelhado na cabeça e um colar branco no pescoço.[4] As orelha são pretas e as pálpebras são brancas.[4] Possui a cauda de cor cinza escuro que excede o comprimento do corpo.[4] Possui molares longos e grandes incisivos.[5] Os machos pesam, em média, entre 9 e 10 kg e as fêmeas entre 7,5 e 8,6 kg.[5] Machos têm entre 47 e 67 cm de comprimento e as fêmeas, entre 45 e 60 cm.[4]

Distribuição geográfica e habitat[editar | editar código-fonte]

Habita as florestas pantanosas e de terras baixas e mangues do oeste da Nigéria, leste e sul dos Camarões, passando por toda a Guiné Equatorial e Gabão, e na fronteira entre o Gabão e o Congo.[2][4]

Comportamento[editar | editar código-fonte]

C. torquatus vive em grande grupos entre 10 e 35 indivíduos, incluindo vários machos.[6][4] Sua dieta é composta por frutos e sementes, mas também come folhas, flores, invertebrados, cogumelos, e goma.[6][5] Não possui estação de acasalamento defina, e alcança a maturidade sexual entre 5 e 7 anos, e a gestação dura em média 170 dias.[6]

Conservação[editar | editar código-fonte]

É listado como vulnerável pela IUCN devido à perda do habitat e caça.[2] Está no Apêndice II da CITES e classificado como Clase B na Convenção Africana para Conservação da Natureza e Recursos Naturais.[2]


Referências

  1. a b Groves, C.P. (2005). Wilson, D.E.; Reeder, D.M. (eds.), : . Mammal Species of the World 3 ed. (Baltimore: Johns Hopkins University Press). p. 154. ISBN 978-0-8018-8221-0. OCLC 62265494. 
  2. a b c d (em inglês) Oates, J. F., Gippoliti, S. & Groves, C. P. (2008). Cercocebus torquatus. 2008 Lista Vermelha de Espécies Ameaçadas da IUCN. IUCN 2008. Obtido em 15 de dezembro de 2013.
  3. Rowe, N. (1996). The Pictorial Guide to the Living Primates Pogonia Press, Charlestown, Rhode Island [S.l.] ISBN 0-9648825-0-7. 
  4. a b c d e f Matthew Richardson (26 March 2009). «Red-capped mangabey (Cercocebus torquatus. ARKive. Consultado em 6 January 2012. 
  5. a b c The Primata (17 June 2007). «White-collared Mangabey (Cercocebus torquatus. The Primata. Consultado em 6 January 2012. 
  6. a b c Nguyen, Khoa Huu (1999). «Cercocebus torquatus». Animal Diversity Web. Consultado em 6 January 2012. 

Ligações Externas[editar | editar código-fonte]