Companheiro (maçonaria)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Merge-arrows 2.svg
Foi proposta a fusão deste artigo ou se(c)ção com Loja Maçônica. Se a fusão não for óbvia, por favor crie um espaço de discussão e justifique o motivo aqui; não é necessário criar o espaço em ambas as páginas, crie-o somente uma vez. Em marcações antigas é provável que já haja uma discussão acontecendo na página de discussão de um dos artigos. Verifique ambas (1, 2) e leve toda a discussão quando levar o caso para a central. (desde maio de 2016)

.

Companheiro é o segundo grau da maçonaria simbólica. O ingresso neste grau é denominado de Elevação.[1]

Situa-se entre o Aprendiz (primeiro grau de uma loja) e o de Mestre (terceiro grau de uma loja).

O Companheiro-maçom foca seus estudos nas Ciências e nas Artes, sobretudo no que refere à Geometria. [1]

O grau de companheiro é simbolicamente voltado para a importância que o trabalho tem na formação do homem e da humanidade.

Como é um degrau intermédio, as suas atribuições, sejam a nível de utilização ritual ou de aprendizado simbólico, variam significativamente conforme a obediência maçônica ou o rito adotado pela loja que este frequenta.

A permanência neste grau varia de 06 meses a um ano e, durante este período, o Companheiro recebe instruções que lhe auxiliam no compreensão dos mistérios e alegorias. [2]

Referências

  1. a b Adoum, Jorge. O Grau de Companheiro e seus mistérios. [S.l.]: Pensamento. ISBN 8531502780 
  2. Da Camino, Rizzardo (1978). Simbolismo do Segundo Grau 1ª ed. [S.l.]: Madras. ISBN 9788537004845 

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

Wikcionário
O Wikcionário possui o verbete Maçonaria.
Ícone de esboço Este artigo sobre Maçonaria é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.