Colcci

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Colcci
Empresa privada
Atividade Moda
Fundação 1986
Fundador(es) Lila Colzani
Sede Brusque, Santa Catarina
Proprietário(s) AMC Têxtil
Website oficial Colcci
Miss Bahia, Anne Lima, vestindo Colcci.

Colcci é uma empresa de moda brasileira que fabrica e comercializa roupas e acessórios de alto padrão para homens e mulheres. Fundada em 1986 pela estilista e empreendedora Lila Colzani em Brusque, no estado de Santa Catarina, a Colcci atua em 31 países, com 1.650 lojas de grifes e 9 lojas franqueadas.[1] A única loja da Colcci nos Estados Unidos fica em Nova Jersey, mas a empresa também possui lojas na Guatemala, Espanha, Arábia Saudita, França, Itália, Reino Unido, Áustria, Suíça, Holanda, Portugal e Japão. No Brasil, possui 102 lojas franqueadas e 1.500 lojas multimarcas.

Atua desde 2000 sob o controle do Grupo AMC, da família Menegotti, que também é dono das marcas Menegotti, Coca-Cola Clothing, Sommer e Carmelitas. Em 2008, o grupo se expandiu ainda mais com a aquisição do grupo TF, que possui as marcas Forum Tufi Duek, Tufi Duek, Triton e Forum e se tornou a maior empresa de moda da América Latina.[2] Anualmente, a Colcci e as demais marcas do Grupo AMC produzem 2,8 milhões de peças de vestuário e utilizam 10.200 toneladas de tecidos. Em 2009, eles tinham 2.600 funcionários e 5 fábricas.

A Colcci é fortemente influenciada por roupas de rua voltadas para os jovens e é conhecida por suas roupas esportivas, jeans, acessórios e calçados.[3] Embora a cultura hip hop tenha uma influência, os designers da Colcci também são inspirados pela arte popular mexicana, imagens religiosas e históricas e literatura. A gerente da marca, Braa Serwan, é saudita.

As roupas da Colcci já estiveram nas revistas Caras, Quem, L'Officiel, Doudounes, e em janeiro de 2009, os sapatos da Colcci apareceram na São Paulo Fashion Week. Gisele Bündchen é a principal modelo feminina de promoção da marca desde 2005 e as roupas também já foram modeladas por nomes como Rodrigo Hilbert, Caroline Francischini, Maria Heloísa Aalling, Megan Fox e Paris Hilton.[4] Bundchen foi destaque na campanha publicitária do verão 2009 da marca e em junho de 2009 estreou na passarela da São Paulo Fashion Week como modelo da coleção primavera / verão 2010 da Colcci.[5] Em outubro de 2009, a Colcci contratou a Backstage Fashion Agency de Londres para expandir seus negócios no Reino Unido.[6]

Presença[editar | editar código-fonte]

Brasil[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «Colcci». Sojones Magazine. Consultado em 21 de novembro de 2009 
  2. «Colcci». Sojones Magazine. Consultado em 21 de novembro de 2009 
  3. «Colcci». Sojones Magazine. Consultado em 21 de novembro de 2009 
  4. «Colcci». Sojones Magazine. Consultado em 21 de novembro de 2009 
  5. «Gisele Bündchen displays a creation from the 2010 Colcci Spring/Summer collection». China Daily. 18 de junho de 2009. Consultado em 21 de novembro de 2009 
  6. «Brazil's Colcci turns up heat in UK». Drapers Online. 24 de outubro de 2009. Consultado em 21 de novembro de 2009 

Links externos[editar | editar código-fonte]